LIVRO

{ #RESENHA } DANCE OF THIEVES – MARY E. PEARSON (#1 DINASTIA DE LADRÕES)

31 maio, 2019 por

A resenha dessa semana é de “Dance of Thieves” mais um dos livros que lemos em conjunto na Leitura Coletiva Diferentona do #ClubedoLivroBH. Não sei se todos os aqui já sabem, mas a Letícia Pimenta criadora do blog Coisas de Mineira, também é a idealizadora do #ClubedoLivroBH. Há algum tempo teve a linda ideia de fazer uma caixinha de leitura surpresa. Ficou curioso? No final do post vou dizer mais sobre ela!

“Anote isso, ele havia me dito.Anote todas as palavras assim que você chegar lá,antes que a verdade seja esquecida.E é o que fazemos agora, ao menos comas partes das quais nos lembramos.– Greyson Ballenger, 14 anos -”

Mas vamos voltar a nossa resenha. Em Dance of Thieves”, o primeiro livro da série “Dinastia de Ladrões” da rainha Mary E. Pearson, vemos um mundo pós-acontecimentos de “The Beauty of Darkness”. **UM AVISO**. Se você ainda não leu a série e tem o desejo de ler sem ter nenhum spoiler, sugiro que pule dois parágrafos! Então vamos lá. Kazi é uma ladra habilidosa que foi acolhida e reformada pela a jovem rainha de Venda, virando uma Rahtan – um soldado de elite de Venda com habilidades extraordinárias. Quando ela é enviada para um reino distante com a missão de verificar transgressões no tratado que foi proposto, encontra muito mais do que foi em busca.

RESENHA: DANCE OF THIEVES - MARY E. PEARSON

{#LEITURA COLETIVA } THE KISS OF DECEPTION – MARY E. PEARSON

Jase é o mais novo líder do império Ballenger. Apesar de não ser o filho mais velho, esse cargo foi dado a ele por merecimento. Os Ballenger sempre governaram com as suas próprias regras, fazendo até mesmo os reinos ao redor deles se curvarem sobre a família. Muito mais do que um império e um reino, os Ballenger construíram uma dinastia, sendo temidos por aqueles próximos. Mas, mesmo assim, ainda não eram considerados pelos grandes reinos, que estavam distantes. Quando a jovem rainha de Venda começa a fazer uma transformação em todos os reinos, ela acaba sendo alvo do ressentimento da ira da família Ballenger. E quando Jase encontra Kazi consegue ver na soldada vendana mais do que pensava encontrar. O problema, é o jogo perigoso que os dois fazem um com o outro, que pode ter um custo mais alto do que o esperado.

Preciso abrir um parágrafo aqui e dizer: esse livro foi muito ansiado pela a minha pessoa. Quando vi “The Kiss of Deception” pela primeira vez estava em uma escada rolante de um shopping e a capa chamou minha atenção de longe. Quando cheguei à feira de livros que estava tendo, a paixão só cresceu ao ler a sinopse. Afinal, ela prometia uma fantasia maravilhosa com uma protagonista forte, que queria ir contra as regras e viver a própria vida. Mary me encantou no primeiro livro com seu joguinho de quem era o príncipe e quem era o assassino. Na continuação ela conseguiu me prender para saber como Lia ia lidar com todas as provações que estava passando. E finalizou o trilogia com chave de ouro, me deixando com gostinho de quero mais dessa história linda.

+ { #RESENHA } THE HEART OF BETRAYAL – MARY E. PEARSON

Minha alegria foi atendida quando algum tempo depois vi que ela estava escrevendo um novo livro, com novos protagonistas, mas que se passava na mesma realidade que “Crônicas de Amor e Ódio”. Acho que não consigo descrever a minha felicidade, afinal, eu sou apaixonada com aquele mundo que ela criou. E graças ao senhor Deus, dona Mary E. Pearson não me decepcionou. Os personagens de “Dance of Thieves” lembram muito aos da primeira trilogia. Temos três mulheres fortes e fodas como soldadas de elite, uma delas é Kazi, com seus traumas a fortalecendo. Temos um romance? Temos sim galera, afinal é preciso um pouco de amor para fazer esse conflito ocorrer.

