Destaques

novidades por e-mail

10 agosto 2018

5 MOTIVOS PARA LER O MESTRE DO TERROR 'STEPHEN KING

5 MOTIVOS PARA LER O MESTRE DO TERROR 'STEPHEN KING

Stephen King sempre é um autor notório nos meios literários e cinematográficos. Ele é uma das maiores referências, se não a maior, para o horror/terror do século XX e início do século XXI. Hoje em dia ele está cada vez mais popular, e praticamente todo leitor se não leu, tem vontade de ler alguma obra para conhecê-lo. Elenquei 5 motivos para que você leia o autor, e são eles:

Imagem relacionada

5. SEUS LIVROS SÃO ASSUSTADORES 

Ah, sério?! Muito óbvio? Mas, calma... O estilo pelo qual nosso querido autor é conhecido não corresponde ao terror que associamos aos filmes que nos dão ‘aquele medo’ e com aquelas cenas com jump scare. O horror delineado pelo mestre no assunto é construído aos poucos.

Ele pode estar escondido em um cemitério indígena, em um cachorro são bernardo, até mes-mo em um lindo Plymouth Fury (isso, Christine é um carro e bota muito medo!), ou em um palhaço, minha gente. Não esquecendo o lado mais sombrio de King e o que mais me pertur-ba: seres humanos relatados como eles podem realmente ser.

Sem amarras, sem máscaras. Somente o reflexo da maldade que se pode conter no coração humano. Se jogue! Nos livros escritos por King, mesmo naqueles que temos a presença do fantástico e do sobrenatural, você sempre conseguirá tirar uma lição para a vida.

Resultado de imagem para A ESPERA DE UM MILAGRE,GIF

4. ASSUME POSIÇÕES SOBRE QUESTÕES SOCIAIS 

Você pensa que assumir posições sobre questões sociais é algo simples e fácil para um dos autores mais famosos, traduzido e adaptado, e já um senhor com 70 anos de vida e muito bem estabelecido? Claro! Ele tem essa liberdade.

Mas, o jovem King que buscava onde firmar os pés e que sonhava em ser reconhecido por seu talento... ele já vinha deixando registrado em suas histórias esses posicionamentos. It foi publicado em 1986 e nas primeiras páginas encon-tramos uma dura descrição de um crime contra dois rapazes homossexuais.

Ok que quem fina-liza o trabalho é a famosa entidade conhecida como Pennywise, mas os problemas começaram porque jovens marrentos resolveram dar uma lição no rapaz gay. King também escreve sobre posicionamentos políticos, sobre fanáticos religiosos, sobre abuso sexual, e maltrato as mulhe-res. Ele nunca teve medo de mexer em assuntos que nos incomodam lá no íntimo! Ele foi e sempre será à frente do seu próprio tempo.

Resultado de imagem para TORRE NEGRA.GIF

3. SUAS OBRAS PERTENCEM A UM UNIVERSO KING 

As obras do King fazem parte de um Universo Compartilhado, elas estão interconectadas. E mesmo não seguindo (shame on me), eu defendo que a melhor forma de ler King é de maneira cronológica. Porque isso te levará a sentir melhor os significados de toda sua literatura, como ainda lhe brindará com uma chuva de referências e até cross-overs.

Querem exemplos que não estragam nada sua experiência literária? O cozinheiro de O Iluminado tem uma importante passagem em It, A Coisa. Também em It, Bev cita um programa de TV que fala sobre um assas-sino em série – o que também ficamos sabendo logo na primeira página de Cujo (o nome des-se assassino) – porém, essa história é contada de fato somente no livro A Zona Morta.

A prisão ficcional de Shawshank (palco principal no primeiro conto do livro Quatro Estações) é citada em diversas outras histórias e livros do autor. O Plymouth Fury 1958, vermelho cereja, e mais conhecido como Christine, também dá o ar da graça em It... e ouso dizer que em Novembro de 63 também!

E já que falamos no maravilhoso Novembro de 63, nosso protagonista visita uma cidade conhecida dos fãs de King e se encontra com 2 personagens que nós todos amamos... Obs: Joe Hill (filho do meio do King e também escritor), foi convidado para essa brincadeira e pai e filho se referenciam em algumas obras (ME PERGUNTE ONDE! hahahaa). Parei por aqui, porque eu poderia continuar "ao infinito... e além"!

