Destaques

novidades por e-mail

23 julho 2018

{ #RESENHA } O SEGREDO DE HELENA - LUCINDA RILEY

Título: O Segredo de Helena | Lucinda Riley | Ano: 2018 | Páginas: 464 | Editora: Arqueiro | Gênero: Romance, Ficção | Adicione a sua lista do Skoob  | Onde Comprar: Amazon 

“Desceu do carro, parou e aspirou o cheiro potente de azeitonas, uvas e terra do qual ela se lembrava vagamente - a um mundo de distância das rodovias asfaltadas e das palmeiras de neon. O olfato era mesmo o mais poderoso dos sentidos, pensou. Evocava um momento específico, uma atmosfera, com minuciosa precisão.”

Pandora guarda muitos segredos, Helena pelo menos nunca esqueceu quando visitou a casa de seu padrinho no Chipre em um verão há mais de duas décadas atrás, quando tinha apenas quinze anos. Após herdar a casa, ela resolve voltar com seu marido, seus filhos e alguns amigos para passar mais um verão em Pandora. Porém, Helena sabe que voltar até lá novamente pode trazer a tona segredos que ela guarda a sete chaves. Pessoas que ela não imaginou ver reaparecem e, passado e presente de Helena acabam se chocando, fazendo com que a vida dela e de sua família mude para sempre. O livro resenhado hoje é “O Segredo de Helena” escrito por Lucinda Riley, lançado pela editora Arqueiro.


A primeira coisa que preciso falar é que as pessoas que moram comigo ficaram esperando para saber qual era o tal segredo da Helena, tudo isso porque toda hora que me viam eu estava lendo e acabei terminando o livro em dois dias. Sou curiosa e se começam a cutucar minha curiosidade já era. Nunca tinha lido nada da autora, então não posso opinar se esse foi o melhor livro que ela escreveu, mas já sei que ela é bem avaliada por muitas pessoas, e pelo menos, para mim “O Segredo de Helena” entrou na lista de favoritos. O livro não só atiça sua curiosidade, fala de amor, segredos, redenção e principalmente família.

Achei a proposta como ela escreveu bem intrigante e instigante, não é Helena quem começa o livro e sim seu filho Alex, e isso já me deixou com a pulga atrás da orelha pensando, “onde está a Helena?”. Quando Alex pega seu diário que fez durante aquele verão com a família, vamos descobrindo o que aconteceu. A ordem acaba sendo, diário de Alex e depois o que aconteceu no dia em que ele escreveu a página, mesclado às vezes com o Alex adulto lendo seu diário. E cada capítulo foi cutucando a minha curiosidade para saber o que tinha acontecido com Helena e qual era seu segredo, até porque, todas as minhas teorias foram caindo por terra enquanto a história avançava.


Quando estava terminando o livro e finalmente descobri o segredo, vem outra incógnita, o que aconteceu com a Helena depois que tudo foi revelado e onde ela está agora que Alex já é adulto? O que aconteceu com as outras pessoas? O legal é que Lucinda me prendeu até a última página, pela a minha curiosidade e ansiedade de saber logo o que estava acontecendo, e foi literalmente na última página que todas as coisas foram resolvidas e soubemos o que realmente se passou na vida deles. Enfim, foi uma delícia ler ele do inicio ao fim, e agora quero muito ver outras coisas que sejam escritas pela autora.


Agora vamos falar dessa capa? Que coisa linda e delicada foi essa Arqueiro? O livro não é só um amorzinho pela história instigante, mas também por essa capa linda dele mostrando a porta e a varanda de uma casa, com flores descendo pelas paredes. Fui pesquisando um pouco sobre o livro, e acabei descobrindo que o título original é “The Olive Tree” o que combina com a história, mas acho que “O Segredo de Helena” ficou bem melhor (alguns outros países também publicaram o livro com esse nome). Lucinda Riley nasceu na Irlanda, e já trabalhou como atriz. Seu primeiro livro foi escrito aos 24 anos e suas obras já foram traduzidas para mais de 30 idiomas e venderam mais de 12 milhões de exemplares em todo o mundo. Lucinda está na lista de autores mais vendidos do The Sunday Times e The New York Times.

“Então, reflito, o que aprendi nestas férias? Que existem todos os tipos de amor, e que ele vem em toda sorte de moldes e formas. Pode ser conquistado, mas não comprado. Pode ser dado, mas jamais vendido. E, quando está presente de verdade, ele gruda para valer. Esse tal de amor.”


Comentários via Facebook

9 comentários:

  1. Olá, vejo que o estilo de escrita de Riley se assemelha ao trabalho de Liane Moriarty, o que já me deixou muito curioso para conhecer a obra. É impossível não ficar curioso sobre o que de fato acontece com Helena, e isso permite uma leitura dinâmica e extremamente agradável, sem contar que o final parece ser bastante satisfatório também. Beijos.

    https://twitter.com/ultronlizando/status/1021507670765957120

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,
    Vejo tantos elogios a autora, uma pena que não tive oportunidade - ainda - de ler algum de seus livros. A capa é mesmo um amorzinho, e pelas resenhas que acompanhei, o enredo montado por ela também...
    Assim como você, eu sou muito curiosa, então é claro que já fico imaginando qual esse segredo, e porque o livro começa com seus filho narrando, mais curiosa ainda em saber que a Lucinda manteve isso até o final.
    Amo as edições da Arqueiro, e, assim com outros dela, esse livro é um dos meus desejados, tenho certeza de que também vou me encanta.
    Beijos

    (Compartilhamento: https://twitter.com/Pantielly/status/1021522468060766209)

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana,
    Nunca li nenhum livro da Lucinda Riley, mas sempre vejo boas recomendações de suas histórias. Romances onde segredos do passado e dramas familiares se entrelaçam criando um enredo bem intrigante parecem ser o ponto forte da autora. Trazer a história da Helena do ponto de vista de outro personagem é quase uma boa oportunidade de transformar o leitor em narrador. Pelo visto o segredo não é a única questão desse livro, pois mesmo após sua revelação ainda a mais a se questionar e compreender. Já li algumas resenhas de outros livros da autora, mas devo admitir que O Segredo de Helena foi o que mais me chamou atenção e concordo com você sobre a capa, pois a Arqueiro fez mesmo um belo trabalho.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/1021546373395742720

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da autora mas, vejo e ouço boas coisas a respeito de seus livros. Gostei da resenha, saber da história de Helena por outra pessoa é bem interessante. Instigar o leitor é o ponto forte dela, segredos sempre estão presentes, tornando assim a leitura mais envolvente. Concordo com você quanto a capa, a Arqueiro fez um ótimo trabalho. Me pergunto que segredos são estes pois, mal descobriu um e já surgiu outro, hehe

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/1021573849928921088

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonada pelos livros da Lucinda e a autora está na minha lista de autores preferidos no mundo todo!
    Essa "mania" dela de intercalar passado e presente e maravilhosa e só ela consegue escrever assim e não confundir o leitor em nenhum momento.
    E sim, outro ponto da autora,jogar o leitor no enredo, e nos fazer pensar, entrar realmente na história, investigar, torcer, esbravejar.
    Ainda não pude ler este último livro da autora, mas ele está na minha lista de desejados e espero ler o quanto antes e descobrir o tal segredo de Helena!rs
    Beijo
    https://twitter.com/AngelaGabriel1/status/1021713727626858496

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana,
    Infelizmente não tive uma oportunidade de ler alguma obra dessa autora, mas sempre fico interessada nas capas de seus livros. Esse é um dos títulos mais diferentes da autora, pelo que pude perceber, e o que eu mais curti nessa trama foi o aspecto familiar a ser desenvolvido, além das várias vozes trabalhando em conjunto para contar a história e enriquecer ainda mais o enredo. Me incomoda um pouco a previsibilidade da trama, mas acho que outros aspectos se sobressaem ao longo da narrativa e esse acaba sendo um ponto ultrapassado pela beleza e sensibilidade do enredo em si.

    ResponderExcluir
  7. Ana!
    Sou fã incondicional da Lucinda.
    Os livros dela geralmente trazem duas histórias em uma e pelo que pude ver nesse, que ainda não li, tem um grande segredo do passado que traz um certo ar de mistério.
    Adorei!
    Desejo uma semana plena de luz e paz!
    “O homem está sempre disposto a negar tudo aquilo que não compreende.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    Compartilhamento: https://twitter.com/rudynalvasoares/status/1021908489902465024

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana!

    Tudo na paz?!

    Bom, eu njnnu li nada da Lucinda Riley, mas tenho muita vontade. Por sinal, adquiri um livro dela no começo do ano, mas ainda não li.
    Vale ressaltar: acho as edições dos livro dela lindíssimas!

    Sobre o livro em questão, achei legal isso do filho da Helena começar contando a história, o título em si ja chama atenção, o livro iniciar dessa forma so aumenta o mistério, me fez lembrar do livro "Onde está Teresa?". Toda hora alguém me perguntava se eu já sabia onde ela estava.

    Pode ter certeza que esse e outros da Lucinda vão para a minha lista. Agora é so começar a ler.

    Beijos!

    Compartilhamento: https://twitter.com/SamyACS/status/1023714918850281472?s=19

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada da autora mas sei que são só elogios a ela e a essa historia linda e delicada que comentou, me pareceu um livro que após tu ler fica com o coração cheio de amor, mesmo havendo suspense e esse ser o tema principal, há outros fatores que fazem o leitor se apegar aos personagens e fatos. Ambos estão na lista de desejados (autora e essa obra)

    ResponderExcluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in