LISTA

7 MOTIVOS PARA LER A SAGA “CREPÚSCULO” E JÁ QUERER “SOL DA MEIA-NOITE

04 agosto, 2020 por

Crepúsculo

Quando Stephenie Meyer anunciou que lançaria um novo livro da Saga “Crepúsculo”, a Intrínseca, como a editora maravilhosa que é, anunciou que faria um lançamento simultâneo de “Midnight Sun”. Isso é para deixar todos os fãs da saga de olhos brilhando, não é? Ainda mais em um ano que não está sendo fácil para ninguém.

Como aqui no blog, nós ficamos ansiosas pelo lançamento que acontece hoje (04/08), resolvemos fazer uma lista de motivos para ler essa saga maravilhosa. Sei que é difícil encontrar quem ainda não tenha lido “Crepúsculo”. Para aqueles que já leram, quero saber se vocês concordam ou não com os motivos.

Antes de começar falando sobre os motivos, quero situar um pouco a todos, sobre o enredo de “Crepúsculo”. Na história, Isabella Swan é uma jovem melancólica, que acaba se mudando para a cidade de Forks para morar com seu pai. Lá, ela acaba conhecendo o misterioso Edward Cullen, que faz com que a vida dela dê uma guinada. Apesar de Edward tentar ocultar sua verdadeira identidade, Bella está decidida a descobrir seus segredos sombrios. Durante a história de amor dos dois, Edward e Bella tem que enfrentar muita coisa para ficarem juntos.

“Crepúsculo” é uma saga de quatro livros, que já foi adaptada para o cinema. A história já vendeu quase 100 milhões de livros em todo mundo e entrou na lista dos 10 mais vendidos do USA Today. Por isso, vamos aos motivos de ler/reler toda a saga e ansiar pelo novo livro que vem aí!

1- “Crepúsculo” é uma saga perfeita para todos os amantes de fantasia e sobrenatural

GIF- Jacob Black se Transformando em Lobo | Twilight Crazy

 

Isso mesmo! “Crepúsculo” é uma saga que me apresentou ao mundo sobrenatural. Eu nunca tinha lido nada sobre vampiros e comecei logo com essa saga maravilhosa. E não é só de vampiros que estamos falando.

No livro há também lobisomens, e é interessante ver como esses seres sobrenaturais reagem uns aos outros. Um dado sobre os vampiros de “Crepúsculo”, na história, alguns imortais têm dons (ou poderes), como ver o futuro, ler mentes, curar e ter controle sobre os elementos da terra.

2 – Olha o romance vindo aí…

Eu adoro um romance e “Crepúsculo” é um daqueles que deixa a gente suspirando. Na história temos uma humana se apaixonando por um vampiro. Logo nas primeiras palavras da história, vemos que vai ter uma história de amor bem marcante, afinal, o primeiro livro começa assim:

“Eu nunca pensei muito sobre como eu iria morrer – achei que eu tinha motivos suficientes nos últimos meses – mas mesmo que eu não tivesse, eu não iria imaginar assim. (…)
Com certeza essa foi uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, outra pessoa que eu amava.”

Já viram né? Como casal, temos Edward e Bella, que tem que enfrentar muita coisa para ficarem juntos, inclusive a morte. Durante quatro livros, vamos acompanhando como o casal cresce e amadurece e como o amor dos dois vai superando os desafios. Temos um receio por parte de Edward em se envolver com Bella, mas vemos como é impossível para o vampiro não se render ao sentimento.

3 – Mas nem tudo são flores para o casal de “Crepúsculo”: o triângulo

Está certo que o romance dos dois é uma coisa forte, mas nada impediu de a autora colocar alguns desafios na frente. O primeiro que vou falar é sobre o triângulo amoroso. Ao longo da história, Jacob aparece para desestabilizar um pouco a relação dos dois.

Durante muito tempo vemos como o afeto do lobo cresce por Bella e como ele quer que a garota pare de olhar para Edward e olhe para ele. Para quem não gosta de triângulos, não desanime por causa disso. No final, vemos que tem um motivo muito especial para isso ocorrer. Não vou falar mais nada porque não queremos dar spoiler, não é mesmo?

4 – O amor de Edward

Sim, tenho que colocar o amor de Edward como uma dificuldade para o romance dos dois. Afinal, o vampiro ama tanto Bella que quer defender a moça de tudo, inclusive dele mesmo. Por muito tempo, vemos Edward debatendo se é melhor ou não se render ao amor que sente por Bella ou deixar a menina viver uma vida normal, se apaixonando por um humano (ou até mesmo por um ser sobrenatural que dê uma vida mais normal à ela).

5 – Os impasses da vida sobrenatural

Além do triângulo e do amor de Edward, temos os impasses da vida sobrenatural. Na história, os vampiros não podem se envolver com os humanos. Então, quando Bella entra nesse universo sobrenatural e descobre que os vampiros existem, temos alguns acontecimentos que entram para atrapalhar o romance de Edward e Bella.