Resultado de imagem para it a coisa.GIF

2. KING ESTÁ COMPLETAMENTE INSERIDO NA CULTURA POP 

Pode parecer repetitivo... Mas você já ouviu falar de It, e do palhaço Pennywise. Quem não? No ano de 2017 estreou uma segunda adaptação desta obra do autor. Esse filme simplesmen-te quebrou vários recordes, incluindo o de bilheteria para um filme do gênero terror.

Pesquisas indicaram que pós estreia, o livro teve um aumento de 290% nas vendas em comparação às vendas do ano anterior (dados fornecidos pela editora Suma, responsável pelos direitos de King no Brasil). A editora também tem se superado em publicar os livros novos quase que si-multaneamente aos lançamentos nos Estados Unidos.

Tudo isso devido aos incansáveis e faná-ticos fãs do mestre do horror – a voz do povo é a voz de Deus, dizem. Notícias de adaptações e remakes das obras do King pipocam semanalmente nos blogs e sites especializados. O cara tem até uma banda, chamada Rock Bottom Remainders, onde toca guitarra e divide o palco com outros amigos e autores. Ou seja, King é sempre muito bem falado e comentado. Até cri-ticado, mas está sempre na boca da galera.

5 MOTIVOS PARA LER O MESTRE DO TERROR 'STEPHEN KING

1. É SIMPLESMENTE UM DOS MAIORES ESCRITORES DA ATUALIDADE (E JÁ FAZ TEMPO) 

King tem mais de 400 publicações – entre contos, romances, antologias, poemas, etc... Mais de 40 obras do autor foram adaptadas às telas ou ao teatro. Em seu currículo contam filmes de sucesso onde atores e diretores brilharam, marcaram suas carreiras e até tem gente que ga-nhou o tão sonhado prêmio do cinema, a cobiçada estatueta do Oscar.

Sem mencionar outros tantos filmes adaptados que foram indicados à premiação, e/ou ganharam outros famosos prêmios. King não para de escrever: em 2018 saiu do forno uma antologia com diversos auto-res sobre medo de voar; Outsider – que é um romance policial com um pé no sobrenatural; e Elevation – uma novela curta que passa em Castle Rock e chega às livrarias americanas em outubro.

Temos motivos de sobra para conhecer a obra desse cara que foi premiado diversas vezes por sua representatividade na literatura americana e mundial, incluindo o Bram Stoker Awards: premiação concedida pela Horror Writers Association por "realização superior" em terror.

Comentários via Facebook

14 comentários:

  1. Certamente teus 5 motivos só contribuem para outros mil motivos para ler King, que por sinal esse sobrenome vem bem a calhar ahahahaha. Enfim, eu conhecia mais os filmes adaptados a suas historias do que os livros em sim, até por eu ser nova na leitura e "velha" de idade. Minha primeira experiencia foi o assustador Carrie, aquele primeiro... nossa que medo, quando fui ler revivi todas as cenas que tinham me marcado, agora quero um a um, dos filmes que assisti ler a versão Dele de todas aquelas historias. Mas agora preciso ser sincera, achei a escrita dele um pouco dificil no sentido de que, uma cabeça genial como tantas idéias, assimilar tudo no papel, faz com que eu me perca... por ex no livro da Carrie, é muita mudança de pensamento, de tempo e de personagens. Mas com certeza é falta de amadurecimento intelectual meu, e após pegar o jeito dele, tenho certeza que serão ótimas experiencias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana. Realmente King tem um estilo de escrita que a gente precisa ir se acostumando, se não fica perdido. Mas, como você começou por Carrie, o primeirão dele, também acho que ele ainda estava amadurecendo como escritor. Apenas dando os primeiros passos. E embora eu tenha muito carinho por essa obra, ele não é dos melhores trabalhos do mestre. Fico feliz que tenha gostado desses ínfimos 5 motivos que listei. Grande abraço.

