Após 12 anos do último filme (e 15 do primeiro filme), Samara está de volta com seu projeto “old but gold” onde, após assistir uma fita com uma sequência de imagens, a pessoa recebe uma ligação em que escuta “sete dias” (um sussurro macabro da criança). Neste prazo ela tem que fazer uma cópia do vídeo e conseguir que outra pessoa o assista, ficando assim livre da morte trágica pelas mãos do espírito que sai de um poço de dentro da televisão. Este filme não será diferente!

O Chamado 3 conta a história de Júlia, (a praticamente estreante atriz Matilda Lutz  – mas bem poderia ser nossa colunista aqui do blog Lorhayne Scalioni porque são IDÊNTICAS) uma jovem que, ao perceber o sumiço de seu namorado, vai atrás dele na nova faculdade para saber o que aconteceu. Holt (Alex Roe, conhecido por Evan Walker de A 5ª Onda), o namorado, assistiu à fita de Samara através de um projeto extracurricular secreto de seu professor Gabriel (Johnny Galecki, o Leonard de The Big Bang Theory) e outros vários alunos, onde tentam analisar os aspectos espirituais contidos no vídeo da maldição. Para livrar Holt, Júlia assiste voluntariamente sua cópia, mas o problema se agrava quando ela percebe que não é possível copiar seu arquivo que é muito maior que os demais. Existe um novo vídeo dentro do dela, com novas imagens e mistérios. A jovem e seu namorado tem 7 dias para desvendar a mudança e descobrir o que Samara está tentando dizer (e se está tentando dizer alguma coisa).

A franquia foi originada como um remake do filme japonês Ringu (de Hideo Nakata) e arrasou as bilheterias em seus dois primeiros filmes, arrecadando mundialmente R$ 250 milhões e R$ 161 milhões, respectivamente. Mais uma vez a aposta é conquistar você através das sentenças de Samara e a explicação de sua maldição, sem grande alteração na fórmula de sucesso. Com o avanço da tecnologia, algumas mudanças podem ser verificadas como a fita cassete ter virado um arquivo de computador (o que aumenta muito a facilidade da cópia e transmissão do material), as ligações serem feitas para celulares, e até mesmo chegada de Samara através de um notebook. Mas pode ficar tranquilo que foi sem exageros, ela ainda não está mandando “Seven Days” pra ninguém pelo Whats App!

O trailer mostra uma cena eletrizante em que Samara “busca” sua vítima (Zach Roerig, o Matt de The Vampire Diaries) dentro de um avião e promete bastante terror e sustos. Sinto dizer que isto é só o prólogo e nada mais… Estes personagens nem são lembrados daí por diante. O filme mantém uma narrativa de suspense, com poucas cenas que realmente assustam, e abusa do “medo por expectativa” segurando a imagem em uma porta fechada prestes a abrir, um cachorro latindo em um momento de longo silêncio, ou uma cabeça de alguém morto tombando quando este é encontrado. Focado mais na análise da lenda de Samara, o filme tem um começo bem interessante ao inserir um grupo de trabalho com este objetivo, porém ele é pouco explorado e rapidamente esquecido. As poucas aparições do espírito também decepcionam bastante. Poxa, ela é grande estrela do longa! No mais, tudo se mantém: buscar uma alternativa pra escapar da morte iminente, e torcer para que Samara esteja com boas intenções desta vez.

CRÍTICA - O CHAMADO 3

As atuações beiram o mediano. Não adianta esperar muito também, não é?! Com roteiro limitado (característica de toda a franquia), os atores fazem o que podem ao desenvolver seus personagens sem grandes diálogos ou informações sobre sua personalidade. O casal principal não demonstra muita química e fica difícil se sensibilizar e entender a decisão altruísta de Júlia ao se sacrificar pelo amado. Johnny Galecki, que é muito querido por The Big Bang Theory, parece ter sido colocado estrategicamente no papel do professor inteligente contando com que você o associe pelo menos um pouco ao seu famoso Leonard, pois ele tem poucas oportunidades de se expressar e basicamente direciona o filme.

Sem dúvidas, o ponto forte é essa mudança para o suspense investigativo. Então não vá em busca de terror e das saídas assustadoras pela tela da TV. O filme te apresenta uma série de peças para que você monte o quebra-cabeças da origem de Samara, e isto foi algo bem interessante. Ao apontar aspectos da vida do espírito que você desconhecia, o longa te instiga a elaborar teorias e pensar: Será que dessa vez Samara encontrará o descanso eterno?!