Antologia Macabra é um livro de contos reunidos por Hans-Åke Lilja. Esse cara simplesmente tem um daqueles sites super completos, sobre toda obra, do nosso querido Stephen King. A ideia dessa antologia surgiu em comemoração pelos 20 anos de “vida” do site que fundou: o Lilja’s Library. Foram reunidos 12 contos e 13 autores para compor essa obra de ode ao terror. Obviamente, entre eles, temos 1 conto do King, assim como outros autores referência desse gênero literário tão aclamado.

Os contos geralmente ou são inéditos, ou resgatados (como esse do King). Também temos um dos meus contos preferidos de Edgar Allan Poe para finalizar com chave de ouro esse livro. Uma homenagem mais do que merecida àquele autor que veio ser grande inspiração para muitos atuais autores de terror das gerações atuais.

Antologia Macabra é um dos 3 livros que a editora DarkSide publicou recentemente pelo selo Macabra, em parceria com a Macabra Filmes. Ou seja, o pacto sangrento foi fidelizado! Sabemos que essa parceria não pode (e não vai) parar por aí, uma vez que essa primeira experiência foi de arrasar. Todos os fãs da caveirinha, bem como do gênero terror, entraram numa espécie de êxtase com a qualidade das obras, desde capa, acabamentos em geral, ilustrações e conteúdo!

Antologia Macabra por Hans-Åke Lilja

Os autores que fazem parte do Antologia Macabra são: Ben Vincent, Brian James Freeman, Brian Keene, Clive Barker, Edgar Allan Poe, Jack Ketchum, John Ajvide Lindqvist, Kevin Quigley, Ramsey Campbell, Richard Chizmar, Stephen King e Stewart O’Nan. São 12 contos que, ao todo, me fizeram atribuir nota máxima à coletânea. Eu não conseguia parar de ler… E infelizmente li o livro todo em apenas um dia. Todavia, queria mais, pois suas 240 páginas passaram voando.

E algo que gostei nessa coletânea, foi que o “apanhado” de contos e de autores, não foi algo misto. Daquela forma que existem vários contos ‘mais ou menos’, e no meio uns 3 ou 4 contos muito bons… Aqui o balanço geral fica positivo. Eu realmente me diverti com o ritmo das histórias curtas que foram selecionadas. Alguns dos contos atribuiria nota 10/10, mas a nenhum eu concederia menos do que uma nota 5/10.

Outro ponto positivo foi a introdução pelo próprio Hans-Åke Lilja, onde ele fala sobre sua dedicação às obras de King, e de todo seu entusiasmo em montar algo assim tão especial para a comemoração dos 20 anos de seu site. Ele fala um pouco sobre alguns autores e a felicidade de contar com a participação dos mesmos.

Isso tudo deu um toque muito intimista à edição. Ah, ressalto que essa é uma coleção destinada àqueles que são fãs do mestre do horror, Stephen King. Imagino o tamanho da realização desse sujeito (Hans-Åke Lilja). É sonho da vida de um grande fã do terror se concretizando! Fangirl de King assumida senti-me realizada ao contemplar o Antologia Macabra, o “filho” de um fã de King bem maior do que eu um dia serei…

ANTOLOGIA MACABRA – STEPHEN KING

Entre essas histórias originais, eu gostaria de falar pelo menos sobre duas. Começo com o fantástico John Ajvide Lindqvist, e seu conto inédito “O Companheiro do Guardião”. Com total inspiração em outro etéreo mestre do horror, H. P. Lovecraft, iremos reviver um período que muitos ‘jovens crescidos’ devem relembrar com saudosismo. É que o conto nos leva àqueles encontros dos adolescentes, nos porões de suas casas, para jogar RPG. Especificamente, eles se aprofundam nos mistérios de Call of Cthulhu (O Chamado do Cthulhu). O brilhantismo do autor é muito perceptível, pois o conto é todo uma aventura fantástica, com aquele toque de terror sempre espreitando no canto. As vezes ele é visível, as vezes não. Porém pra você entender melhor, você vai ter que ler! Se jogue.

Finalizando, para não deixar de fora o homenageando da própria “festa”, temos um Stephen King jovem e seu “O Compressor de Ar Azul”. No início dos anos 70, anteriormente à publicação de Carrie, Steve escreve esse conto sobre as inseguranças de um, adivinhem? De um escritor! Pois bem. Como já conhecemos King, o tom do conto tende ao bizarro ou sombrio. Entretanto, o autor usa uma técnica que pouco fez uso durante essa sua longa (graças a Deus! e vida longa ao Rei!!!) carreira literária. Em alguns momentos, ele quebra a quarta parede e conversa com seu público, dando o devido valor a quem de direito: os que estão lendo. Não é um conto maravilhoso, mas em nada desabona, igualmente, ter sido o escolhido para figurar a presença do mestre nessa Antologia Macabra.

Antologia Macabra por Hans-Åke Lilja.

Concluindo, a edição da editora DarkSide veio em capa dura (com aquele acabamento maravilhoso e de qualidade que você JÁ conhece!), com ilustrações tanto da capa, quanto internas, obras do francês Odilon Redon, “um dos mais importantes do simbolismo, que transpôs em tela seus sonhos e pesadelos” (Dark Blog). Afinal, pelo conjunto da obra, eu registrei nota máxima lá no Skoob.

_______________________________________________________________________________________________________________

Título: Antologia Macabra

Autor: Vários Autores

Ano: 2020
Páginas: 240

Editora: DarkSide Books
Gênero: Ficção / Horror / Literatura Estrangeira / Terror

Nota: 5/5

Adicione à sua lista do Skoob

Onde Comprar: Amazon