Destaques

novidades por e-mail

16 novembro 2018

CRÍTICA DE ESTREIA | ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD

CRÍTICA | ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD
Distribuidora: Warner Bros | Estreia: 15/11/2018 | Gênero: Aventura, Fantasia | Duração: 2h14

A estreia dessa semana é de um filme que eu tenho certeza, está sendo muito esperado pelos fãs da J.K. Rowling e Harry Porter. “Animais Fantásticos: os crimes de Grindelwald estreia ontem, 15 de novembro, nos cinemas. Após Gellert Grindelwald ser capturado e preso pela MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) e Newt Scamander, ele acaba fugindo em uma transferência para Londres e começa a reunir seguidores que acreditam nos puros sangues.

DICA DE FILME | ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD

Alguém viu alguma semelhança entre Grindelwald e Voldemort? A primeira coisa que anotei durante a exibição do filme foi essa semelhança entre os dois, mas ao contrário do grande vilão de Harry Potter, Grindelwald consegue seus seguidores através de um discurso que o faz ser a pessoa que apenas quer salvar o mundo mágico dos trouxas. Ou seja, as pessoas o acompanham por causa do medo de que o que ele diz realmente aconteça e que o nosso vilão seja a única pessoa capaz de ajudá-los a parar com aquilo. Uma jogada inteligente e que eu acredito que irá durar e crescer nas sequências que estão por vir.

A história se passa em três países diferentes, começa em Nova York, local em que Grindelwald está preso, vemos um pedaço de Londres, do ministério londrino e Hogwarts e depois mudamos para Paris, onde a maior parte da trama foi concentrada e conseguimos ver um mínimo do que é o Ministério de Magia do país. Na minha opinião, a produção dele ficou muito boa, apesar de ter uma coisinha ou outra que eu mudaria ou acrescentaria (afinal não dá para agradar 100% não é?). Posso começar elogiando os efeitos especiais do longa, que para mim, foram muito bons. Como vi em uma sala IMAX, isso pode ter ajudado para que eu tivesse uma percepção maior e melhor de toda produção (esse é um filme que indico muito uma sala 3D ou IMAX).

CRÍTICA DE ESTREIA | ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD

Uma coisa que percebi e gostei bastante, nesse segundo filme, foi a mudança de Tina Goldstein. Achei a personagem com um visual menos “certinho” e uma atitude mais decidida do que no primeiro longa. Posso até ter gostado da personagem, mas durante o longa tivemos alguns diálogos entre Newt e Tina que achei completamente desnecessários. Apesar de gostar de um bom romance, não senti que nessa segunda produção teria um clima para que isso ocorresse e as tentativas de colocar um indício disso, para mim, foram fracassadas.

Tentativas de indícios, agradeci imensamente por ele não ter tido um foco muito grande, e isso se deu por causa de um nome que apareceu rapidamente no primeiro filme e pudemos ver um pouco mais dele nessa continuação: Leta Lestrange. Quando escutei esse nome da primeira vez fiquei martelando na minha cabeça até me lembrar de onde ele me soava tão familiar, da vilã Bellatrix Lestrange. Essa ligação ainda não é explicada, mas conhecemos um pouco mais sobre essa personagem e sua história com Newt. Mas ainda assim, queria ter tido um pouco mais de informação sobre ela.

Não acompanhei as notícias e o processo de gravação de "Animais Fantásticos", por isso não sei dizer quais foram as propostas feitas pela J.K. para essa continuação. O que acompanhei em alguns posts e notícias sobre ele é a afirmação de que Alvo Dumbledore iria fazer uma aparição e realmente isso aconteceu, inclusive podemos ter um pequeno vislumbre da época em que o mesmo era estudante de Hogwarts. Outro personagem que temos um vislumbre pequeno da sua história é da temida (ao menos para mim, que sempre tive horror a ela) cobra Nagini.


O longa mal estreou e já ganhou um prêmio, o Golden Trailer Awards 2018 na categoria “Melhor Aventura de Fantasia”, será que vem mais por aí? Sobre o elenco, quero dizer que fiquei feliz em ver vários rostos que eu conhecia de algum outro trabalho: Jude Law (“Rei Arthur: a Lenda da Espada”), Johnny Depp (“Piratas do Caribe”), Ezra Miller (“Liga da Justiça”), Zoë Kravitz (“Big Little Lies”), Claudia Kim (“Torre Negra”), Dan Fogler (“Secrets and Lies”) e Eddie Redmayne (“A Garota Dinamarquesa”), são alguns desses nomes. A direção ficou por conta de David Yates, responsável por quatro dos oito filmes de Harry Potter, e o roteiro é da querida J. K. Rowling.

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Por esta estréia tão aguardada, ontem fui rever o primeiro filme. Pretendo ir na próxima semana ver este longa que sim,já tem dado o que falar. Andei lendo umas críticas muito negativas e o filme mal chegou nos cinemas.
    Mas eu sei que vou adorar rever os personagens(monstrinhos) e também essa "safra nova", como Jude e Johnny e Ezra!
    Verei e espero adorar, como adorei o primeiro!!!
    Beijo
    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1063466043052646400

    ResponderExcluir
  2. Ver como desenvolveram certos peraonagens e atuação dos atores/atrizes dos mesmos, o quanto a trama foi aprofundada, rever os monstrinhos, rever quem se tornou queridinho(a) ah... Como amo esse mundo mágico. Muitas teorias ficaram na minha cabeça e não via a hora dessa estreia acontecer pra poder sanar todas elas ou acrescentar mais algumas se for o caso, kk Expectativa "tá tendo" mas antes, irei assistir novamente o primeiro, uma tarefa que não será muito difícil né?! Hehe Já quero o terceiro filme, avante Brasil! Haha

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1063599206668148736?ref_src=twcamp%5Ecopy%7Ctwsrc%5Eandroid%7Ctwgr%5Ecopy%7Ctwcon%5E7090%7Ctwterm%5E3

    ResponderExcluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in