Menu

{ #RESENHA } F*CK LOVE (LOUCO AMOR) - TARRYN FISHER

12 outubro 2017

RESENHA DE LIVRO: F*ck Love – Tarryn Fisher
F*ck Love - Louco Amor | Autora: Tarryn Fisher |Ano: 2017 | Páginas: 288 | Editora: Faro Editorial | Gênero: New Adult, Romance Contemporâneo 

"O dia em que me apaixonei por você foi o primeiro dia em que você se encontrou. 
Você ainda não era meu".

Meu primeiro contato com a autora  Tarryn Fisher foi em sua série "Amor e Mentiras", onde ninguém era o que pareceria ser e todas as vezes que eu achava que tinha desvendado um personagem, descobria no livro seguinte que ele era mais profundo do que imaginei. Então, quando a editora Faro me convidou para ler "F*ck Love", imaginei que eu iria encontra algo parecido com a série anterior da autora, com personagens complexos, cheios de falhas e confusos, que te prendem do início ao fim, e realmente eu encontrei todas essas características e muito mais.

Em "F*ck Love" somos apresentados a Helena, uma jovem que está passando por uma situação bem complicada, ela está começando a se apaixonar pelo namorado da melhor amiga. Isso tudo só está acontecendo porque Helena teve um sonho muito real que a mostrou como poderia ser seu futuro daqui há 10 anos junto a ele, e nesse futuro tudo era tão bonito e brilhante, com uma casa em Port Townsend - Washington, sendo uma ilustradora de livros infantis de sucesso, mãe de dois filhos lindos. Quando ela acordou, mesmo sem notar, começou a desejar que aquilo fosse mais que um sonho.


Porém, na vida real tudo era mais complicado, ela mal conhecia Kit, eles moravam na Flórida, ele era namorado da sua melhor amiga e ela namorava Neil, e principalmente sua vida chata estava indo em direção completamente diferente a do sonho. Havia muita coisa nessa equação: uma melhor amiga, um namorado, além do medo e da incerteza de Kit se apaixonar por ela.

Nós pensamos que podemos controlar nossas vidas, mas nossas vidas nos controlam. 
E tudo o que toca nossas vidas nos controla. As pessoas têm menos poder do que pensam que fazem. São apenas as reações que controlamos ".

No início de "F*ck Love" eu confesso que pensei em abandonar o livro. Fiquei tão perdida com a sequência de fatos que autora colocou no enredo que pensei "Nossa, essa viagem não é pra mim. Não vai funcionar e eu não estou entendo nada!", porém eu continuei e comecei a entender a trama. Não quer dizer que foi fácil, o enredo é confuso e as atitudes da personagem principal me deixaram bem perplexa, principalmente depois que ela colocou na cabeça que tinha que viver o romance de "comercial de margarina" que viu em seu sonho com o Kit, sem nem mesmo saber se ele estava na mesma que ela.


Helena começou a mudar seu jeito, até mesmo seu tipo de bebida para assim ter assunto com Kit, o problema é que ficou muito forçado e isso acabou me impedindo de criar uma ligação com a personagem. Seu jeito extremista e sua insegurança me deixaram bastante incomodada em determinados momentos. Kit também deixou a desejar, sendo inseguro e até mesmo chato, ele ficou naquela, em cima do muro, e me fez não torcer para os dois ficarem juntos no final.

Mas espera, você deve estar pensando até agora "Então ela não gostou nada do livro?", e quer saber? O pior é que gostei sim. Gostei desse jeito meio confuso do enredo, que não tinha uma direção certa, porque assim você nunca sabe o que esperar da forma única que autora escreve e do fato dos personagens serem falhos e lutarem por aquilo que acreditam. Também gostei do fato de Tarryn Fisher saber dosar as angústia vividas pelos personagens, alternando com diálogos e momentos engraçados que te fazem rir.

Resenha de livro : F*ck Love, Tarryn Fisher

"Eu conheço você há anos, Helena. Uma das coisas que sempre amei em você é o fato de você saber exatamente o que quer. Enquanto todas as outras garotas vagavam aos tropeços pela vida, cheias de dúvidas, você nem sabia o significado da palavra dúvida.”

Outro ponto que me agradou bastante foi o fato do romance não ser tipo "te vi agora e já te amo". A amizade dos dois foi se transformando em algo a mais gradualmente, de um jeito que, mesmo não tenha torcido para eles ficaram juntos, começou a fazer sentindo irem nessa direção.


comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Oi, Leh!!
    Ainda não tive nenhum contato com essa autora a Tarryn Fisher. Mas desde o lançamento desse livro fiquei bem curiosa para ler essa estória. O que mais chama a atenção na estória primeiro a capa e depois a sinopse que é bem atrativa. Pela resenha dar para perceber que a Helena fica bem perdida com a ideia de se apaixonar pelo namorado da melhor amiga e Kit fica totalmente em cima do muro. Bem, confesso que anda estou bem interessada em fazer essa leitura e sem dúvida alguma vou querer adquirir esse livro.
    https://twitter.com/Martaizabeln/status/918481318958260225

    ResponderExcluir
  2. Não li ainda nenhum livro da autora, porém agora ela está me chamando para ler esse livro.
    Desde o lançamento eu já tinha amando o título e a sinopse, pois sabia que seria um romance bem diferente.
    Gostei bastante da sua resenha e espero ler muito em breve.

    https://twitter.com/Of_Watson/status/918528571097968640

    ResponderExcluir
  3. Olá! Já tinha ouvido falar desse livro, mas só agora li alguma resenha sobre ele e percebi que não é uma leitura que irá mudar minha vida, mas que me parece ser interessante. Eu gosto muito de romances que não são amor a primeira vista, e quando uma história é assim já me instiga a ler, pois adoro um romance bem construído. Bjos!