Mary traz uma história tão boa que acaba sendo fácil de ler. Um capítulo vai levando o outro, a curiosidade do que ela vai trazer e fazer com os personagens vai matando e quando você percebe já está no final da história. Tenho que confessar que eu não li os capítulos diários, porque acabei lendo ele inteiro e não conseguia parar na página que o cronograma pedia. Mas para mim, isso é algo maravilhoso, é sinal de que a autora conseguiu uma história instigante.

“Haviam se passado seis anos desde a Grande Batalha, mas as cicatrizes ainda eram visíveis – carroças reviradas e engolidas pela grama, ossos espalhados, escavados de túmulos por feras famintas, esqueletos das costelas de gigantescos brezalots erguendo-se em direção ao céu, pássaros empoleirados em suas elegantes gaiolas embranquecidas.”

DICA DE LEITURA: DANCE OF THIEVES - MARY E. PEARSON

{ #RESENHA } THE BEAUTY OF DARKNESS – MARY E. PEARSON

Como Dance of Thievesocorre algum tempo depois de “The Beauty of Darkness” Mary soube trazer alguns dos acontecimentos e cenários dessa primeira trilogia que fizeram com que eu me emocionasse um pouco. Um bônus extra que pode ser spoiler, mas que vou deixar aqui: alguns personagens de “Crônicas de Amor e Ódio” aparecem nesse primeiro livro, então dá para matar um pouco a saudade deles.

Mary E. Pearson é formada em artes plásticas pela Long Beach State University e com mestrado pela San Diego State University. Ela é uma premiada escritora, que teve o primeiro volume de “Crônicas de Amor e Ódio” apontado pelo Comitê da Young Adult Library Services Association (YALSA) como uma das melhores ficções de 2015. Mary teve suas histórias publicadas pelo selo Darklove da editora DarkSide que tem feito um trabalho muito bom com as publicações, apesar de ainda pecar um pouco na revisão.

A capa de “Dance of Thieves” e toda a diagramação do livro tem aquele padrão que faz com que julguemos o livro pela a capa sim. Desculpe, eu sou apaixonada pela a arte que a editora faz com seus livros e que sempre me dá vontade de ler, mesmo sendo um gênero que eu não seja fã. Temos mapas dentro da edição, que nos dá uma boa visão de onde cada território se encontra. Seguindo o mesmo esquema de “Crônicas de Amor e Ódio”, antes de alguns capítulos podemos ver trechos da história dos antigos. Mas agora não é mais Morrighan e sim aqueles que os Ballenger descenderam (será que vejo outra prequel aí?). A continuação de “Dinastia dos Ladrões” tem previsão de lançamento para agosto desse ano. Então estou aqui rezando para a DarkSide maravilhosa, trazer ela logo para o Brasil.

DANCE OF THIEVES - MARY E. PEARSON

{ #RESENHA } CRÔNICAS DE MORRIGHAN: A ORIGEM DO AMOR – MARY E. PEARSON

Como disse no início, “Dance of Thieves” fez parte da Leitura Coletiva Diferentona do Clube do livro BH. A proposta do projeto é fazer com que pessoas compartilhem a leitura de uma história durante o mês, com bate papos online e encontros presenciais para quem está perto de outros participantes. A leitura é chamada de ‘Diferentona’ por que apenas o tema dela é revelado, o título que vamos receber é surpresa, apesar de ser sempre um lançamento do mês. Algo que essa caixinha tem de diferente das outras que existem por aí é que foi feita com tanto carinho e amor que toda vez que abrimos uma edição percebemos o cuidado com que foi preparada, tendo um mimo que sempre remete a história. E o preço? Apenas <3.

Infelizmente, no momento a Leitura Coletiva deu uma pausa, mas caso você tenha se interessado pelo projeto, clique aqui e deixe seu contato. Avisaremos assim que ela voltar com mais uma edição!

________________________________________________________________________________________________________________

Título: Dance of Thieves
Autora: Mary E. Pearson
Ano: 2018
Páginas: 512
Editora: DarkSide
Gênero: Fantasia, Ficção, Jovem Adulto
Adicione a sua lista do Skoob
Onde Comprar: Amazon

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • Miss L
    junho 03, 2019

    Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Parece muito Reis e Rainhas. Muito romance histórico. 🙂
    Porém a capa faz render <3
    Beijokitaz

    http://www.devaneiosdemissl.com