Destaques

novidades por e-mail

06 março 2019

{ #RESENHA } UM AMOR PARA PENÉLOPE - DIANE BERGHER (Belle Époque #1)

Titulo: Um Amor Para Penélope | Subtitulo: Belle Époque # 1 | Autor: Diane Bergher | Ano: 2017 | Páginas: 438 Gênero: Ficção, Romance de época |  Adicione a sua lista do Skoob | Onde comprar: Amazon | Editora: Independente

“— Estou duro, Penélope! — Felipe aponta para o meio das suas pernas. Sinto as bochechas esquentarem.
— Não escutei isso! — falo, tapando os ouvidos. — Buscarei ajuda! Não se preocupe. — Corro para dentro do palacete antes que eu me atire de volta nos braços de Felipe.
— Inferno, Penélope, volte aqui! — Frustrado, Felipe grita.”

Um amor para Penélope é para quem gosta de romance de época, mas também para quem não gosta, pois a autora irá cativar o leitor com a sua escrita leve e criativa e com uma pitada de humor e fará quem não gosta deste gênero literário mudar de história.

Diane Bergher tem delicadeza na sua escrita e faz com que o leitor não consiga largar sem antes concluir a sua leitura, é uma obra viciante, emocionante e envolvente. Consegui me sentir perfeitamente na pele de Penélope devido à descrição detalhada das cenas e cenários feitos pela autora.

Penélope em nada lembra as inocentes donzelas de sua época. Por ter sido criada sozinha (perdeu a mãe e o pai, a deixou num colégio de freiras, vindo a falecer depois), ela é uma mulher forte e persistente.

“—Tudo teria sido mais fácil se vocês dois tivessem assumido logo que se amavam, nem ter-me feito passar por um papelão — Danilo nos repreende, com razão. [...]”

As mulheres da época de Penélope, no início do século XX, tinham como sonho ter um bom casamento e filhos, mas Penélope não tinha este sonho, o que ela queria era receber a herança do seu pai, que era inglês, e abrir uma escola para moças em São Paulo, mas se tudo tivesse seguido os planos de Penélope não teríamos história né!!

E pouco antes de completar 25 anos, a idade exigida para que Penélope recebesse a herança, a sua madrinha Violeta pede que ela vá ao Rio de Janeiro acompanhar a prima Flora nos eventos sociais quando a jovem será apresentada à sociedade. Mas, quem acaba fazendo sucesso nas reuniões sociais é Penélope que arranja vários pretendentes.

A jovem não tem olhos para nenhum dos seus pretendentes e sim para Felipe Gusmão de Albuquerque, filho primogênito da madrinha. Felipe é viúvo e, além da filha Eloíse é responsável em cuidar de sua mãe e de Bento e Flora, seus irmãos.

Cada encontro de Felipe e Penélope é garantia de muita  risada, uma vez que Felipe quer “domar” a dama e Penélope não aceita ser controlada por ninguém. A cada nova situação Penélope pede ajuda à Nossa Senhora, cada vez lhe atribuindo um dos muitos nomes que a santa recebe.


“— Mas você não me suportava no início — falo.
— Apaixonei-me por você desde o primeiro dia, carinho! Lutei muito contra os sentimentos que você me despertou e fui um fraco, pois perdi! Quero fazer as coisas certas com você. Por essa razão, preciso que me dê um tempo para organizar minha vida, carinho.”

Felipe se sente obrigado a se casar para dar uma mãe para a filha, mas não vê a afilhada da mãe como uma pretendente e Penélope nem sonha em se casar, ela se sente incapaz de despertar o interesse de algum homem uma vez que é uma jovem criada sozinha. Mas a cada encontro de Felipe e Penélope, faíscas de desejo são soltas e os dois assumem o amor que sentem um pelo outro, mas não assumem para os outros este amor e acabam se encontrando clandestinamente, e quando os pretendentes de Penélope começam a surgir Felipe faz de tudo para sabotar os encontros, e em quase todos ele tem sucesso.

Como toda boa história a de Penélope e Felipe tem um segredo que acaba causando mal entendido e quase acaba com o amor dos dois, mas no final, quando tudo se resolve eles comprovam que não conseguem viver um sem o outro, acabam todos os maus entendidos e vivem felizes quase sempre porque continuam brigando.

Um amor para Penélope é o livro 1 da Série Belle Époque, todos escritos com o mesmo carinho e criatividade da autora, vale à pena entrar no mundo de Penélope.

Comentários via Facebook

4 comentários:

  1. Admito que não conhecia nada sobre este livro, portanto foi uma grata surpresa tudo que li acima e como sou fã de um bom romance de época, adorei muito tudo isso.
    Penelope parece o tipo de personagem que cativa e agrada, até por não ser tão comum.
    Gosto desse joguinho de gato e rato. Traz sempre um ar de bom humor ao enredo e isso é fascinante.
    Com certeza, o livro vai para a lista de desejados.
    Beijo
    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1103332007994683393

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você irá se apaixonar pela Penélope e pelo Felipe. São um casal ímpar. Depois passe aqui e me conte o que achou.

      Excluir
  2. Amei essa sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️..

    Meu Blog: Resultado Ouro Branco da Sorte

    ResponderExcluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in