Destaques

NOVIDADES POR E-MAIL:

02 fevereiro 2018

{ #RESENHA } TODAS AS GAROTAS DESAPARECIDAS - MEGAN MIRANDA


 Autora:  Megan Miranda | Ano: 2017 | Páginas: 293 | Editora: Verus Editora | Gênero: Suspense, Thriller Psicológico | Adicione ao SKOOB | Onde comprar : AMAZON 

“Não há nada mais perigoso, nada mais poderoso, nada mais necessário e essencial para a sobrevivência do que as mentiras que contamos a nós mesmos.”

Seguindo minha sequência interminável (e adorável) de suspenses/thriller psicológicos, essa semana vou falar sobre o livro "Todas as Garotas Desaparecidas", primeiro voltado para o público adulto da autora Megan Miranda, publicado aqui no Brasil no final do ano passado pela Verus Editora. Com uma proposta bem interessante, mas bastante utilizada anteriormente,  livro aborda a volta pra casa da personagem principal desencadeando o despertar de segredos ocultos do passado envolvendo o desaparecimento de sua melhor amiga. Apresentando uma narrativa em ordem cronológica inversa (isso é moda agora?!), peças são inseridas e informações acrescentadas, porém preciso dizer que talvez esta não tenha sido a melhor escolha para esta história.

Conhecemos Nicolette Farrell, ou simplesmente Nic, que agora adulta vive no estado da Filadélfia em um bom emprego e noiva do responsável advogado Everett. Evitando sua cidade natal e seu passado, ela acaba sendo colocada em uma complicada situação ao receber uma ligação de seu irmão pedindo que ela volte para ajudá-lo a vender a casa de seu pai. O pai, Patrick Farrell, está internado em uma clínica de reabilitação devido ao avanço do Alzheimer e o alto custo de seu tratamento exige que eles façam a venda da casa com urgência. Ela então, a contragosto, decide voltar durante as férias de verão para resolver o problema e rapidamente poder retornar para sua vida normal à distância.

MISTÉRIO

Mas a dificuldade de Nic em voltar para Cooley Ridge não se dá apenas pela vontade de sair da cidadezinha do interior. Quando adolescente, aos 18 anos, sua melhor amiga Corinne Prescott desapareceu e ela nunca mais teve notícias. Houve uma pesada investigação onde ela e seus amigos estavam no centro de tudo, e após negações e desvios, todo o caso foi arquivado. Estar em Cooley Ridge traz tudo à tona, seu namorado Tyler da adolescência o qual ela abandonou, seus amigos com quem nunca mais falou, os segredos mantidos entre eles e principalmente o fato dela ter recebido do pai doente um bilhete "Preciso falar com você. Aquela Garota. Eu vi aquela garota.". Mas se não bastasse, após sua chegada outra garota desaparece, a garota que foi o álibi de todo o grupo no caso do desaparecimento e que estava namorando com Tyler. Um caso puxa o outro e mais uma vez Nicolette está envolvida em uma grande investigação precisando correr contra o tempo e descobrir o que aconteceu.

"- Nic - disse Daniel antes mesmo de falar "oi". - Me fala onde você está?
- Estou em casa, Daniel.
- Escuta - disse Daniel enquanto um motor ganhou vida ao fundo. - Saia daí. Agora."


Quando vi este livro sendo anunciado fiquei extremamente interessada, a mistura de capa chamativa com enredo interessante e misterioso sempre tem um efeito rápido em mim.  E foi muito bom, pois a história não demora a começar, e rapidamente você está presa ao que está acontecendo. Se identifica com Nic, quer entender o que aconteceu, se agarra fortemente aos flashbacks que ela fornece, até que recebe o primeiro motivo para desanimar. A história avança 15 dias após a chegada da protagonista e depois começa a ser contada de forma invertida (dia 14, dia 13, dia 12...). Até aí tudo bem, porque pode ser interessante você aguardar o final do próximo capítulo para entender o motivo do dia ter começado daquela forma, mas acredito que a autora não tenha conseguido utilizar esta estratégia da melhor forma.

No dia 15, o começo do livro, vemos Nic em uma situação onde não está sabendo de nada que aconteceu, está cheia de dúvidas e deseja ardentemente investigar para descobrir, mas a medida que o livro vai passando, e lembrem-se ele está VOLTANDO NO TEMPO, ela vai descobrindo várias coisas e tendo vários flashbacks. Descobrindo coisas extremamente importantes, na verdade. Por que ela se apresentou tão perdida no dia 15 e com tantos questionamentos se ela já sabia 90% de todo o ocorrido?

