Destaques

novidades por e-mail

20 março 2019

{ #RESENHA } MENTIRA PERFEITA - CARINA RISSI

Subtitulo: Spin-off de Procura-se Um Marido  | Ano: 2016 | Páginas: 462 | Editora: Verus | Gênero: Romance| Adicione a sua lista do Skoob | Onde comprar: Amazon

“Não se sonha com aquilo que se tem, mas com o que se deseja. Talvez por isso eu tivesse sonhado com Júlia”.

Júlia é uma jovem que é brilhante em tudo o que faz e só tem tempo para duas coisas: trabalhar e cuidar da Tia Berê que está com a saúde muito debilitada, necessitando de um transplante de coração para poder viver melhor. Para não correr o risco de perder a tia que é a mãe que conhece, Júlia é capaz de tudo, até mentir (a única coisa na qual ela não é boa) e inventar um namorado imaginário para evitar que a tia sofra aborrecimentos.

Marcus é um rapaz que sofreu um acidente de moto e está tentando restabelecer sua vida sem depender dos outros e, por isso quer ir morar sozinho e, para realizar sua vontade é capaz de se sujeitar a ter um cuidador com ele.  O que Júlia e Marcus têm em comum? Nada, mas a vontade de realizar o desejo dos dois colocará ambos no mesmo caminho.


Júlia trabalha na empresa da cunhada de Marcus e num encontro casual em um barzinho, Marcus propõe a Júlia um acordo de forma que ambos se ajudem com seus problemas.
O maior problema é que Marcus é um Cassini e, se for seguir o irmão Max (que se casou de mentira com Alícia, dona da empresa aonde Júlia trabalha, para realizar interesses de ambos, mas depois acabaram se apaixonando e ficando juntos) este acordo não será assim tão fácil.

“Esfreguei o rosto. Inferno. Nem sempre o que queremos e o que estamos sentindo.”

Falar de Carina Rissi é falar de risadas garantidas. Todos os livros desta autora veem acompanhados de uma pitada de humor e Mentira Perfeita não seria diferente. Apesar de curtir muito os livros da Carina, não posso deixar de fazer aqui uma observação, o livro traz temas que poderiam ter sido usados pela autora de forma mais detalhada e a mesma apenas comentou ou mostrou. O abandono da mãe da Júlia, a espionagem empresarial (ou sabotagem, como preferirem) sofrida pela Júlia, o preconceito vivido pelo próprio Marcus ao não se aceitar como deficiente uma pessoa com limitações, entre outros temas.


Ao acompanhar a história da Júlia e do Marcus senti muita empatia e carinho pelos dois, não tem como ser diferente com o casal protagonista, torci deste o início para eles ficarem juntos, sei que é previsível, mas queria que eles ficassem juntos logo de cara e que nada nem ninguém os atrapalhasse e quem acabou separando este casal foram eles mesmos, os medos, as inseguranças e o medo de falar a verdade um para o outro.

Vi a Júlia como uma menina doce e insegura do seu potencial, ela é capaz, mas não confia no próprio taco, me vi um pouco nela, vibrei quando ela resolveu se arriscar e aceitar o emprego que mudaria a sua vida. Temos muito da Júlia em nossas vidas.

+ { #RESENHA } QUANDO A NOITE CAI - CARINA RISSI

Já com o Marcus, tive um misto de raiva e carinho, raiva por ele se sentir inferior por estar numa cadeira de rodas a ponto de desistir de tentar ter algo com a Júlia e carinho porque, apesar de não conviver com um cadeirante sei bem como a sociedade é cruel e cobra perfeição de todos. Eu o entendo, mas queria que ele fosse mais forte, mais capaz de lutar pelo que queria já que ele começou a história querendo provar para os pais ser capaz de morar sozinho.

“— Até os mais fortes têm seus momentos de fragilidade. Ninguém aguenta bancar o durão a vida inteira. É preciso se entregar à fraqueza de vez em quando para poder conhecer o tamanho da sua força.”

A tia Berê, é um anjo da guarda que queria para mim, é aquela pessoa vivida que entende bem da vida e dos riscos que devemos ou não correr, todos nós deveríamos ter uma tia Beré para dar conselhos, e segui-los é claro, ia diminuir muito a perda de tempo com coisas inúteis nas nossas vidas. 

Ao ler a história do Marcus e da Júlia consegui vivenciar todas as emoções vividas por eles, medo, falta de segurança, sensação de exclusão, são sentimentos que vivemos quase sempre, mas que, como o nosso casal, temos que aprender a enfrentar para sermos felizes, nas histórias que lemos ou na vida real.

Encantei-me com o amadurecimento do casal no decorrer da história e de como a mesma se encerrou, mais uma vez fiquei encantada com a escrita autora.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in