FILMES

A CASA (Hogar) | CRÍTICA

23 junho, 2020 por

A CASA

Vamos conhecer um pouquinho mais do cinema espanhol? Eu assisti, A Casa (Hogar), uma produção original da Netflix que estreou na plataforma no final de março, ocupando a lista dos 10 filmes mais assistidos por semanas. Considerado um suspense psicológico, traz ao expectador muita hesitação, foi comparado ao atual ganhador do Oscar 2020 – Parasita (Gisaengchung).

Na trama conhecemos, Javier Muñoz (Javier Gutiérrez), um publicitário de renome em Barcelona que busca uma nova oportunidade de trabalho após meses desempregado. Por não conseguir mais manter o padrão de vida que tinha até então, se vê forçado pela esposa Marga (Ruth Díaz) a se mudar para um bairro mais humilde, coisa que ele estava postergando há tempos. Para manter a sobrevivência, sua esposa aumenta o período no trabalho e seu filho não pode mais frequentar a escola particular cara.

Muñoz, inconformado com a situação e humilhado em entrevistas, descobre que ainda possui as chaves de seu antigo apartamento, se ausentando da sua vida doméstica, volta a sua antiga rua, passando a stalkear de dentro do seu carro a nova família que está residindo no apartamento, nos momentos de ausência dos integrantes, invade o apartamento em busca de novos elementos que possam contribuir na arquitetura de um plano que possa fazer ele voltar a viver ali.

Gostei muito da atuação do protagonista, ele representou bem o papel de alguém que perdeu tudo e não se conformava em viver de maneira mais humilde, bem de acordo com o roteiro estabelecido pelos irmãos David Pastor e Àlex Pastor, que também dirigiram o filme. O clima de suspense, a trilha sonora e a fotografia trouxeram qualidade a trama, mas a história, apesar de prender a atenção, tem alguns problemas de desenvolvimento no seu terço final, que avança rapidamente, não sustentando a tensão inicial, não trazendo novidades, também acredito que poderia ser trabalhada de melhor forma as interações de Javier com sua esposa e filho.

A CASA

Vale a pena assistir ao filme? Vale sim, A Casa tem momentos ótimos de tensão e sempre fica a curiosidade se Javier Muñoz conseguirá ter de volta a sua vida luxuosa ou se ele será descoberto antes disso? E ai você viu o filme? O que achou? Me conte tudo!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

6 Comentários

  • Clayci Oliveira
    junho 24, 2020

    Eu comecei a assistir esse filme ontem, mas o sono falou mais alto e capotei hahaha Mas quero terminar hoje, pq até que estava gostando. Suas considerações me deixaram mais animada

  • Regiane
    junho 24, 2020

    Não conhecia mas adorei a crítica. Vou querer assistir . Esse lance de stalker é bem doido.

    • Graziela Costa
      Graziela Costa
      junho 25, 2020

      Não é? Tenho medo desse negócio de stalker! Assista sim gêmea, eu gostei!

  • Vinícius G.
    junho 24, 2020

    Gostei muito desse filme, embora tenha preferido “O Poço” (também do cinema espanhol), mas com certeza vale a pena conferir.