      Excluir
  2. Todos os motivos citados estão certíssimos e só me fazem pensar em mais para acrescentar, haha Eu sou fã (Não tanto quanto você... Estou no caminho das aquisições, hehe) e não há como contrariar um sobrenome desses, #KingIsKing apenas! Seus personagens são complexos, emblemáticos... ele consegue entrar tão fundo na mente deles que a história se torna um real surreal. Manda bem no Rock que até a banda Ramones virou fã, escrevendo uma música inspirada em uma de suas obras. E sobre o seu universo interligado como eu já disse antes, viva os easter eggs e os crossover <3 #VidaLongaAoRei

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1027994099771686919?ref_src=twcamp%5Ecopy%7Ctwsrc%5Eandroid%7Ctwgr%5Ecopy%7Ctwcon%5E7090%7Ctwterm%5E3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, xará! Você entende da coisa... E ser Rei é para poucos. King o faz com maestria. Vida longa ao King.

      Excluir
  3. Oi Carol,
    Tive uma´Ãºnica experiência com um livro do King (e olha que acredito que não tenha sido um dos melhores), mas j foi suficiente para me deixar curiosa sobre outras obras suas. O autor é referência em muitos meios e nunca sai de moda, pois as adaptações de seus livros permitem as novas gerações terem a oportunidade de conhecerem suas histórias. E falando nas histórias, King soube aproveitar cada um de seus livros e os crossovers tão bem mencionados pelos fãs são a prova disso. Eu não precisava de mais nenhum motivo para querer conhecer mais do Universo King, mas, com certeza, os 5 motivos apresentados nesse post aguçaram mais minha curiosidade.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/1028015278196711424

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei curiosa com essa única experiência. Depois conta pra gente!!! hehehee
      Realmente, na atualidade, não precisamos de qualquer motivo para ler King simplesmente pelo fato de que suas obras (algumas em qualidade, e com certeza pela quantidade) falam por si. Obrigada pelo carinho. Beijão

      Excluir
  4. Carol!
    Como boa fã do mestre do terror, nem precisava ler seus motivos para acompanhar as leituras dos livros dele.
    Ainda assim, achei importante ressaltar os pontos como fez, porque muitos leitores acham apenas que é terror/horror e não percebem as nuances das ações globalizaadas que ele insere nos livros.
    Entendo quanto a croologia da leitura, porém como são apenas citações, eles podem ser lidos tranquilamente sem uma ordem cronológica.
    Bom final de semana!
    “.A vida merece algo além do aumento da sua velocidade.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    https://www.facebook.com/rudynalva.soares/posts/2301219019904912

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho importante ressaltar essa parte em que King não faz só horror e terror. Mas constrói personalidades fantásticas!
      Esse ano tirei pra reler A Torre Negra, intercalando com os livros que são citados, ou são referência, ou tenha qualquer tipo de relação com esse universo. TEM SIDO MÁGICO!!!!
      Obrigada pelo carinho, beijo.

      Excluir
  5. Como se precisassem de cinco motivos para ler o Mestre King!rs
    Eu sou fã incondicional do autor e faço questão de sempre ler alguma obra dele. Difícil é escolher qual o melhor livro, pois tudo que o Mestre faz, acaba sendo bom demais.
    Outra surpresa boa foi a escrita dele com os filhos, herança que só trouxe coisas boas também!!!
    Muito bom o post, para quem ainda tem o pé atrás com obras que mexem com o imaginário, como as que King sempre nos apresenta!!!
    Beijo

    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1028244952684355584

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, além de King ser o cara, ainda nos deu Joe e Owen. hahahaa Esse legado não pode ter fim! Amamos. Grande beijo.

      Excluir
  6. Eu adoro as interconexões! É sempre feito de forma genial . Nosso mslvifo favorito Flagg dá o ar da graça em carios livros. E Novembro de 63 é muito amor! Xodozinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novembro é sempre será nosso amor!!!! Xodó supremo.
      E Flagg é nosso vilão que amamos odiar.

      Excluir
  7. Oi!

    Então, tenho vários livros do King na minha lista de desejados. Tem um tempinho que comprei "It, A Coisa" mas ainda não li.

    Outro que estou louca para ler é "Jogo Perigoso". O que fico besta, e que conhecia pelos filmes algumas obras do autor, mas não tinha ideia que eram dele.
    Ah! Estou esperando chegar "O Iluminado".
    Gosto muito de livros de terror, mas acho show essa versatilidade que o autor tem.


    Compartilhamento: https://twitter.com/SamyACS/status/1029406065698500608?s=19

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Samanta
      Muita gente acaba tendo esse primeiro contato com King ao assistir filmes baseados em suas obras, e nem se dá conta disso.
      Boas leituras!

      Excluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in