Outro problema são os flashbacks de Nic. Ela vai jogando ao leitor as informações bem picadas ao longo dos capítulos, o que agrava aquele problema anterior de "por que a dúvida se você já sabia tudo isso?" ou "por que ela não contou a situação inteira no primeiro flashback?". É um quebra-cabeças de peças minúsculas e intermináveis, e que acabam cansando e desanimando. Em determinado momento eu perdi até mesmo o interesse em saber o que tinha acontecido com as garotas que desapareceram, pois entre os dias 12 e 04 nada de novo acontece e acabam sendo repetitivos monólogos de Nicolette que insiste em repetir uma história do passado com mais um pequeno detalhe não contado anteriormente (e como essa protagonista fala, gente!).


Mas pra não ser injusta com o livro, apesar de não ter gostado da narrativa e da construção dos personagens que são pouco trabalhados e deixam várias pontas soltas pelo caminho, a escrita da autora é muito boa. Ela escreve de forma clara, de fácil entendimento. Definitivamente não foi isso que atrapalhou o resultado final. Talvez por ser seu primeiro livro adulto, ela se atrapalhou um pouco nos detalhes da história. Eu, como fã do gênero, gosto de seguir um caminho de investigação, criar minhas teorias, traçar um perfil dos suspeitos, avaliar a influência dos fatos anteriores... Mas ficou muito complicado com as informações sendo "alteradas" a todo momento. E sobre o final...

Olha, o final não é bom, mas consegue ser surpreendente. Eu tenho a teoria de que uma leitura nunca é perdida, e por isso indico a quem se interessou pelo enredo que arrisque. As vezes vocês acabam tendo um pouco mais de paciência com a Nicolette e suas divagações, encontrem sentido nos pontos fracos ou até se interessem pelo desfecho do sumiço de Corinne Prescott 10 anos depois... Pra mim, não rolou!

Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Também sou fã do gênero e sigo a mesma linha que a sua... A capa chama atenção e quando comecei a ler a resenha, me vi de imediato mergulhando na história mas, acabei desistindo de ir mais a fundo no meio do caminho. Porém, essa questão "surpreendente" do final, faz com que minha pessoa dê uma chance para analisar melhor se encara ou não...

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/959530539056353282

    ResponderExcluir
  2. Oi Karina
    O livro tem uma sinopse bem interessante, mas eu esperava algo diferente, talvez um investigação com bastante suspense, e saber que a leitura não flui tão bem no fim desanima um pouco. Não gosto mto de narração em cronologia reversa, sou meio perdida sabe? Provavelmente teria que ler mais uma vez para entender. Fora alguns pontinhos negativos, o enredo desperta uma certa curiosidade em descobrir mais sobre o desaparecimento de Corinne, e esse envolvimento todo dos personagens, pretendo ler.
    Bjs

    (https://mobile.twitter.com/Pantielly/status/959559773191655429)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Karina!!
    Adoro um bom livro de thriller psicológico com muito suspense e quando vi essa história fiquei bem entusiasmada mais infelizmente essa não é a primeira resenha negativa sobre livro que leio e ainda não decidi se leio o não essa história.
    Bjoss

    https://twitter.com/Martaizabeln/status/959604957145194504

    ResponderExcluir
  4. Karina!
    Gosto do desafio de poder encontrar uma inovação na leitura e com certeza o livro ser escrito de traz para frente, é bem diferente.
    Uma pena que apesar da curiosidade em tentar desvendar os mistérios das mortes e saber quem é o assassino, as personagens não prendeream vocês como deveria...
    Ainda assim como boa curiosa, gostaria de ler.
    Desejo um final de semana esplendoroso e um mês mais que abençoado!!
    “Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.” (Cynthia Kersey)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    https://www.facebook.com/rudynalva.soares/posts/2051687384858078?pnref=story

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente estava com altas expectativas a respeito dessa leitura, e foram todas por água a abaixo com sua resenha. Uma pena que a obra no começo seja muito envolvente, e nos prende a leitura, mas que no decorrer da trama as coisas vão meio que afundando de deixando a desejar, como as mutias pontas soltas. Principalmente o fato dos personagens não serem bem construídos, e o final que não e bom, e deixa a desejar. Talvez futuramente chegue a dar uma chance a leitura, mas neste momento perdi totalmente o interesse.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://twitter.com/WesleyLana2/status/963861567061331975

      Excluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in