CRÍTICA DO ESTREIA | A CAMINHO DE CASA

27 fevereiro, 2019 por
Distribuidora: Sony Pictures Brasil | Estreia: 28/02/2018 | Gênero: Drama, Aventura, Família | Duração: 1h36

A Caminho de Casa, nova adaptação da obra de Bruce W. Cameron, autor de Quatro Vidas de um Cachorro, baseado no livro do mesmo nome, publicado pela editora HarperCollins Brasil, é aquela típica história de família que ainda vai passar por muitos anos na “Sessão da Tarde”. Com uma chuva de fofurice o filme conta a história da cadelinha Bella (voz de Bryce Dallas Howard) que se perde de sua família e percorreu mais de 600km para reencontrá-los.

Com o coração na boca e lágrimas nos pés, podemos ver Bella  que depois de ser encontrada pelo Controle de Animais na rua, acaba sendo levada para um abrigo a 400 milhas de distância de seu dono. No entanto, Bella, uma cachorra extremamente leal e corajosa, decide iniciar sozinha uma longa jornada de volta para a casa, emocionando a todos que cruzam o seu caminho.

 A Caminho de Casa  é uma odisseia espiritual inspiradora carregada de emoção, que  demonstra a força do amor incondicional entre um cão e seu dono. O filme é dirigido por Charles Martin Smith  e possui no elenco  Ashley Judd, Jonah Hauer-King, Edward James Olmos e Alexandra Shipp.

Por mais batida que seja a história, o roteiro entrega uma narrativa linear, simples e bem desenvolvida que explora tanto os sentimentos dos personagens quanto do próprio espectador, a trama  não traz tantas surpresas e em vários momentos  temos a sensação que já vimos um drama  semelhante, porém é impossível não se emocionar com a história, sua jornada de reencontro ao seu dono em que as lições dos animais se destacam mais  que a do homem.

A  cachorrinha entrega carisma, audácia e esperteza em todas as suas ações, mais do que isso, ela demonstra o verdadeiro amor à Lucas e a inocência e pureza da relação entre homem e animal. Há cenas divertidas em que o rapaz brinca com ela no parque, cria o momento do ‘queijo’, tornando-se seu petisco preferido, a brincadeira chata de ‘ir ao trabalho’, a manta com o cheirinho do seu dono, entre outros pontos que fortalecem essa relação.

Caminho de Casa é um filme de cachorro clichê, mas que traz as lições mais bonitas e verdadeiras sobre a relação do homem e cachorro, a humanidade dos animais e a frieza e crueldade do homem. Afinal, como não sentir empatia por animais que ensinam os fundamentos do amor da forma mais singela?

Curiosidade:

A Velox Tickets, plataforma multicanal de venda online de ingressos de cinema, em parceria com a Sony, criou para estreia do filme no Brasil  um evento exclusivo para a première do longa com a presença dos pets dos convidados na plateia. Sensacional não é mesmo?

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Carol Campos
    fevereiro 28, 2019

    Não consigo ver um filme assim sem me lembrar do que fizeram nas filmagens de Quatro Vidas de Um Cachorro, é revoltante e fica na minha mente se durantes as gravações não ocorreu nada do mesmo… Relutei muito em assistir a outra adaptação mas, cedi e me emocionei mesmo com o pensamento em mente. Agora, é bem provável que o mesmo aconteça mas afinal, como não se emocionar com os cães? Com um amor desses, é melhor que gente, falei.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1101236766550446080

  • O Vazio na Flor
    fevereiro 28, 2019

    Não vejo a hora de poder conferir este filme! Amo cachorros e tudo que vai saindo sobre estes bichinhos tão amados, mexe não só comigo, mas com a maioria de nós!
    Clichê? Com certeza é. Mas e quem liga com isso? rs
    Num mundo tão pesado e duro, faz tão bem viver o amor e quem melhor para amar da forma mais sincera e comum possível do que estes nossos pedacinhos de pelos??
    Com toda a certeza do mundo, eu verei!
    Beijo

    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1101062038087000066