    Twitter:https://twitter.com/Jeje__Borges/status/918547922286972929

    ResponderExcluir
  4. Meu primeiro contato com a autora, também foi com a série Amor e Mentiras, e eu adorei essa série. Depois disso eu também li Nunca Jamais, e também gostei muito. Agora estou doida pra ler esse livro! Essa história parece ser bem diferente, e realmente é bem confusa, mas acho que também vou gostar desse jeito confuso da história.
    E adorei saber que não foi amor a primeira vista, odeio quando isso acontece!!
    O livro já está na minha lista, espero ler ele logo =)
    Bjss ^^

    Divulgação: https://www.facebook.com/pamela.mendes.39395/posts/866291373548226?pnref=story

    ResponderExcluir
  5. Gostei das características encontrada na obra mas, ela não me chama tanta atenção. Me parece forçado demais esse romance que está por vir, confuso e não curto fura olho/trairagem, haha (Salvo exceções, hehe) Não seria uma leitura agradável para mim...

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/918649293220777985

    ResponderExcluir
  6. Olá! Boa noite!
    Etão, não curto muito romances, mas é bom saber que esse foge do "te vi e já te amo".
    As descrições que você fez das personagens também me chamaram a atenção.
    Vi muita gente postando fotos com esse livro no Instagram, mas só claro sei do que realmente se trata.
    Abraço!

    Divulgação no Twitter: https://twitter.com/SamyACS/status/918652119091163136

    ResponderExcluir
  7. Oi Leh,
    Uma pessoa deixar de ser ela mesma, a ponto de mudar seus gostos, para viver algo que talvez não seja real, não é normal e não faz bem para seu emocional ou psicológico. O retrato do amor nesta história beira a loucura e obsessão, algo que os leitores podem estranhar, mas que faz esta história se diferenciar dos romances clichês. Todo este contexto criado pela autora tem seus pontos fortes e me faz querer ler o livro para entender onde ela queria chegar com esta história. Ainda não tive o prazer de conhecer a escrita da Tarryn Fisher, mas por ouvir tantas coisas boas sobre suas obras não tenho dúvidas de que irei apreciar a leitura de Fuck Love.

    Twitter: https://twitter.com/GisahSLopes/status/918657686220296192

    ResponderExcluir
  8. Deve ser um conflito interno muito grande para a personagem devido se apaixonar pelo namorado da amiga. Mas espero que ela não fique insistindo no Kit so por causa do sonho, mas que realmente tenha um interesse natural por ele, embora se ficou forçado ja não me agrada. Fiquei em duvida se leria esse livro, ainda mais que os personagens parecem que não agradam muito.
    https://plus.google.com/114899941175222336857/posts/Q5dhd5u1an1?hl=pt-BR

    ResponderExcluir
  9. Oi Leh.
    Eu também tive a mesma impressão que você de que o livro não seria para mim justamente pelo fato de que ela sonhou com ele do nada já queria ter um romance ou coisa do tipo porém também persistir e esse foi um dos melhores livros que já li da autora anteriormente eu já tinha lido A trilogia amor e mentiras e confesso que até hoje é meu queridinho eu adoro que ela cria personagens fortes mas ainda tão reais cheio de falhas e que nem sempre são realmente mocinhos o que faz com que eu me apeguei muito a eles.
    Enfim fico feliz que tenha desfrutado da leitura.
    Bjs.

    Divulgacão: https://plus.google.com/+marlenecanceiçao/posts/U4iKL7jcWGW

    ResponderExcluir
  10. Oi Leh,
    Primeiramente que capa MARAVILHOSA simplesmente adorei,infelizmente ainda não li nenhum livro da autora, porém esse livro me chamou muita atenção e fiquei curiosa para ler. Lógico que irei colocar na minha listinha de desejados.

    ResponderExcluir
  11. Oi Leh ;)
    Nossa, esse livro é maravilhoso! Li ele antes de ser lançado aqui, e assim como você, apesar de achar a narrativa confusa no começo, quando consegui me conectar na história acabei me apaixonando S2
    Gostei que não houve esse amor instantâneo entre o casal, que primeiro a autora se preocupou em criar uma amizade entre eles, que foi evoluindo aos poucos. E gostei do final!
    Ainda não li a série Amor e Mentiras, mas tenho muita vontade. E se for tão bom quanto Fuck Love, tenho certeza de que vou adorar a leitura!
    Bjos

    Divulgação: https://www.facebook.com/isabelacarvalho.isabela/posts/1528129717268341

    ResponderExcluir
  12. Leh!
    Nossa! Não imaginei que o livro traria uma questão pessoal tão emergente e até certo ponto envolvente, porque gosto quando a protagonista aprende com seus problemas e tenha resolvê-los de uma forma que acha correta, mesmo que o problema da perda e do amor, fiquem retornando.
    Um final de semana alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.


    https://plus.google.com/u/0/111194092799975896009/posts/GiRsPFR96YY

    ResponderExcluir
  13. Esses livros comerciais de margarina são tão chatos. Eu não gostei do livro desde do princípio quando li o título em outros carnavais sabe, mas ele não é pra mim talvez seja para alguém né.

    ResponderExcluir
  14. Olá, nunca tinha ouvido falar desse livro (preciso ficar mais antenada rsrsrs) gostei de não ser previsível. Lista de desejado aumentando. Parabéns. Resenha maravilhosa, amo livros diferentes assim.

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta