FILMES

HOMEM-ARANHA: LONGE DE CASA, FATOS PARA SOBREVIVER APÓS O ‘ULTIMATO’ | CRÍTICA

04 julho, 2019 por

HOMEM-ARANHA: LONGE DE CASA

De todos os filmes do Universo Cinematográfico da Marvel, ‘Homem-Aranha: Longe de Casa’ é o mais engraçado de todos até agora. Mas não se entristeça super fã, o enredo conseguiu bem deixar claro todo o drama que segue os personagens após os eventos desgastantes de ‘Ultimato’.

Homem-Aranha apesar de apostar no humor, segue um roteiro que consegue desenvolver o muito bem o arco dramático e trabalhar cada um dos personagens separadamente de maneira bastante eficiente, causando empatia com o espectador e mostrando como será a nova geração dos Vingadores.

Quando você vê o material promocional não faz ideia de quão bom ficou o filme. Uma surpresa que já fazia tempo que eu não viu, pois na maioria das vezes os trailers são muito melhores que a produção. Neste caso a história mudou de curso e ficou perfeita, cheia de plot twists criada pelos ótimos Chris McKenna e Erik Sommers – responsáveis também pelo filme anterior.

HOMEM-ARANHA: LONGE DE CASA

Logo no início o telespectador é surpreendido com momentos cômicos impensáveis para a saga, porém quando a coisa começa a esquentar o drama e a ação toma conta da tela e finalmente é pura aventura e pancadaria.

Para quem gosta do assunto, temos diversos embates diferentes entre o aracnídeo e vários vilões, sempre com reviravoltas de cair o queixo e cenas que rendem corações acelerados ao longo das sequências.

Eu não vi em nenhuma sala com tela especial e mesmo assim o ritmo frenético das imagens proporcionado pelas cenas repletas de efeitos especiais de ponta, e batalhas surpreendentes usando como pano de fundo as belíssimas locações da Europa, como Veneza, Londres, etc… não me inquietou um só momento no cinema.

Inteligente, audacioso, divertido e cheio de ação, ‘Homem-Aranha: Longe de Casa’ coloca a franquia em novos trilhos e entrega um filme superior ao original. O final impactante abre caminhos para a franquia criar novas histórias com tranquilidade e os ‘créditos’ nos deixam ainda mais ansiosos para saber o desenrolar dos eventos apresentados nos minutos finais.

Tudo isso, graças a nova geração dos heróis como Tom Holland. Que neste filme nos conquista logo nos primeiros minutos e abraça o(s) uniforme(s) do Homem-Aranha de maneira esplêndida.

Nas cenas o Homem Aranha consegue transmitir bem a tristeza que é a perda de seu mentor Tony Stark e os questionamentos de um jovem, que em meios as dúvidas do primeiro amor e a missão de salvar o mundo põe em risco seus amigos, não mede bem suas escolhas, erra e com sabedoria dá a volta por cima e mais uma vez salva a humanidade da extinção.

Destaque para o Ned (Jacob Batalon), que engata um romance durante a viagem e é responsável pelas cenas mais divertidas do filme. Assim como MJ (Zendaya), que é bem diferente daquela que nós já conhecíamos, sendo representada agora como uma garota cheia de convicções que adora uma teoria da conspiração sem uma beleza construída e muita inteligência para subjugar seu novo amor .

A participação de Samuel L. Jackson (Nick Fury) e Cobie Smulders (Maria Hill) faz a ponte perfeita entre este filme e as produções anteriores da Marvel, sem contar que rende ótimos momentos improváveis e bem humorados .

Jake Gyllenhaal também está ótimo como Quentin Beck/Mystério, um personagem cheio de facetas e motivações, que combinam bem com o protagonista. A maneira como desenvolveram sua trama consegue surpreender até mesmo aqueles que o conhecem das HQs, pois os roteiristas tiveram muito cuidado para amarrar sua história de maneira coerente e envolvida a trama.

Por fim, como sempre o filme está recheado de easter eggs e referências às produções anteriores que vão deixar os fãs pirando. Com um humor leve e tiradas cômicas inteligentíssimas a abertura presta homenagem a todos os personagens que morreram de maneira impagável, usando um artifício muito comum entre os adolescentes e uma música extremamente irreverente.

‘Homem-Aranha: Longe de Casa’ é uma experiência cinematográfica incrível, que mistura comédia, drama e ação na medida certa e entrega um blockbuster cheio de coração que vai conquistar até o fã mais xiita. Confira!

___________________________________________________________________________________________________________________

Data de lançamento: 4 de julho de 2019
Duração: 2H 10min
Direção: Jon Watts
Gênero Aventura
Nacionalidade EUA
Elenco: Tom Holland, Jake Gyllenhaal, Zendaya , Jake Gyllenhaal, Samuel L. Jackson
Distribuidor SONY PICTURES
Música composta por: Michael Giacchino
Roteiro: Chris McKenna, Erik Sommers

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário