Destaques

novidades por e-mail

24 agosto 2018

{ #RESENHA } ELE: QUANDO JAMIE CONHECEU WES - ELLE KENNEDY E SARINA BOWEN ( HIM #1 )

Titulo: Ele Quando Ryan conheceu James | Série: Him # 1 | Autoras: Sarina Bowen e Elle Kennedy | Ano: 2018 | Páginas: 256 | Editora: Paralela | Gênero: LGBT, GLS, Romance  |  Adicione a sua lista do Skoob | Onde comprar: Amazon 

“Nossas bocas se encaixam tão perfeitamente. Toda vez que nos beijamos, eu me apaixono ainda mais por ele, e isso não tem nada a ver com sexo ou luxúria. É ele . Sua proximidade e seu perfume e a maneira como ele me acalma. ” 

Oiee! Antes de começar a ler minha resenha, chega aqui que eu tenho alguns recadinhos. Primeiro, o livro de hoje é um romance gay, quer dizer que tem um relacionamento afetivo entre dois rapazes, então se não você não é chegado a esse gênero literário esteja avisado para não deixar nenhum comentário preconceituoso no post (dispensamos!!). 

Segundo, é um romance erótico e com muitas cenas do envolvimento romântico e sexual deles, então não aconselhado para menores de 18 anos. Se você então ainda não atingiu essa idade, pode até ler essa resenha, mas não orientamos que leia o livro, pois existem tantos outros legais com a mesma temática aqui no blog, que são adequados à sua faixa etária e que valem muito a pena! Terceiro, e por último, coloque de lado seu nariz virado e dê uma chance à história dos meninos, você vai se surpreender.


“Ele”, da autora Elle Kennedy em parceria com a autora Sarina Bowen é o primeiro livro de uma duologia  foi um dos melhores livros que eu li esse ano até agora. Eu terminei de ler a série "Amores Improváveis" da autora e já fui atrás para descobrir se ela tinha outras séries ou livros únicos, foi quando descobri que a Elle tinha escrito um livro em parceria com outra autora e que a história ainda se passava naquele mesmo mundo da série anterior, que tinha como fundo uma universidade e era um romance gay. A curiosidade falou mais alto e cá estou eu para contar o que achei.

+ { #RESENHA } O MAU EXEMPLO DE CAMERON POST - EMILY M. DANFORTH

A história conta como Ryan Wesley e Jamie Canning, dois melhores amigos de anos, passaram a ser estranhos um para o outro por causa de algo que aconteceu há quatro anos atrás no acampamento de hóquei que todos os anos eles frequentavam juntos. Durante seis semanas, o acampamento era o único contato cara a cara dos dois e, no resto do ano, eles trocavam cartas e falavam pelo telefone, porém essa última noite antes de cada um partir para sua universidade de escolha, Wes propõem uma aposta ao Jamie que teve um resultado horrível na amizade deles.  É a partir daqui que vamos acompanhar o que realmente aconteceu com esses amigos.


Enquanto Jamie está confuso e sem entender porque seu melhor amigo cortou totalmente o contato com ele ao invés de conversar sobre o mal entendido, Wes não consegue encarar o amigo e, com sua consciência e coração pesados, tem a certeza de ter estragado tudo entre eles e preferiu fugir e seguir frente. Entretanto a vida tem um jeito interessante de ligar as pessoas e agora eles não só terão uma chance de reatar amizade parada pelo últimos 4 anos, como lidar com fato bem importantes na vida deles. O problema de James será lidar com um novo sentimento pelo melhor amigo, e Wes será lidar com o fato de ser apaixonado pelo seu melhor amigo hétero.

+ { #RESENHA } MINHA VERSÃO DE VOCÊ - CHRISTINA LAUREN

Sabe o que eu mais gostei em "Ele"? É o fato dele ser narrado em primeira pessoa, variando entre cada um dos personagens de acordo com os capítulos, e de principalmente não ter um triângulo amoroso. A história é tão leve e engraçada que é praticamente impossível não se apaixonar pelos meninos. O jeito que autoras compuseram a personalidade deles e descreveram toda a história me conquistou desde as primeiras páginas.

“Você está dizendo que não me quer?” Inferno. "Não, eu estou dizendo que isso é uma má ideia." "Você é o rei das más idéias", ele me lembra. "Pelo menos este termina com ambos nos sentindo bem." 

Nunca me dei muito bem com livros que tinham dois escritores ao mesmo tempo, ou eu não gostava em nada da história, ou eu só gostava de um personagem, mas em "Ele" eu me apaixonei pelo dois! As duas vozes se combinaram tanto quanto a personalidade deles, tudo é tão leve entre os dois e mesmo os maus entendidos não se arrastam para sempre e isso é um ótimo ponto no meu ver, pois faz com que a história não foque somente nos problemas.  Os conflitos existente na história dão  uma ideia de vida real, sabe? Não aquelas coisas mirabolantes que você para e pensar "nossa cara, isso nunca aconteceria com ninguém fora desse enredo doido", e as angústias e desafios deles fazem sentido fora das páginas também.

+ { #RESENHA } FERA - BRIE SPANGLER

Eu estou terminando essa resenha com a impressão que eu ainda não falei nem metade do que deveria para fazer jus ao livro, mas acredito que só vocês lendo para descobrirem o quanto ele é legal e bom e que seus pontos fortes são sua forma leve de tratar temas complicados, como o fato de ser apaixonar por seu melhor amigo; ou de ser descobrir bissexual depois de mais velho e não na adolescência como de costume; ou as pessoas quererem que você seja o porta-voz de uma causa que você ainda não está pronto ou não tem maturidade para lutar por ela... Sério, eu entendo os meninos. É complicado que, só por ser de uma forma, você tem que lutar aquela batalha que custa tanto, por algo que nasceu assim.

