FILMES

A MISSY ERRADA | CRÍTICA NETFLIX

25 agosto, 2020 por

“A Missy Errada” é a mais nova comédia original da Netflix, lançada dia 13 de maio desse ano. Com atores já conhecidos no gênero e um enredo bem engraçado, o filme aposta na diversão besteirol, repleta de exageros e situações improváveis. Se você é entusiasta da comédia sem muita pretensão e sem muito compromisso com a realidade, apenas pra sentar e rir, você não pode deixar esse de fora.

Tim (David Spade – “Gente Grande”) é um cara que não se dá muito bem com relacionamentos. Ele acabou de terminar um noivado de forma traumática porque a ex-noiva o trocou por seu colega de trabalho. Ainda assim, atendendo um pedido de sua avó, ele vai a um encontro às cegas com uma moça indicada por ela.

Acontece que a tal garota, Missy (Lauren Lapkus – “The Big Bang Theory”) é completamente insana, grita , causa brigas e ainda anda com uma faca imensa na bolsa (chamada Sheila). Ele termina a noite tentando fugir de Missy pela janela do banheiro, caindo e fraturando o pé.

Tim decide então que não vai mais procurar pelo amor. Espera que um dia, quando for a hora, ele venha até ele. E o destino faz a sua parte! Em uma caminhada apressada ele acaba trombando com uma linda mulher no aeroporto e eles acabam trocando suas pastas. Isso cria a oportunidade perfeita para uma conversa no bar, onde descobrem ser muito parecidos. Ela se chama Melissa, é uma mulher independente, ex-miss e bem resolvida. Eles trocam seus números de telefone e começam a conversar no mesmo dia!

Após anos de trabalho em uma mesma empresa, Tim vê a oportunidade da sua tão sonhada promoção. Mas para isso precisará ganhar a confiança do chefe em uma conferência da empresa durante um final de semana inteiro no Havaí. Ter a companhia de Melissa seria um diferencial, visto que a esposa de seu chefe também é uma ex-miss.

Para a alegria dele, a mulher aceita o convite e também deseja o reencontro. No entanto, dentro do avião tomado de pura ansiedade e até segurando flores, quem chega é a Missy do encontro às cegas… Ele esteve o tempo todo conversando com a Missy errada e agora precisa passar o final de semana com uma garota completamente descontrolada.

Este filme é uma boa oportunidade para se desligar dos problemas do cotidiano, das preocupações da vida, e embarcar em uma completa e divertida loucura. Mas cuidado, não procure lógica nas cenas que vai encontrar. Como eu disse no começo, é uma comédia repleta de exageros, que tenta pegar o espectador pela graça nos absurdos. Tudo é levado ao máximo, até mesmo o comportamento da Missy. Você não tem ideia das coisas que ela faz!

Por falar na personagem principal, ela segura todo o enredo do filme e também toda a atuação. Todos os personagens acabam girando ao seu redor. A atriz Lauren Lapkus deu muita conta do recado e trabalhou tão bem que até eu mesma passei a ter um pouco de medo quando ela aparecia na tela, do que ela iria fazer. As caras e bocas são impagáveis. O Tim passional de David Spade também faz toda a diferença e completa as loucuras de Missy. Que casal…

Surpreendentemente “A Missy Errada” entrou na lista dos 10 filmes mais assistidos da Netflix (Vou deixar o link de todos aqui acima) e em minha opinião ele pode ser considerado uma das maiores “zebras” da lista. E não é por ser ruim, mas por acreditar existir outras comédias originais melhor estruturadas em enredo, principalmente, na plataforma. É engraçado? Sim. É marcante? Não acredito que seja. Aconselho que você assista? Óbvio! Nessa sociedade apocalíptica que estamos vivendo, quem é que anda recusando divertimento?!

Assista ao trailer:

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

9 Comentários

  • Carol Nery
    agosto 31, 2020

    Meio que não é minha praia esse tipo de filme, miga. Mas como você ressalta, nessa fase doida que vivemos, com a cabeça cheia de problemas e dúvidas, etc… Por que não se jogar em um besteirol despretensioso e que nós faça RIR!!!!
    Vale a pena. Beijocas

  • Val
    agosto 31, 2020

    Ja tive um tempo que assistia comedias com mais regularidades.hoje em dia, é uma perdida a cada mil anos kkkkk
    Mas quem.sabe qualquer hora estando de bobeira, eu resolva assistir esse. Devem ser altas confusões, e.como vc falou, dá pra rir dos absurdos hehehe
    Küss

  • Erika Monteiro
    agosto 31, 2020

    Oi Karina, tudo bem? Acredita que vi o título e nem lembrei de assistir o trailer? Gosto de comédias mas já faz um tempinho que não assisto. Se for relembrar as últimas séries e filmes que assisti a maioria é suspense ou policial. Sabe O clube do terror? Tenho assistido algumas produções nesse estilo. Assinei o Globoplay semana passada ainda estou “fuçando” e vendo o que tem de bom. Mas vou dar uma chance pra esse filme. Um abraço, Érika =^.^=

  • Debora Sapphire
    agosto 31, 2020

    Eu estou conhecendo agora essa mais nova comédia original da Netflix! Acho bacana contar com atores já conhecidos no gênero, além de trazer um enredo bem engraçado. Porém, confesso que fico com muito receio de investir em filmes que resolvem apostam na diversão besteirol, sabe? Porque isso me incomoda muito. Ou que contém exageros em certas situações improváveis. Eu também achei surpreendente que tenha entrado pra lista de mais assistidos. Hehe

  • Leticia Rodrigues
    agosto 30, 2020

    Esse filme foi meu auge de filme Bibi e engraçado no meio da pandemia, me deu uma pitada de humor durante os dias de isolamento total.

  • Vitor Damasceno
    agosto 30, 2020

    Assisti e indico. Pra quem quer relaxar e nada muito denso não. Acho que é por conta desse apocalipse que vivemos pois há humor onde antes nao existia e tudo está menos exigente.

  • Letícia Guedes
    agosto 29, 2020

    Oioi! Conheci A Missy errada justamente pela lista dos mais assistidos, mas confesso que já vi todo o besteirol vindo e desanimei. Esse tipo de comédia, feita pra provocar o riso frouxo e sem muito compromisso com o enredo, não é mesmo a minha praia, mas imagino que, para quem gosta, deve ser um prato cheio. Vi o trailer e só as caretas dos personagens já me deixaram com vontade de rir. Talvez eu veja algum dia, afinal, nunca digo nunca, ainda mais quando se trata de riso fácil e descompromissado. Obrigada pela dica. Abs!

  • Parece ser um filme hilário, que nos irá proporcionar horas de boas risadas. Eu irei tentar assistir nesse final de semana, caso não conseguir, já está anotado para o próximo, pois estou precisando de dar umas boas risadas.

  • Yasmine Evaristo
    agosto 28, 2020

    Tô lendo aqui a resenha e pensando que David Spade fez tantas comédias nos anos 90. E ele tem a msm cara e o msm cabelo, que eu acho ser peruca, e sempre faz filmes na msm vibe. Confesso que esse não me atraiu, mas tbm tenho visto bem menos comédias nos últimos anos. Ainda assim valeu a pena ler suas impressões sobre o filme. Abraços, Karina.