Em algum momento da minha vida descobri que odeio bonecas, não é um simples ‘não gosto‘, ‘tenho incomodo’, é um ódio generalizado que vem junto com um leve medo. Exemplo? Não durmo em um quarto que tenha uma boneca, parece exagero, mas é nesse nível o meu relacionamento com esses seres do inferno (gente, isso não é de Deus, vamos combinar!). Então para dar uma ajuda nesse meu ódio, assisti há uns 3 anos atrás essa maravilhosa boneca (do themonio) que iremos conversar a respeito hoje, essa fofura atende pelo nome de Annabelle e se você por acaso gosta de bonecas, talvez sua opinião mude ao final desta resenha.
Annabelle é um filme de terror inspirado em uma história real que aconteceu na década de 70 nos EUA, uma jovem estudante de enfermagem (Donna) que divide o apartamento com sua amiga Anngie, ganha de presente da sua mãe uma antiga boneca, apesar de achar o mimo meio infantil, Donna o aceita e deixa em sua cama todos os dias. Após algum tempo Anngie começa a reparar que coisas estranhas estão acontecendo, como a boneca mudar de cômodo sozinha, mudar sua posição e até mesmo mover as próprias mãos, mas o que era estranho se tornou medonho quando mensagens em pergaminhos pedindo ajuda começam a aparecer na casa.
Certo dia Donna e Anngie encontram as mãos da boneca ensanguentadas e resolvem recorrer a ajuda de um médium para tentar descobrir o que esta acontecendo, esse paranormal conta para elas a história de uma criança Annabelle Higgins que morou no apartamento delas há alguns anos e morreu quando tinha apenas 7 anos, por precisar de carinho e atenção, Annabelle encarna na boneca, ao saber dessa triste história, Donna fica tocada e permite que a boneca possuída continue na casa e é nesse momento que coisas realmente ruins começam a acontecer, como a tentativa de matar um dos seus amigos.
Devido a ocorrência de eventos drásticos, Donna e Anngie resolvem pedir a ajuda de um padre exorcista, despertando assim a atenção de Lorraine e Ed Warren, um famoso casal de investigadores paranormais, que trabalhavam auxiliando o padre em alguns casos. Então foi descoberto que na verdade é impossível um espírito possuir qualquer tipo de objeto, o máximo que eles podem fazer é manipula-los, e Annabelle o fazia com a intenção de encontrar um hospedeiro humano. Após uma serie de sessões exorcistas no apartamento, a boneca foi levada para o museu de ocultismo localizado na casa dos Warren em Connecticut – EUA.
Inspirado na historia real, temos o filme Annabelle 1, que se passa na cidade da Califórnia nos EUA, na década de 70 onde um jovem casal, a dona de casa Mia (Annabelle Wallis) e o médico John (Ward Horton) esperam o seu primeiro filho, Mia é uma colecionadora de bonecas que ganha de seu marido Annabelle de presente. Gostaria de deixar claro que a boneca no começo do filme ainda não tinha sido possuída, mas mesmo assim já era feia feito o próprio demônio encarnado (vejam no filme e comprovem), nesse momento me pergunto, como alguém pode querer em sua casa uma abominação dessas?
Em uma noite sombria o casal é despertado por gritos vindo da casa ao lado, onde mora um casal e sua filha, Annabelle Higgins (Themonia) uma jovem que faz parte de um culto demoníaco junto com o seu namorado. O casal de assassinos após invadirem a casa dos pais de Annabelle, vão para a casa de John, tentando assassinar a sua esposa enquanto ele está na rua prestando socorros para os seus vizinhos. Mia acaba sendo esfaqueada na barriga pelo namorado de Annabelle, John é ferido e o casal de assassinos mortos, entretanto Annabelle se suicida com o brinquedo em seu colo atrelando assim a sua alma á boneca.
Os fatos seguintes se passam após a saída de Mia do hospital e a sua mudança de casa, pois Mia se recusa a voltar com o seu bebê para o antigo local onde moravam. O mais interessante é que uma pessoa membro de uma ceita demoníaca se suicida com a sua boneca no colo e ao invés de deixar a boneca na casa, atearem fogo, jogarem no lixo, John leva o brinquedo para a sua nova casa. Quando Mia resolve dar um fim na boneca, descobre que se livrar dela vai ser mais difícil do que o esperado, começando assim a serem aterrorizados por Annabelle e a trama se desenvolve em cima desses acontecimentos demoníacos e assustadores.
Eu particularmente gostei bastante do filme, mas nada muito extraordinário, porém já foi o suficiente para me fazer querer assistir ao novo filme Annabelle 2, que já estreou nos EUA na última quinta-feira (10/08) e estreia no brasil na próxima quinta dia 17/08. O filme teve a melhor abertura da franquia “Invocação do mal”, nos EUA arrecadando assim 3.4 milhões de dólares, o blog “Coisas de Mineira”, confere em primeira mão dia 14 o novo filme da nossa doce bonequinha vinda do inferno e você encontrará aqui na terça dia 15 a nossa resenha contendo os detalhes (sem spoilers) e nossa opinião sobre o longa.
Segue abaixo o trailer do segundo filme e particularmente espero que seja ainda melhor que o primeiro.
Com carinho, Taay.