Destaques

NOVIDADES POR E-MAIL:

08 fevereiro 2018

CRÍTICA DE ESTREIA | O QUE TE FAZ MAIS FORTE (STRONGER)

Distribuidora: Paris Filmes | Estreia: 08/02/2018 | Gênero: Biografia, Drama | Duração: 1h59

Em 15 de abril de 2013, em Boston, nos Estados Unidos, ocorria uma maratona já tradicional no país e no mundo, a Maratona de Boston. Mas algo que ninguém esperava aconteceu, bombas explodiram próximo a linha de chegada, matando 3 pessoas e ferindo mais de duzentas. Um desses feridos era Jeff Bauman, interpretado por Jake Gyllenhaal, que estava naquele local esperando sua ex-namorada Erin (Tatiana Maslany), com um cartaz que o rapaz prometera a moça, na esperança de a reconquistar. Nas explosões, Jeff perdeu as duas pernas, mas conseguiu ver o rosto de um dos terroristas, informação que foi muito importante para encontrá-los. Esse é o enredo do filme “O que te faz mais forte” que entra essa semana em cartaz.

Quando assisti ao trailer do filme falei, “quero ver, vai ser uma história de superação” e na verdade, não foi isso que encontrei durante o longa. O filme é uma memória de Bauman, do que aconteceu no atentado e nos dias que se sucederam. Sem as duas pernas, o homem teve que se readequar à nova realidade, com conflitos familiares e pessoais. Visto como herói, por muitos, e virando o rosto do lema “Boston Strong”, a trama relata como o jovem se sentiu com toda a exposição que sofreu, não apenas com as mudanças na vida.


Apesar de toda a história pessoal, o que se destaca no filme são as várias confusões ao redor por causa do acontecido. A família de Bauman, parece até meio insensível ao fato do que o jovem está superando, e o fervor dos norte-americanos também se transforma em um destaque no longa. Quando digo fervor, falo da “união” que eles demonstram quando algo de ruim acontece no país, enviando cartas, presentes e gritando em apoio aos feridos e pedindo justiça para os terroristas. O que para mim foi um destaque mesmo, em todo o filme, é Erin, a ex-namorada que em meio a toda aquela confusão, parece ser a única que entende o que realmente se passa.

E eu não posso deixar de mencionar, que existe um discurso político - uma frase/diálogo, na verdade - que é diferente do que nos acostumamos a ver no último ano, em filmes e séries americanas, não direi qual é, mas se alguém também reparar, venha conversar comigo. A direção do filme ficou por conta de David Gordon Green (“George Washington”, “Prince Avalanche” e “Prova de Amor”). Jake Gyllenhaal participou de produções como “Evereste” e “O Abutre”, Tatiana Maslany, faz parte da série televisiva “Orphan Black” e participou do longa “Para Sempre”. Miranda Richardson, que também compõe o elenco, interpretou a repórter do profeta diário Rita Skeeter, em “Harry Potter”.



Uma curiosidade que achei sobre o filme é que em uma entrevista concedida por Gyllenhaal e Bauman, ao site Adoro Cinema, Jeff comenta que a parte mais difícil de ver no cinema foi sua mãe, a atriz Miranda Richardson a retratou muito bem, mas a relação de mãe e filho sempre foi complicada, apesar de todo o amor envolvido. Na mesma entrevista, ele diz que o filme não possui divergências com o que aconteceu e que, apesar de não poder colocar todas as pessoas que passaram em sua vida naquela época, o longa foi verdadeiro com as cenas. “O que te faz mais forte” recebeu sete nomeações a prêmios de cinema, e ganhou duas: Jake como melhor ator do ano, no Hollywood Film Awards, e Tatiana, como melhor atriz coadjuvante, no Utah Film Critics Association Awards.

Comentários via Facebook

9 comentários:

  1. Já de inicio preciso dizer, Tatiana Maslany é uma ótima atriz, saudades dessa "sestra" em Orphan Black (Por falar na série, é sensacional, hehe) Voltando, o filme me chama atenção pelo elenco, olhando a trama mais a fundo, dá para notar que não seria sobre superação e sim sobre como seria dali pra frente... A união dos norte-americanos é bastante notável em meio a atos como esse... Assim que possível irei conferir.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/961740841101549568

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Carol,

      Espero que tenha conseguido ir e gostado do filme. Realmente, essa união deles é muito notável, a maioria é bastante patriota. O longa conseguiu reunir um elenco muito bom.

      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  2. Oi, Ana!!
    Que filme mais emocionante e interessante, sem dúvida superar tudo o que aconteceu não é fácil para ninguém. E só pelo trailer dar para ver que o filme e pura superação!! Adorei a indicação!!
    Bjoss

    https://twitter.com/Martaizabeln/status/961793732038230016

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Marta,

      Realmente superar o que aconteceu não deve ser fácil, acabar ficando sem as pernas depois de um atentado. Penso em todos os pesadelos com a situação. Apesar de que eu esperava um pouco mais de sentimento no longa.

      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  3. O filme me pareceu muito emocionante, talvez pela carga de dramas existente nessa história, mas também retrata uma mudança drástica na vida do personagem , de perda, mas também de superação. O mais interessante e que mostra o lado das pessoas que estão ao seu lado, como a namorada, e a mãe lida com toda essa situação. Enfim uma história, que vem nos fazer refletir e questionar.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://twitter.com/WesleyLana2/status/963853123411464192

      Excluir
    2. Ei Lana,

      A história também passa algo de verdadeiro, porque não mostra apenas os lados bonitos, mostra também tudo de ruim que os envolvidos sentiram na época, o desespero e tal. Apesar de eu ter esperado um pouco mais da superação, acho que eles fizeram um longa bem verdadeiro, sem romantizar a situação, e isso foi bom.

      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  4. Ana!
    Fiquei emocionada só em ler sua resenha e ver o trailer, fiquei imaginando quando o assistir.
    Achei também que seria um filme mais dramárico e fico feliz que tudo tenha sido mostrado de maneira coerente e não cansativa.
    Um maravilhoso final de semana!
    “Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho.” (Theodore Roosevelt)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    https://www.facebook.com/rudynalva.soares/posts/2076226309070852?pnref=story

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Rudy,

      Fico feliz que tenha gostado da minha resenha, e quero saber como ficou depois de assistir. Sim, apesar de não ter tido todo aquele drama da superação, eles fizeram um filme bem verdadeiro, mostrando o lado bom e o lado ruim dos sentimentos das pessoas com relação ao que aconteceu. Não romantizaram, o que foi muito bom.

      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in