Destaques

novidades por e-mail

24 setembro 2018

{ #RESENHA } UMA MENTIRA PERFEITA - LISA SCOTTOLINE

DICA DE LIVRO: UMA MENTIRA PERFEITA - LISA SCOTTOLINE

Titulo: Uma Mentira Perfeita - A mentira perfeita é aquela que você conta a si mesmo | Autora: Lisa Scottoline | Ano: 2018 | Páginas: 400 | Editora: HarperCollins Brasil | Adicione Skoob  |  Onde comprar: AMAZON

Jean-Jacques Rousseau, filósofo do século XVIII, afirmou que difícil e muito raramente uma mentira seja completamente inocente. E a autora Lisa Scottoline não se fez de rogada nem na escolha do título, nem na sinopse, e muito menos na frase de capa que nos diz que “A mentira perfeita é aquela que você conta a si mesmo.” O que esperar de um livro com um tema desses? Garanto que muitas emoções rolam no decorrer dessa história.

Chris Brennan acaba de se mudar para Central Valley (Pensilvânia), e busca uma vaga como professor substituto (de Política Avançada e Justiça Criminal) e Treinador Assistente do time de beisebol na escola de ensino médio local. Seu currículo é impecável, possui boa aparência, bons modos, e demonstra ser uma pessoa muito agradável para se ter por perto. Só que tudo que sabemos sobre Chris é uma mentira.

Ele usa esse pseudônimo (seu nome não é realmente Chris), e seu currículo é simplesmente todo construído, falso. O motivo ele ter ido para Central Valley faz parte de um plano, que pelo que parece, é perfeito. Sua obrigação é estar de olho no time de beisebol, principalmente em três meninos cujo as vidas, bem como a de seus familiares, têm a ver com o time. Então vamos conhecer um pouco mais sobre essa história que de perfeita mesmo, foi a junção de suspense com drama em doses equivalentes.

“Mentir para nós mesmos está mais profundamente arraigado que mentir para os outros.”
~ Fiódor Dostoiévski

Confesso que não conhecia esse gênero no qual o livro de Scottoline se enquadra: o Thriller Emocional. Mas, me surpreendi em ler um que conseguiu prender minha atenção e atiçar minha curiosidade. Porém, aqui tenho mais uma confissão... O plot twist que veio no Segundo Passo me fez perceber o quanto a autora brincou com a minha cara e me fez de trouxa na primeira parte da história. Lisa é uma autora super-reconhecida e muito publicada, e não estava dando para acreditar que ela iria entregando o ouro sobre toda a história nos primeiros capítulos, onde quase, fiquei muito desanimada pensando que o enredo não era pra mim.

Ela nos conta que Chris na verdade é Curt Abbott, e que a grande maioria das histórias que ele contou durantes as entrevistas para o emprego e para seus novos colegas professores, são partes de uma grande e bem arquitetada mentira. Ele está agora na cidade e têm alguns dos adolescentes como alvo para algum plano que inicialmente ficamos muito na dúvida do que se trata. Não conseguimos entender quão psicopata ou terrorista Chris possa ser, e passamos a temer pela vida dos rapazes que ele acaba por enlaçar em uma rede de bons conselhos, festas em sua casa, aulas interativas, e seu rosto de bom moço.

É interessante a forma que a autora nos apresentou as personagens de seu 'Uma mentira perfeita', uma vez que tanto Chris, quanto os adolescentes nos quais ele demonstra um interesse exacerbado, sendo eles Raz, Jordan e Evan (como também suas famílias), têm suas histórias destrinchadas ao passar dos capítulos. Ficamos íntimos desses jovens e começamos a nos simpatizar com as dificuldades que os adolescentes convivem nessa fase de ensino médio onde precisam sempre estar com seus pensamentos além: em uma boa faculdade, nas condições de conseguir uma bolsa, em não perder seu prestígio no time de beisebol, por exemplo.

POST IT: UMA MENTIRA PERFEITA - LISA SCOTTOLINE

“Chris procurava uma oportunidade de solidificar seu relacionamento com Jordan e acabar com Raz.”

Raz perdeu seu pai recentemente, e parece ainda não ter vivenciado o luto por completo. Neil era um pai presente e que deixou Susan viúva e muito perdida na convivência com seus dois filhos. Jordan não tem pai, e sua mãe Heather se mata de trabalhar em uma lanchonete, nunca conseguindo acompanhar um jogo se quer do filho, e olha que agora ele está no time principal. Isso acaba com ela... Já Evan é um rapaz rico, sua família possui status, ele desfila com uma BMW nova que ganhou de seus pais Paul e Mindy, e tem muitas meninas a seus pés.

E é através da relação que o ‘treinador’ desenvolve com esses adolescentes que Uma Mentira Perfeita acontece. Uma história envolvente onde podemos nos deparar com diversos dilemas da natureza humana, como frustrações, decepções, amores proibidos, amores correspondidos, e algumas mortes, porque não tem como faltar cadáveres em um bom thriller. Contudo, Immanuel Kant, que é considerado como principal filósofo da era moderna, defendia que aquele que mente (seja por qual motivo for, e por mais que suas intenções sejam as melhores), tem que lidar com as consequências de sua mentira. Uma vez que Chris vive mentindo, e às vezes até mesmo acreditando em suas próprias mentiras, basta-nos acompanhar a cada página como essa história irá terminar, já que sabemos que mentiras corrompem e definham os relacionamentos. 

Ao virar das páginas iremos perceber que muitas mentiras permeiam a vida das personagens desse thriller. Chris não merece levar todo o crédito por tanta mentira e enganação nessa trama. Muitas outras personagens escondem segredos, contam mentiras, e se envolvem em uma rede de confusões por isso. Outra coisa que achei bem interessante foi que durante o livro, mesmo que saibamos a verdadeira identidade de Chris (o tal Curt Abbott), a autora continua o chamando por Chris, e ele mesmo pensa em si como Chris. Um tanto dessa personalidade parece ter tomado conta de Curt durante as semanas que viveu em Central Valley.

MELHORES FRASE DO LIVRO UMA MENTIRA PERFEITA - LISA SCOTTOLINE

“O exercício em sala de aula era insignificante perto do que os aguardava pela frente, e Chris não podia confiar em um garoto que desmoronasse quando as coisas ficassem difíceis. E letais.

Será que ele conseguirá se desvencilhar dessas pessoas e dessa personalidade? Esse livro merece uma continuação, pois nos apegamos demais aos personagens? Essas são algumas das questões que fiquei ansiosa até descobrir as respostas, ou não. E se você ficou interessado ou curioso, eu avaliei esse thriller com 4 estrelas em 5. Ou seja, foi uma excelente leitura e que não tenho medo de recomendar aos amigos.

Aprendi também que por ser um thriller emocional, temas mais dramáticos e que nos faz deparar com situações reais – como terrorismo, troca de nudes entre adolescentes, relacionamentos impróprios, fraudes, desequilíbrio psicológico, etc. – são os principais componentes que dão corpo à história, trazendo assim além de interesse pela leitura, momentos de reflexão sobre como vem acontecendo diversas dessas situações no nosso dia-a-dia, conosco, com nossos amigos, com nossa família, e com nossos filhos.

DICA DE LIVRO: UMA MENTIRA PERFEITA - LISA SCOTTOLINE

“Não se abra tanto para completos estranhos. Não conte suas coisas mais pessoais. Não poste todos os detalhes sobre sua vida particular. Você não faz ideia de quem está por aí, querendo ser seu predador, usando essas informações para a vantagem deles. Como eu.”

Sobre essa edição, a editora HarperCollins apostou na simplicidade. Uma edição de 400 páginas em brochura, onde na capa temos o título e a imagem de um corredor típico de escola americana, com armários em estilo escaninho – e que tem tudo a ver com o clima do enredo. No interior a editora propôs uma diagramação despretensiosa, com diagramação em fontes bastante confortáveis à leitura, e com folhas amareladas – o que a maioria dos leitores prefere. A história nos é contada pelo protagonista e a narração é feita em terceira pessoa.

A respeito da autora, Lisa Scottoline tem hoje 63 anos, é norte-americana nascida na Philadelphia, teve mais de 20 livros na lista dos best-sellers, e seus titulo já foram publicados e traduzidos para mais de 30 países. É advogada, escreve uma série de livros com sua filha, e continua morando em Philly a Cidade do Amor Fraternal.

Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. Muito interessante, também não conhecia o gênero "Thriller Emocional"... A premissa é muito boa, indo além de crimes e mistério instigando o leitor a se entregar totalmente para descobrir a verdade que se esconde por trás de tantas mentiras. É um livro que nos propõe muitas reflexões afinal, até a mentira tem mais do que apenas um lado. Já quero ser feita de trouxa, haha

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1044378249122508801

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!!!! É bem isso... Quantos lados podem ter uma mentira?
      Fui muito trouxa. hahahahaa Aproveita pra ser feita de trouxa você também.

      Excluir
  2. Oi Carol,
    Só de ler a sinopse já sei que é um livro para alimentar a mente do leitor com teorias. Suspenses nem sempre trazem algo novo, pois acabam ficando muito previsíveis, principalmente quando se lê vários livros com propostas semelhantes, mas senti que a autora buscou outros meios para inserir o leitor nessa trama, talvez até pelo fato do livro se encaixar em um gênero muito específico. A chegada de alguém novo na escola já desperta curiosidade, agora imagina se essa pessoa não é quem diz ser? Com jovens envolvidos já fico apreensiva sobre o rumo que a história irá tomar e sobre o verdadeiro interesse de Chris Brennan nos três rapazes e suas famílias.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/1044382270679912448

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gislaine, exatamente!! Esse negócio de thriller emocional mexeu bastante comigo. A autora cutucou vários temas, e alguns deixam a gente incomodados e outros preocupados. Nossa! Que livro...
      E a parte então que envolve os jovens, nossa! Imagina só... coração na boca.
      Beijocas

      Excluir
  3. Quando li a primeira resenha deste livro, já fiquei mega curiosa. Daí, com o passar do tempo, eu fui entendendo mais e hoje com essa resenha ímpar, cheguei no ponto central do enredo:
    Uma mentira tem mil lados, depende muito de quem conta, de quem ouve e de quem a vive.
    E isso é realmente errado em sua totalidade??
    Como não conhecia o termo usado para descrever o enredo do livro, adorei saber e claro, esse mexer não somente com a imaginação,mas também com nossos sentimentos é incrível e com toda certeza do mundo,espero poder conferir este livro o quanto antes!!!
    Beijo

    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1044558224865800193

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, isso que você falou sobre a mentira ter vários lados e se ela é sempre errada ou tem doses de algo certo, putz! Pega muito forte!!! Esse livro balança com esse lado da gente. Tomara que consiga ler essa história e goste tanto quanto eu gostei.
      Beijão e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Não conhecia o livro,e confesso que nem este gênero. Então fiquei encantada com esta trama ao meu ver bem envolvente e cheia de mentiras e fatos.Já adicionei o livro aos desejados, pois fiquei com aquela vontade de saber o que a história esconde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michelli, ah... essa foi uma leitura muito gostosa de fazer. Foi rápida, e não dava vontade de parar antes de descobrir mais um segredo. Que bom que adicionou aos desejados. Não perca a oportunidade de lê-lo e passar uns bons momentos com essa gente cheia dos segredos. Beijão e volte sempre!

      Excluir
  5. Uau! Não conheço a autora e não conhecia o livro mas quero conhecer essa história. Me parece daquelas histórias que você pega e não quer mais largar. Adoro thrillers e esse parece ter tudo pra dar certo! Vou adicionar na minha wishlist. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem gostoso, Van. É aquela leitura despretensiosa...
      Embora tenha muitos mistérios e segredos, é leve. Acho que porque tem muito adolescentes, e clima de escola. Mas, os segredos são pesados e o fim é envolto em muita tensão. Lê sim!!!

      Excluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in