FILMES

ALERTA OSCAR | ROMA

21 fevereiro, 2019 por

O filme de hoje por si só já chega inovando e quebrando  (ou iniciando) tradições por ser o primeiro longa da Netflix a ser indicado ao Oscar. Aliás, sua participação no festival de Cannes foi suspensa devido à sua origem na plataforma de streaming, o que não o impediu de ganhar o Leão de Ouro no Festival de Veneza e 10 indicações ao Oscar desse ano. Roma é do famoso diretor Alfonso Cuarón, muito conhecido da premiação, sendo um dos seus destaques mais recentes o filme “Gravidade” em 2013, com a atriz Sandra Bullock no papel principal (vencedor de 07 Oscars).

🌟 CONCORRE EM 10 CATEGORIAS 🌟 
1 Melhor Filme
2 Melhor Atriz
3 Melhor Atriz Coadjuvante
4 Melhor Direção
5 Melhor Filme Estrangeiro
6  Melhores Roteiro Original
 Melhor Fotografia
8  Melhor Edição de Som
Melhor Direção de Arte
10 Melhor Mixagem de Som

Acompanhamos Cleo, doméstica e babá em uma família de classe média da Cidade do México composta pelos pais e quatro filhos, moradores do bairro Roma. Cleo é simples, mora na casa dos patrões, possui apenas a mãe como parentes (a qual ela tem pouco contato) e passa seu tempo realizando as rotinas da casa, juntamente com a outra funcionária, Adela.

ALERTA OSCAR | O PRIMEIRO HOMEM, confira nossa crítica. 

O filme retrata um período de aproximadamente um ano na vida destes personagens onde vários conflitos irão acontecer, desde uma gravidez inesperada da personagem principal ao divórcio de seus patrões. Assistimos então as implicações e reações que todas essas mudanças irão gerar.

Para começar, esteja ciente que este não é um filme para você assistir com pressa. Filmado em preto e branco, ele é sutil, detalhista e de muita sensibilidade. Sem o tradicional “glamour hollywoodiano”, sobra para o espectador uma história real, nua e crua, uma verdadeira obra de arte. Permita-se esta experiência.

ALERTA OSCAR | PANTERA NEGRA (BLACK PANTHER) critica completa aqui. 

A personagem Cleo tem uma linda construção. Ela é extremamente forte corajosa, mas ao mesmo tempo ingênua, doce e silenciosa. E é assim que sua força ultrapassa a tela, através de seu constante silêncio à frente das situações mais dolorosas. Yalitza Aparicio, atriz que a interpreta, está claramente fora de qualquer “padrão” que conhecemos e seu talento me conquistou de uma forma que eu não imaginava. Extremamente louvável sua capacidade emocionar sem o uso de gritos, falas bonitas e lágrimas. Exatamente por isso, e por sua representatividade, é que Yalitza subiu para o posto de minha preferida na categoria de Melhor Atriz (se cuida Glenn Close e Lady Gaga).

Alfonso Cuarón fez realmente um trabalho de mestre. Todos os detalhes foram considerados, referências foram feitas e o resultado ficou brilhante. Ele também assumiu a direção de fotografia do filme, outro ponto super especial da produção. A câmera permanece parada em um ponto fixo na maioria das cenas, girando lentamente de um lado para o outro, dando uma perspectiva de todo ambiente e inserindo o espectador na história.

“Roma” talvez seja o grande azarão da premiação (não só do Oscar como das anteriores também), pois apesar de seu diretor renomado, vem de uma plataforma até então não prestigiada pela academia. Porém, é impossível negar quão tocante e envolvente é a história desta família e este paralelo de vida, dor, sofrimento e superação entre a simples Cleo e sua patroa Sofi. O filme é uma lição de carinho, respeito e compreensão, e se eu fosse você corria para assistir, pois já está disponível na Netflix desde o ano passado!!!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Carol Campos
    março 01, 2019

    Tenho costume de assistir todos os filmes do Oscar antes da premiação mas, esse ano não consegui cumprir o cronograma a tempo e só agora após a premiação que fui assistir Roma e posso dizer que uma coisa era certa, todos os louvores foram merecidíssimos! De fato, uma verdadeira obra-prima, Alfonso Cuáron (Meu diretor de Harry Potter & O Prisioneiro de Azkaban <3) foi excelente em sua função e o texto, ah o texto, cheio de metáforas da sociedade e que elegância. A fotografia é surreal, intimista, instigante… E que mulher é esta Yalitza Aparicio?! Cadê o povo que falou mal dela?? Faz fila que vou dar na cara, haha Uma ascensão! As categorias que venceu, "Melhor Filme Estrangeiro", "Melhor Diretor" e "Melhor Fotografia" foram dignas!

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1101298292888166401

  • O Vazio na Flor
    fevereiro 21, 2019

    Eu amei este filme, simplesmente amei! Primeiro por trazer um cenário tão simples, tão até cotidiano, mas também por trazer esse formato preto e branco..Adorei muito tudo isso(preciso ver ainda Guerra Fria que também vem em preto e branco)
    Cleo é tão comum, tão igual a muitas de nós. Menina pobre, sofrida, calada, resignada…um show de interpretação dela do começo ao fim!
    A cena da praia,esta retratada na primeira imagem da postagem é dolorida, profunda, única. O jogo de câmeras acompanhando Cleo entrando no mar é algo que me comoveu.
    E fica a dica a quem não assistiu. Vale cada segundo!!!
    Beijo

    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1098617051608956930