Menu

{ #RESENHA } MULHER MARAVILHA: SEMENTE DE GUERRA - LEIGH BARDUGO ( LENDAS DA DC #1)

23 outubro 2017

Subtitulo: Lendas da DC # 1 | Autora: Leigh Bardugo | Ano: 2017 | Páginas: 400 | Editora: Arqueiro | Gênero: Fantasia, Jovem adulto 

"Mulher Maravilha – Semente de Guerra", da autora Leigh Bardugo, é o primeiro livro da série “Ícones da DC”, publicado em 2017 pela editora Arqueiro aqui no Brasil. A série contará com 4 livros, sendo cada um de uma autora diferente, e o segundo livro já tem nome em Inglês "Batman: Nightwalker" (em tradução livre Batman: Viajante Noturno) com data de lançamento nos EUA para janeiro/2018. Ele foi escrito pela autora Marie Lu, da trilogia "Legend".


"Mulher Maravilha – Semente de Guerra", da autora Leigh Bardugo, é o primeiro livro da série “Ícones da DC”, publicado em 2017 pela editora Arqueiro aqui no Brasil. A série contará com 4 livros, sendo cada um de uma autora diferente, e o segundo livro já tem nome em Inglês "Batman: Nightwalker" (em tradução livre Batman: Viajante Noturno) com data de lançamento nos EUA para janeiro/2018. Ele foi escrito pela autora Marie Lu, da trilogia "Legend".

Em “Mulher Maravilha: Semente de Guerra”, conhecemos a história de Diana ainda jovem, tentando provar para todas as Amazonas, principalmente sua mãe, que é uma verdadeira guerreira mesmo que nunca tenha participado de uma guerra. Com a arrogância de uma adolescente, a personagem acaba entrando em uma enrascada seríssima quando, ao ver um naufrágio entre a linha que divide o território da ilha e o dos mortais, decide salvar a única sobrevivente dele. O problema é que essa sobrevivente é ninguém menos que Alia Keralis, uma jovem que por onde passa a raiva e a discórdia acompanham.

Ao salvar Alia, Diana não só quebra uma das principais regras das Amazonas como também as coloca em risco, já que como mecanismo de defesa a ilha começa a sofrer várias tempestades e a sugar a vida da jovem sobrevivente, que está cada vez mais doente. Sem entender muito bem o que está acontecendo mas desconfiada de que isso tem a ver com a menina que ela salvou, Diana vai atrás do Oráculo procurando explicações e descobre que a jovem tem uma descendência capaz de criar guerra por onde passa, e que precisa ser morta ou levada até sua ancestral para que assim sua maldição possa ser quebrada.


Antes de de tudo eu tenho que falar do que eu gostei nesse livro, e muito. A diversidade dos personagens criados por Leigh Bardugo foi o ponto alto da trama, cada um deles com sua história. Alia e o irmão são negros, de descendência grega e ricos, então  sabe o que isso significa para mim que sou negra e sempre vejo personagens negros sendo retratados como marginalizados? É incrível. Depois vem Nim que é indiana e Theo que é brasileiro, cada um deles muito bem criados com suas personalidade únicas, isso por se só já ganhou meu coração.

Outro ponto que eu gostei muito foi a autora ter conseguido criar um Diana única, pois se você já viu algum filme ou desenho da Mulher-Maravilha já tem uma opinião formada sobre a personagem. Leigh respeitou isso, mas respeitou também o fato de que aqui ela está narrando uma personagem de 16 anos, jovem e imatura em alguns momentos, mas segura como uma guerreira para qual ela foi criada. Curti bastante toda a ideia que Leigh Bardugo criou, com seus diálogos bem adolescentes e suas inseguranças características da idade.


Alia também foi uma personagem muito legal e única, seu mundo sempre tão fechado, criado por seu irmão como uma forma de os proteger, a fez ser uma pessoas bem desconfiada de tudo, porém também a fez muito observadora. Os personagens secundários também foram muito bem construídos e com suas funções bem definidas.

No geral posso dizer que a mistura entre o atual e o antigo, onde varias vezes somos apresentados a história da Grécia e seus deuses, não deixou nada confuso e deu um algo a mais a trama. A única ressalva que tive foi que achei o início bastante cansativo porque focou muito no fato de Diana ter que ser provar o tempo todo, sendo que a maioria do tempo isso estava na cabeça dela pelo fato de nunca ter ido à batalha, mas depois que passa essa parte dá pra curtir muito.

Ainda não tinha lido nada da autora, mesmo ela tendo uma série de bastante sucesso que é a "Trilogia Grisha" começando com "Sombra e Ossos", e gostei da forma como ela escreve sendo uma narrativa bem fluida, misturando ação, mistério e partes engraçadas em todo o texto, sem ficar forçado. Vou continuar acompanhando essa série, e já que cada novo livro é de um personagem diferente e uma autora diferente, quero ver como elas vão ligar as obras.

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários:

  1. Ainda não li nada da autora, porém sempre ouço falar dela nessa trilogia que é bem famosa e que eu quero ler.
    Adoro a mulher maravilha e a sua história então quando eu vi esse lançamento fiquei doida.
    Acho que irei comprar.

    https://twitter.com/Of_Watson/status/922515162271244289

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Hérica, eu também já tinha ouvido falar dela, to bem curiosa com essa trilogia super conhecida da autora.

      Obrigada, seja sempre bem vinda!!

      Excluir
  2. Olá Leh ;)
    Nossa, não sabia que ia ser uma série com autores diferentes... adorei!!! A Editora Arqueiro arrasou na edição de Mulher Maravilha, tá linda demais *-*
    O legal da história pelo que pude notar, é que mostra a Diana mais humana, tentando provar seu valor e cometendo erros como todos nós!
    Sei que a Leigh Bardugo é uma boa escritora, e pelos seus comentários os fãs vão gostar da escrita dela sobre a super heroína. Adorei a resenha *-*
    Bjos

    Divulgação: https://www.facebook.com/isabelacarvalho.isabela/posts/1537915559623090?pnref=story

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter sim Bela, não sei se é mais humana, mas mais imatura com toda certeza, gostei também de mostrar esse outro lado da personagem.

      Obrigada, seja sempre bem vinda!

      Excluir
  3. Eu achei muito legal a ideia dessa série! Eu sou muito fã da autora, já li a trilogia Grisha e adorei ela! E também sou super fã da Mulher Maravilha, então acho impossível eu não gostar desse livro. Já percebi que os personagens desse livro são muito bem construídos, e acho que vou gostar bastante deles. E achei muito legal a autora ter criado uma Diana única, isso me anima mais ainda.
    Só é uma pena que o começo seja cansativo, mas pretendo ler esse livro mesmo assim.
    Bjss ^^

    Divulgação: https://www.facebook.com/pamela.mendes.39395/posts/871250663052297?pnref=story

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh eu gostei bastante, quando ler me conta se você gostou ou ficou abaixo das duas perspectivas.

      Obrigada, seja sempre bem vinda!

      Excluir
  4. Oi Leh,
    Poder conhecer um pouco mais sobre essa heroína que vem conquistando mais espaço entre os heróis masculinos deve ser uma ótima experiência. O livro tem uma premissa muito boa, a autora soube usar todos os elementos propostos em favor do enredo. Diana continua sendo uma guerreira, mesmo sendo representada como uma adolescente e acho isso muito importante de ser ressaltado. Outro ponto que preciso falar é da representatividade dos personagens, algo ainda pouco visto nas histórias e para um livro voltado para um publico mais jovem, isso é muito importante. Se eu já tinha curiosidade de conhecer a escrita de Leigh Bardugo, agora quero ainda mais.

    Twitter: https://twitter.com/GisahSLopes/status/922608116268548096

    ResponderExcluir
  5. Também não conheço a escrita dessa autora mas, esse livro me chamou total atenção desde quando soube que iria ser lançado (Uma vez DC, sempre DC <3) O enredo do livro foi bem favorecido, gostei muitíssimo da representatividade assim como você, espero ter a oportunidade de ler logo pois, O MELHOR DOS MELHORES é o próximo a ser lançado, haha Amei a escolha da autora Marie Lu, quero muito ver como vai ficar, hehe

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/922625585347727360

    ResponderExcluir
  6. Adoro a Mulher Maravilha então preciso desse livro, pena o começo ser cansativo assim da uma desanimada, mas pelo menos depois melhora, deve ser encantador saber mais sobre essa mulher tão forte e querida, é impressionante com a Diana tem um carinho pelas pessoas e quer sempre ajudar mesmo Alia sendo da guerra. Os personagens parecem ser muito interessantes e bem trabalhados.

    https://twitter.com/maria64896321/status/922625868282855424

    ResponderExcluir
  7. Gente, não curto filmes, séries e livros sobre super heróis, mas esse ano fui assistir Mulher Maravilha no cinema e pensei: eu vivi para ver esse filme. Obrigada mundo!
    Quando vi esse livro fiquei louca. Mas confesso que estou um pouco apreensiva agora que sei que a Diana narrada está na adolescência.
    Mas acho que vou ler logo logo.

    Divulgação no Twitter: https://twitter.com/SamyACS/status/922629228721565696

    ResponderExcluir
  8. Oi Leh.
    Assim como você, esse também foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e confesso que adorei, e concordo com você, ela criou diversos personagens muito diferentes entre si, mas cada um se destaca pela suas particularidades e isso é demais, sempre gostei muito da Diana e ver ela por esse novo ponto de vista foi uma surpresa e algo que desfrutei bastante.
    Bjs.

    Divulgação: https://plus.google.com/+marlenecanceiçao/posts/MegB9XuUAef

    ResponderExcluir
  9. Oi, Leh!!
    Adoro assistir filmes que tenham super heróis na estória. E quando vi esse lançamento fantástico do filme e logo depois o livro que fala um pouco sobre a vida de Diana antes de torna-se a Mulher fiquei super empolgada para ler essa estória!! Gostei muito da resenha e dessa edição linda do livro.
    Bjoss
    https://twitter.com/Martaizabeln/status/922648435458740224

    ResponderExcluir
  10. Olá! Sou apaixonada pela Mulher Maravilha e por qualquer história de super herói. Já amo essa autora desde Six of Crows, que é uma série derivada da trilogia Grisha. Tenho certeza que vou amar a leitra, já que sempre vejo resenhas positivas sobre ela. Já está na minha lista. Bjos!

    Twitter: https://twitter.com/Jeje__Borges/status/922796856568176640

    ResponderExcluir
  11. Desde o lançamento quero muuuuito ler !
    Eu sou apaixonada por todo esse universo, e quero muito saber como era quando ela era apenas Diana.
    Ainda não li nenhum livro da autora, e também não sabia que este irá fazer parte de uma série.
    Adorei a resenha!

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Leh,
    Sempre fui muito fã da galera da Marvel e DC, embora tenha essa rivalidade entre o fandom que até hoje não entendo... A MM é uma personagem que admiro muito e quando a Editora Arqueiro falou sobre o lançamento do livro, fiquei bem curiosa e a sua resenha só aumento a vontade ainda mais! Definitivamente o livro irá para a listinha o mais rápido possível!

    ResponderExcluir
  13. Quero muitooooo e a resenha só fez a vontade aumentar.
    Já disse que eu entro no blog e minha lista de desejados explode.

    Parabéns lindo llindo.

    ResponderExcluir
  14. Conhecemos a história de Helena de Tróia, então sabemos Alia pode ser um perigo mesmo sem querer. Apesar de adorar a Mulher Maravilha, de ter amado o filme, não tenho curiosidade alguma pra ler este livro. Não sei explicar direito o pq, mas acho que histórias com super-heróis são pra serem vistas e não imaginadas.

    ResponderExcluir
  15. Leh!
    Além de ser muito fã dos super heróis, A Mulher Maravilha é minha heroína há mais de 20 anos e não posso me furtar de fazer a leitura desse livro que traz a origem de como surgiu e por qual percalços teve de passar para chegar a ser quem é...
    E ainda tem toda a mitologia envolvida por trás do nascimento e crescimento dela, preciso ler.
    Desejo um maravilhoso e florido final de semana!
    “Para saber uma verdade qualquer a meu respeito, é preciso que eu passe pelo outro.” (Jean-Paul Sartre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    https://plus.google.com/u/0/111194092799975896009/posts/Hg9JSkdVnQb

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta