Destaques

novidades por e-mail

28 fevereiro 2018

ALERTA OSCAR | A FORMA DA ÁGUA ( THE SHAPE OF WATER)

Filme: A Forma da Água (The Shape of Water) | Distribuidora: Fox Film do Brasil  | Estreia: 01/02/2018 | Gênero: Fantasia, Drama, Romance  | Duração: 2h 03min  | Orçamento: 19,5 milhões USD

Assisti recentemente ao longa: “A Forma da Água”, onde conhecemos a história um tanto quanto peculiar de Eliza, uma moça muda, e uma determinada “criatura” que nos lembra um peixe como podemos ver logo nos cartazes do filme. A história se passa em algum momento dos anos 60, no ápice da Guerra Fria, e pelo que nos é relatado o “monstro” (por assim dizer) é capturado na Amazônia, onde era considerado um “Deus” pelo povo desse continente, o que leva os norte-americanos a usarem ele como “cobaia” na corrida espacial. Ao longo da trama vamos conhecer mais sobre Eliza, seu vizinho Giles, sua amiga de trabalho Zelda e seu nada escrupuloso chefe o Sr: Strickland (que eu particularmente odiei!).

É uma história de amor, mesmo que a principio que não faça muito sentido, mas depois a gente até começa a ver alguma razão nos acontecimentos. Me surpreendi, pois já comecei a assistir com uma determinada coisa na cabeça e só pensava nela, mas enquanto assistia outras coisas me chamavam atenção e me deixam curiosa quanto ao que iria acontecer com os personagens e me vi torcendo por eles para que as conseguissem realizar o plano traçado. Reconheço que ainda não engoli determinada cena, tipo não dá pra entender como é possível, mas enfim, é cinema, fantasia e nesse mundo tudo é possível já que nos é permitido sonhar (graças a Deus né?)


O cenário ficou impecável retratando uma base militar sombria e cheia de segredos, o local onde Giles e Eliza residem também ficou com uma fotografia linda, mostrando como seria a casa de duas pessoas simples a sua maneira que viviam suas vidas numa época em que todos eram vistos como espiões. Aborda também a divisão entre brancos e negros que eu sabia que isso existia mas ao ver confesso que me deixou chocada, pois acho que nunca havia visto sendo retratado da forma como foi e me incomodou muito. As atuações foram impecáveis! Meu Deus, não sei se iria conseguir ficar sem dar uma palavra como Sally Hawkins fez, ganhou meu respeito! Octavia Spencer como sempre se dedica de corpo e alma ao personagem. Os demais atores tiveram ótimas atuações. A trilha sonora fica por conta de Alexandre Desplat (O Discurso do Rei), que me faz lembrar de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” com o estilo de música francês. O figurino retrata bem a década de 60 e a maquiagem e efeitos visuais usados no ator que interpreta a criatura ficaram bem realistas.

A trama tem a direção do mexicano Guillermo del Toro (O Labirinto do Fauno), e no elenco temos os atores Sally Hawkins (Blue Jasmine),Doug Jones (O Labirinto do Fauno), Michael Shannon (Animais Noturnos), Octavia Spencer (Estrelas Além do Tempo) entre outros. Sobre del Toro, além de produtor e roteirista, é um diretor de muito destaque. Com certeza você já viu algum filme dele antes e não sabia, eu por exemplo descobri vários que nunca havia imaginado, não sabia que era roteirista de “O Hobbit” ou mesmo que era o produtor de “Mama”, enfim o cara é Fera com letra maiúscula!

Eu gostei, achei bem interessante o modo como foi abordada a história, Eliza se não importava com a aparência e sim o que a pessoa, no caso aqui uso mais uma vez a palavra “criatura” levava dentro de si e não com seu exterior e infelizmente hoje em dia, nós julgamos muito pela beleza e não pelo que a pessoa realmente é. Acho válido que assistam e tirem suas próprias conclusões. Sem contar que é um filme que além de ter ganhado muitos prêmios, como por exemplo, o Globo de Ouro que aconteceu recentemente, ele é a maior aposta do Oscar concorrendo em 13 categorias. Ah, mais uma coisa, li que não é recomendado para menores de 16 anos. Espero que quem tiver oportunidade goste realmente!


Curiosidades:

- O filme foi selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2017.
- Foi vencedor dos prêmios de Melhor Diretor e Melhor Trilha Sonora no Globo de Ouro 2018. A trama também levou para casa o Leão de Ouro no Festival de Veneza 2017.
-Indicado às categorias de Melhor Filme, Diretor, Atriz (Sally Hawkins), Atriz Coadjuvante (Octavia Spencer), Ator Coadjuvante (Richard Jenkins), Roteiro Original, Edição, Trilha Sonora, Design de Produção, Fotografia, Figurino, Edição de Som e Mixagem de Som.
- Guillermo del Toro já dirigiu Doug Jones na franquia Hellboy e nos filmes O Labirinto do Fauno (2006), A Colina Escarlate (2015) e na série The Strain (2016).
- Sally Hawkins e Michael Stuhlbarg trabalharam juntos em Blue Jasmine (2013).
- Guillermo del Toro revelou que Sally Hawkins não foi somente a primeira como a única opção para o papel de Eliza.
- Outros personagens do longa foram escritos já tendo em mente os atores que os interpretariam, a exemplo de Octavia Spencer. Segundo a atriz, sua personagem é uma mistura entre sua participação em Histórias Cruzadas (2011) e Estrelas Além do Tempo (2016).
- Richard Jenkins recebeu um e-mail de Guillermo del Toro com a mensagem: "Espero que você ame o roteiro tanto quanto eu".
- Segundo o diretor de fotografia Dan Laustsen, a maior parte do longa foi filmada em estúdio.
- Guillermo del Toro conheceu Sally Hawkins no Globo de Ouro de 2014, onde o diretor chegou a comentar com ela sobre o filme. O problema é que ele estava muito bêbado para conseguir explicar o roteiro para a atriz.
- Doug Jones demorava três horas para se caracterizar como seu personagem. Apesar do tempo, o ator revelou que já demorou mais horas para se vestir para outros personagens de filmes de Guillermo del Toro.

- Guillermo del Toro chegou a cogitar fazer o filme em preto e branco, mas acabou mudando de ideia.
- Guillermo del Toro estava trabalhando neste filme desde 2011.

Comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Adoro a premissa desse filme, essa questão Bela e Fera, em que a mocinha se apaixonada não pelo que a pessoa e por fora mas sim o que ela e por dentro, trazendo uma mensagem de amor, além de se passar em uma época onde houve muitas mudanças. Acredito que toda essa construção muito bem feita, com detalhes e realismo fez com que eles tenham ganhado, e recebido tantas indicações para oscar. Bom, eu quero muito assistir ao filme, achei a premissa incrível.

    https://twitter.com/WesleyLana2/status/968904173856219136

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o filme, mas vou confessar que não gostei muito não! achei a narrativa muito lenta e custou a engatar. Ao meu ver, fraco!

    https://twitter.com/leticialves/status/968982780490207232

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente, esse é o filme que vai levar os Oscar tudo, mesmo minha pessoa não concordando a respeito de certas categorias (Tipo cantando vitória do filme em questão antes, u.u) Enfim, sobre a crítica, está muito boa! O filme demora um pouco a engatar pois, tudo está nos detalhes e quando você vê, já se encantou com a mensagem transmitida, que o interior vale muito mais que o exterior. Concordo com a cena que não engoliu, devo dizer que me preparei mas, não foi o suficiente e para piorar, li uma matéria sobre uma certa industria que não perdoou e "abusou" da criatividade... As atuações de todos são ótimas mas, certamente um salva de palmas tem que ser dado para a Sally Hawkins e o camaleão Doug Jones. Ri da curiosidade sobre o del Toro estar com o nível de álcool elevado na hora de falar com a Sally Hawkins, haha Creio que deve ser algo totalmente normal para ele, hahaha

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/969012368696070146

    ResponderExcluir

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in