"Meu pau e eu chegamos a um entendimento." E o que é isso?” Pergunto curiosamente. Ele encolhe os ombros. “Nós dois gostamos de você.”

No caso dos meninos o fato de serem gays, no meu caso o fato de ser mulher negra, eu só quero viver minha vida e ser respeitada por quem sou e não por minha cor, mas me vejo em um batalha diária com a ignorância de algumas pessoas, e acabo sendo obrigada a me manifestar em situações que eu queria só ir lá e curtir o momento. A mesma coisa você vai ver nesse livro, os meninos só querem se curtir e viver a vida em paz, mas a ignorância alheia vai obrigá-los a uma situação que talvez eles não estejam prontos para enfrentar, mas mesmo assim terão que levantar a cabeça e lutar por eles e por outros meninos que precisam deles.

Comentários via Facebook

7 comentários:

  1. Oi Leh,
    Já li histórias com personagens homossexuais, mas nenhuma nesse estilo. Quando fiquei sabendo do lançamento desse livro ao mesmo tempo em que fiquei curiosa com a história me bateu certa apreensão de como ela seria contada. A relação de Jamie e Wes tem todas as complicações que este tipo de envolvimento pode ter. Existe aquele medo de se assumir, a confusão sobre quem é e, principalmente, a possibilidade de sentimentos não correspondidos. Gostei de como as autoras retrataram os personagens e concordo com você sobre ter duas autoras escrevendo juntas, nem sempre funciona, mas para essa história a parceria parece ter dado muito certo.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/1033096269546307585

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Gi.

      Deu muito certo gatinha, as autoras conseguiram segurar a mão nos personagens e fazer eles casarem bem, sobre o livro não precisa ficar apreensiva vale a pena é um romance bem gosto de ler.

      Excluir
  2. Ainda não tive contato com nenhum livro que tivesse essa temática mas, curiosidade não falta. Concordo com você quando tem mais autores envolvidos em um mesmo livro, dá um certo receio de não funcionar mas, neste aparenta ter dado super certo. As autoras parecem prender a nossa atenção desde a primeira página, os personagens são cativantes daqueles que te marcam... Lembrando que existe o medo de se assumir, de não ser aceito, da confusão para se descobrir e até mesmo de se aceitar e claro, ninguém escapa do "não ser correspondido", será bem interessante acompanhar a história deles, ver o lado de cada um. Por conter muitas cenas eróticas, normalmente minha pessoa não encararia mas, esse livro é diferente, acho que me surpreenderia.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1033124344032100352

    ResponderExcluir
  3. Que resenha mais linda!!! Puxa...
    Tenho lido muita coisa positiva sobre este livro, tanto que ele está na lista de desejados faz um bom tempo e pretendo ler o quanto antes!
    Trazer não só o tema homossexualidade,mas também, amizade, cumplicidade, dúvidas e colocar tudo isso em um enredo leve e sereno é algo impressionante!
    Amor, somente amor...não só na parte do que precisa ser, mas no que é, de fato.
    Não tenho problemas em ler livros onde duas pessoas o desenham, acho até gostoso isso, ainda mais quando há este casamento perfeito.
    Com certeza, lerei!!!
    Beijo

    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1033312114251837440

    ResponderExcluir
  4. Que resenha mais sensível, gostei muito do teu comentário inicial e "recomendações", acredito q esse tom erotico é mais impactante por n ser comum e antes de criticar melhor não ler mesmo. Quero ler esse livro e embora seja um tema pouco explorado, cada vez gosto de ler esse genero, por ter uma linguagem impactante e delicada, carinhosa e picante, tudo numa história, torna a leitura ativa. Nunca li nenhum livro com dois autores, e fiquei curiosa com essa ideia pra ver se se diferencia um do outro. Outra coisa que achei legal é intercalada entre os dois, acredito que isso nós faz mesmo se apegar a eles, tendo uma visão mais proxima de seus sentimentos e conflitos. Só por ler.

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Adorei a resenha!

    Gostei bastante por ser um romance gay, e mais ainda por ser um romance gay hot. É o primeiro que ouvi falar.
    Conheço a autora, mas nunca li nada dela. Vejo que a produção de romances gays, lésbicos... andam aumentado, acho isso importantíssimo, pois, representatividade importa sim!
    Em uma época em que corpos gays, femininos e negros ainda são demonizados em uma sociedade machista e preconceituosa, livros assim fazem a diferença. Obrigada pela indicação!


    Compartilhamento: https://twitter.com/SamyACS/status/1033885365252304897

    ResponderExcluir
  6. Leh!
    Até que enfim alguém ouso trazer trechos de sexo explícito entre homens.
    Já estava interessada por causa do romance de amigos de infância e sabre que os trechos hots são explícitos, me deixou com mais vontade de ler ainda.
    cheirinhos
    Rudy

    https://www.facebook.com/rudynalva.soares/posts/2331241260236021?__xts__[0]=68.ARCtGVlo8hwa0HoB38ozogVmJAupXdVMroHZaktZEmgioIcJPeiwDQUZjyGTIRaqo8QFGCiDrjIYxxPAZZ9vSmwTD_l-oWRVCBaLPx2JCwqBAxO0F5E2c9y5V06bijBypHBfG6c&__tn__=-R

    ResponderExcluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in