Menu

{ #Resenha } O Príncipe Corvo - Elizabeth Hoyt (Trilogia dos Príncipes #1)

13 novembro 2017

Série: Trilogia dos Príncipes # 1  |  Autora: Elizabeth Hoyt  | Ano: 2017 | Páginas: 350 | Editora: Record | Gênero: Romance de época, Hot. 


"- Como assim, um homem pode se satisfazer com uma mulher em locais como esse, 
e uma mulher como ela viúva deve ser recatada para o resto de sua vida?"

Sabe aquele livro que você se apaixona pelos personagens logo nas primeiras páginas e torce por eles o livro inteiro? Então, isso aconteceu comigo em "O Príncipe Corvo"! Eu me encantei com Anna e passei o livro todo torcendo por ela, forte, inteligente e com um coração lindo, a personagem é uma das minhas preferidas de todos os tempos. Ela não deixa que as dificuldades a desanimem e continua lutando porque sabe que existem outras duas pessoas dependendo dela.

Não aceita de maneira nenhuma essa ideia de ser uma viúva e não dever mais sentir desejos ou ter contato físico com outro homem (ela acha isso tão absurdo que seduz o conde numa noite em um dos maiores bordéis sem que ele saiba que é ela. Adorei porque ele fica "P" da vida quando descobre!!).



"O Príncipe Corvo" é o primeiro livro da Trilogia dos Príncipes da autora Elizabeth Hoyt, publicada no Brasil pela editora Record. O enredo conta a história de Anna, viúva há cinco anos, que viu as economias da família acabarem e agora tem a difícil tarefa de arrumar um emprego para assim poder sustentar ela e a sogra. O problema é que Anna nunca trabalhou, pois vivendo na sociedade onde damas não trabalham isso dificulta um pouco as coisas, até que surge uma oportunidade excelente para conseguir um emprego.

O Conde de Swartingham, Edward de Raaf, precisa de uma nova secretária com urgência, já que a última desistiu por causa de suas grosserias. A função é simples: basta o acompanhar em suas tarefas diárias e reescrever seus rascunhos, o que Anna sabe fazer tranquilamente. Aguentando o mau humor do conde, os dois começam a trabalhar juntos, e começam também a lutar contra uma atração forte que mexe com eles.


Vemos o lado frágil de Anna que duvida e acha que não vai dar conta da carga que está carregando. Tanto da Anna quando do Edward passam por isso. Anna Wren sabe quem ela é de acordo com suas crenças e certezas, e é não o que a sociedade quer que ela seja, respeitando ao máximo o que aprendeu por si mesma sendo uma mulher decidida e que não deixa de ajudar alguém que precisa com receio de ficar mal vista pelos outros. Anna sou sua fã! Edward quer muito ter filhos e alguém para deixar seu legado, por isso ele acaba se conformando que só vai casar com alguma moça por causa do seu titulo e não por quem ele é realmente, isso é bem triste.

A história é leve e divertida e ao mesmo tempo com temas marcantes, cada um dos personagens lida com um estigma forte que interfere diretamente em suas vidas. Por exemplo, o Conde que apesar do título nobre possui marcas na pele deixadas pela varíola fazendo com que as mulheres da sociedade não o aceitem. Eu achei isso "uó" (mas estava na historia né?!), e mostrou algo que não vemos muito em livros, um personagem masculino fora do padrão estipulado de beleza (o que é bem legal).

Outro exemplo, uma viúva que tem que lidar com as consequências de uma crise financeira conseguindo um emprego em uma época que uma dama de boa família jamais poderia fazer isso, mesmo que ela e a sogra tivessem que passar fome e frio. Pra mim esses são os melhores livros, porque podemos sair da história com a excelente lição do "lute pelo que acredita", e foi exatamente isso que encontrei enquanto ia lendo.


Os personagens secundários também são bem importantes nesse enredo, pois através deles a autora abordou questões bem complicadas como violência contra mulher, prostituição e como estas eram julgadas e até mesmo ignoradas pela situação que se encontravam, a falta empatia com o outro. Cada parte de "O Príncipe Corvo" me conquistou, a história central, as histórias narradas ao longo do livro, tudo nele foi incrível e valeu muito a pena. Enfim, leia e preste atenção nos textos apresentados na abertura dos capítulos, pois nele vemos uma outra história ser contada e o porquê do nome do livro.


comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. O que será que tem por detrás do nome do livro, fiquei curiosa, haha Ainda não me introduzi nas histórias de romances de época mas até que curti a trama. Esse lado Hot não faz muito meu tipo mas, gostei das questões que abordaram e de como eram vistas e achei bem legal o personagem masculino ser fora do padrão de beleza imposto, algo que não se vê. Quem sabe futuramente eu dê uma chance aos romances de época, por enquanto estou só aproveitando a leitura da indicação.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/930236117139574784

    ResponderExcluir
  2. Oi leh,
    Quero muito ler esse livro, e principalmente depois de ler sua resenha me despertou mais vontade ainda. Adoro personagens assim como a protagonista fortes e decididas. Parece ser uma leitura bem rápida e gostosa, em breve lerei =)

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta