FILMES

CRÍTICA DE ESTREIA | JUMANJI: BEM-VINDO À SELVA (JUMANJI: WELCOME TO THE JUNGLE) 2017

28 dezembro, 2017 por

Distribuidora: Sony Pictures | Estreia: 04/01/2018 | Gênero: Ação, Aventura, Fantasia | Duração: 1h59

A estreia dia 04 de janeiro a continuação/remake de um filme estrelado por Robbie Williams, Kirsten Dunst e Bonnie Hunt em 1995. Trazendo nomes como Dwayne Johnson, Kevin Hart, Karen Gillan e Jack Black, “Jumanji: Bem-Vindo à Selva” deixou as pessoas receosas com o resultado do filme. Muitos dos comentários falavam sobre o filme original vir de um jogo de tabuleiro e este novo introduzir um videogame, mas antes de falar sobre isso, vamos entender a história.
Em “Jumanji: Bem-Vindo à Selva” quatro adolescentes, típicos de filmes de colegial americano, acabam na detenção, tendo que limpar o porão da escola. No meio da bagunça eles encontram um videogame antigo e resolvem jogar, mas assim que todos escolhem os personagens e apertam para iniciar o jogo, os meninos são sugados para dentro dele, assumindo a identidade dos personagens que escolheram: o nerd acaba virando o forte Dr. Bravestone, o atleta se transforma no zoólogo e ajudante Moose Finbar, a garota anti-social vira a bela e sexy Ruby Roundhouse, e a menina linda e popular acaba sendo o professor de meia-idade Dr. Shelly Oberon.

 

Com identidades totalmente diferentes do que esperavam no jogo, os adolescentes acabam se assustando, o que gera uma certa comédia. Logo eles descobrem que precisam devolver a pedra de Jumanji a uma estátua de jaguar, para poderem finalizar o game e irem para casa. Mas para isso, eles precisam confiar em suas habilidades, em seus companheiros e encontrar uma peça do jogo que ainda está faltando. É em meio a uma aventura bem divertida que eles embarcam na jornada, e o resultado vamos ver nas telonas.Como disse no inicio, muitos dos comentários receosos em relação ao filme vieram do fato que “Jumanji” de 1995 era um jogo de tabuleiro, e essa nova versão apresenta um videogame. A mudança é bem explicada no filme e a transição é tranquila, dando para o público entender porque ela ocorreu. Houve também uma polêmica em relação às roupas de Gillan, que para mim, lembram muito os de avatares femininos de jogos de videogame. Acredito que a produção também quis causar uma certa comédia, colocando a alma de uma adolescente tímida, dentro de um corpo de uma mulher sexy. E isso, realmente deu certo, porque soltei algumas risadas com Ruby no filme.

O longa teve vários pontos baixos, como um romance um pouco sem graça, mas a interação dos atores e personagens compensou bastante. Tiveram duas coisas que não me agradaram na produção: o vilão, que para mim não fez diferença nenhuma, e Nick Jonas, ainda não consigo gostar desse menino atuando. Mas tirando isso, o filme é divertido e engraçado, até chega a ter um pingo (apenas um pingo, então não vamos nos iludir) de emoção no final, e tenho a impressão de que irá agradar várias pessoas, assim como me agradou.

O cenário de “Jumanji” é de um safári africano e a trilha combinou muito com as cenas, desde os tambores tribais que deram suspense até a sexy música que Ruby dança em sua luta. O elenco escolhido foi muito bom, Dwayne é conhecido em filmes como “G.I. Joe” e “Velozes e Furiosos”, Karen Gillan trabalhou em produções como “Guardiões da Galáxia” e “Doctor Who”, Kevin Hart esteve em “Um Espião e Meio” e “Policial em Apuros”, Jack Black participou de “Goosebumps: Monstros e Arrepios” e “O Grande Ano”, e Nick Jonas esteve em “Camp Rock” e “Scream Queens”.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

20 Comentários

  • Giovanna Talamini
    dezembro 31, 2017

    Eu não sei em que mundo vivo que eu nem sabia que havia o primeiro filme rs
    Já havia visto o trailer, parece ser bacana, mas não algo que eu esteja empolgada para assistir.

    Feliz ano novo!

    https://twitter.com/Gi_talamini/status/947570297313677312

    • Ana Elisa
      janeiro 13, 2018

      Ei Giovanna,

      Apesar de não ser o seu estilo de filme, se for assistir venha me dizer o que achou.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • RUDYNALVA
    dezembro 30, 2017

    Oi!
    Pela sua resenha e pelo trailler, gostei da mudança e da nova adaptação, mesmo porque os atores dentro do jogo são maravilhosos, gosto muito deles e tem esse tom mais hilário, cheio de aventuras e perigos, vou querer ir conferir.
    Assisti o anterior e gostei, tomara que goste ainda mais desse.
    Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy

    • Ana Elisa
      janeiro 13, 2018

      Ei Rudy,

      Fico contente de wje tenha gostado da resenha e que vá ir conferir o filme. O tom de comédia do filme para mim foi uma coisa boa, depois me conta o que achou?

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Carol Vicente
    dezembro 29, 2017

    Torcendo aqui pra eu gostar. Falar em Jumanji é falar em nostalgia, afinal de contas, cresci e me desenvolvi nos anos 90.
    Gostei da sua resenha, pois expõe bem os pontos que considerou serem bons, mas também fala do que não achou legal, mesmo que seja a interpretação do Jonas. Confesso que nunca o vi atuar, nem cantar, nem nada… hahahaha
    Resumindo, quero ver!!!

  • Maria Alves
    dezembro 29, 2017

    Quero assistir adoro aventura e essa apesar dos poréns deve ser divertida e achei interessante os personagens no jogo serem diferentes. O elenco parece ser muito bom, adorava a outra versão fiquei curiosa em ver essa.

  • Gislaine Lopes
    dezembro 29, 2017

    Oi Ana,
    Perdi a conta de quantas vezes assisti ao antigo Jumanji na sessão da tarde de tanto que gostava da história. Quando fiquei sabendo desta nova adaptação fiquei um pouco receosa sobre como a aventura seria retratada. Percebi que o filme puxa mais para a comédia, o que acho bom, mas talvez eu vá sentir falta daquela carga dramática que o primeiro longa apresentava. A troca do jogo de tabuleiro por um videogame faz todo sentido para mim, pois condiz mais com a realidade dos jovens de hoje, que vivem mais no mundo virtual do que nos proporcionados pelos jogos de tabuleiro. Não sei se essa era a ideia que o filme quis passar, mas foi o que pareceu para mim. Sobre os atores, já conheço o trabalho de todos e para uma aventura/comédia acredito que foram boas escolhas.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/946533335307833345

    • Ana Elisa
      janeiro 13, 2018

      Ei Gislaine,

      Também acredito que essa tenha sido a intenção na troca do tabuleiro pelo vídeo game. Acho que toda vez que acontece uma adaptação de filme ou livro que gostamos, ficamos receosos né? Mas espero que você goste dessa nova versão do filme também.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Marta Izabel
    dezembro 28, 2017

    Oi, Ana!!
    Fiquei bem curiosa para saber mais sobre o filme, pois gosto bastante do primeiro filme. E pelo que li na sua crítica o esse filme vale super a pena assistir!! Adorei a indicação!!
    Bjoss
    https://plus.google.com/108003066396412223968/posts/XB67u8fkdxa

    • Ana Elisa
      janeiro 13, 2018

      Ei Marta,

      Que bom que gostou da indicação. Espero que goste do filme assim como eu gostei.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Thuanne Souza
    dezembro 28, 2017

    Eu não sou muito fã de filmes assim, mas achei legal esse pessoal todo trocar de corpo hahaha
    Esse deve ser o ponto alto do filme (pelo menos para mim hahaha)

    • Ana Elisa
      janeiro 11, 2018

      Ei Thuanne,

      Foi muito engraçado ver a garota popular virar o velho professor e o garoto nerd, ser o fortão Dr. Bravestone. O primeiro susto deles com a nova identidade realmente é um ponto alto no filme.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Stephanny Manini
    dezembro 28, 2017

    Oi Ana,
    após ler sua crítica sobre o filme confesso que me deu uma vontade de assistir sim, principalmente pelo elenco mas quem sabe eu goste do filme, em breve irei assistir, obrigada pela dica =)

    • Ana Elisa
      janeiro 11, 2018

      Ei Stephany, que bom que animou em ver o filme depois da crítica. Acho que vai se divertir com o filme sim.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Carol Campos
    dezembro 28, 2017

    Ah, sinceramente a principio não sabia se iria assistir. Não me sentia atraída de fato ao ponto de dizer, preciso conferir mas, toda vez que lembro dessa trilha sonora repenso, hehe E lendo essa critica posso dizer que irei dar uma chance. Entendo a transição do tabuleiro para o vídeo game, super de boa. O elenco é bom, a química deve ter fluido mesmo e também devo concordar que ver a atuação do Nick Jonas ainda não desce.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/946397243464089600

    • Ana Elisa
      janeiro 11, 2018

      Ei Carol,

      Fico aliviada de saber que mais alguém não gosta do menino Nick atuando hahaha'
      Fico feliz que minha crítica tenha feito você repensar ver o filme, acho que vai se divertir no cinema.

      Obrigada pelo comentário 🙂