6 – Crushs e mais crushs para chamar de seu!

Taylor Lautner GIF - Taylor Lautner Twilight - Discover & Share ...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E o que seria de um livro sem um bom crush, não é mesmo? Quando os livros estouraram, era quase impossível não ter uma queda por Edward, ou seja, o vampiro virou o crush de muitos adolescentes. Além dele, temos Jacob também!

Quem disse que apenas o mocinho pode se tornar crush, não conheceu Jacob. Acompanhamos o crescimento do lobo, que durante a saga, pode até ter se tornado um rival de Edward, mas que fez muita fã da saga se apaixonar.

7 – E as reviravoltas impressionantes da saga “Crepúsculo”?

Ahhhhhhh mas uma coisa que uma boa saga deve ter são reviravoltas. Tenho que dizer que todos os livros de “Crepúsculo” têm reviravoltas impressionantes, mas existe uma em especial, que fez muita gente perder o fôlego. Para não dar muito spoiler, vou dizer apenas que foi no último livro. Lembro da sensação de ter visto aquela cena no cinema, vendo as pessoas que não tinham lido o livro prender o fôlego e eu só dizendo, calma que tem mais. Para quem já leu o livro e assistiu a adaptação, quero perguntar, como foi ao ler e depois assistir a cena nas telonas?

Conclusão

Viram todos os motivos? Então, toda a saga é narrada por Bella. Aposto que muitas pessoas sempre se perguntaram o que Edward pensava em vários momentos da saga, principalmente no primeiro livro, quando os dois se conheceram. No aniversário de dez anos de “Crepúsculo”, Stephenie Meyer lançou “Vida e Morte”, uma edição especial de “Crepúsculo”, que além da história original, havia uma versão mudando os gêneros dos personagens: uma vampira se apaixonando por um humano.

Agora, a autora presenteou a todos os fãs com a história de “Crepúsculo” pelos olhos de Edward. É o momento que os fãs tanto ansiavam para saber o que o vampiro sentia quando enfim conheceu Bella e ver toda a história de seu ponto de vista. Ansiosos? Por aqui já estamos mais do que aguardando esse livro e agradecendo a Intrínseca por não fazer a gente esperar, trazendo o livro com lançamento simultâneo.

Quando me pediram para escrever esse post aqui no blog, comecei a pesquisar algumas coisas de “Crepúsculo” e comecei a responder há algumas perguntas que tinha sobre o livro. Uma delas é: porque a maçã na capa de “Crepúsculo”, nunca tinha me atentado pelo motivo, então porque uma maçã na capa?

Só para contextualizar, a Intrínseca, resolveu deixar a capa original na publicação do Brasil, que consistia em um braço segurando uma maçã. No site de Stephenie ela respondeu a essa minha dúvida em um dos tópicos de FAQ. Segundo ela, a maçã representa o fruto proibido e que para ela, a maçã em crepúsculo diz “escolha”.

Outra coisa interessante que encontrei é que no início de 2010, a saga “Crepúsculo” alcançou três posições na lista do USA Today dos dez livros mais vendidos: “Crepúsculo” em primeiro, “Lua Nova” em quarto e “Eclipse” em nono lugar. Na lista, além de Stephenie Meyer, apenas dois outros autores apareceram: J. K. Rowling com “Harry Potter” e Dan Brown com “O Código da Vinci”.

“Crepúsculo” estreou no cinema em dezembro de 2008, sendo dirigido por Catherine Hardwicke (“A Garota da Capa Vermelha” e “Aos Treze”). No elenco contamos com nomes que ficaram muito conhecidos, como Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Ashley Greene, Nikki Reed e Anna Kendrick.

Stephenie Meyer se formou em literatura inglesa na Brigham Young University e mora no Arizona com o marido e seus filhos. Sua série mais conhecida é “Twilight” (“Crepúsculo” em inglês) que já vendeu mais de 100 milhões de cópias em mais de 50 países e foi traduzido para 37 idiomas diferentes.

Meyer foi declarada como a autora do ano em 2008, pelo USA Today, por ela ter feito algo que ninguém havia conseguido há 15 anos: conquistado os quatro primeiros lugares na lista de mais vendidos em 2008. Feito que também foi conquistado em 2009, quando seus livros passaram mais de 303 semanas na lista de best-sellers.

E aí, alguém aqui já está com o livro/ebook em mãos? Como está a ansiedade de vocês para “Sol da meia-noite”?

__________________________________________________________________________________________________________

A Saga Crepúsculo
1. Crepúsculo
2. Lua Nova
3. Eclipse 
4. Amanhecer
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura fantástica, Ficção juvenil
Onde comprar: AMAZON 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário