Menu

CRÍTICA DE ESTREIA | O MELHOR PROFESSOR DA MINHA VIDA

05 outubro 2017

Filme: O melhor professor da minha vida |  Distribuidora: Imovision |  Estreia: 05/10/2017  |  Gênero: Comédia dramática |  Duração: 1h 46min

No dia 05 de outubro, quinta-feira, chega aos cinemas o filme O melhor professor da minha vida. Roteiro e direção do francês, Olivier Ayache-Vidal (My Last Role, Coming-out), tem no elenco Denis Podalydès (Chocolate, O Amor é um crime perfeito) e Abdoulaye Diallo entre outros. Por ser um filme francês, talvez os atores não sejam muito conhecidos (eu particularmente não reconheci nenhum deles).

O filme conta a história do professor François Foucault (Denis Podalydès), de 40 anos, um professor de Literatura de um renomado colégio de Paris. Ele é bem rígido em sua metodologia para com os alunos por causa de sua criação quando criança. Em um determinado momento, François faz um comentário sobre como é o ensino nas escolas da periferia de Paris, e uma pessoa do meio educacional escuta. Agathe (Zineb Triki) se apresenta e deixa seu cartão com François para que marquem um almoço. 


Agathe é uma pessoa influente no meio educacional e marca um almoço com François, este entende que será um almoço informal, pois acha que rolou algo... Porém quando chega o dia do referido almoço, não é bem o que ele imaginou. Por causa de seu comentário anterior, é feita uma proposta para François de passar um ano na rede escolar da periferia de Paris, para avaliar o sistema educacional. No começo ele resiste, mas acaba se vendo compelido a aceitar, pois seria uma grande oportunidade.

O ano letivo começa e o professor vai para nova escola, e já no trajeto ele repara como as coisas são diferentes da parte da cidade que ele reside, tanto no bairro quanto na escola onde irá lecionar. Como todo professor, ele tem de impor respeito e precisa conquistar os alunos, tarefa nada fácil, uma vez que estes não são tão estudiosos e empenhados como os da outra escola. Vemos então no decorrer do filme, o empenho de François para fazer com que os alunos o respeitem e queiram estudar, pois não é algo que eles gostem. Para incentivar a leitura ele sugere que os alunos leiam “Os Miseráveis”, mas só desperta o interesse deles, quando fala sobre os personagens como se fossem pessoas normais e não fictícias.

Ele trabalha com o livro uma boa parte do filme, o que achei bem interessante, pois conseguiu mostrar como ele fez com o que os alunos estudassem e melhorassem as notas. Um aluno em especial Seydou (Diallo) desperta a ira e o interesse de François, e irão acontecer muitos atritos durante o filme. Algo que no fim será uma lição para os dois.


Filmes franceses são um pouco diferentes do que estamos acostumados, pelo menos no meu caso, pois é mais comum chegar até nós filmes americanos (principalmente os tidos como blockbuster), o que gera uma maior facilidade como o idioma e como estilo patriota dos filmes do país. Além disso, são bem mais divulgados e possuem maiores orçamentos. Esse filme me surpreendeu por não ser nada desse tipo, então, não sei  dizer se todos vão gostar, uma vez que  não são muito populares no Brasil. Mas eu gostei da história, ensina que não devemos ficar estagnados na vida, temos de fazer algo para sermos alguém.

A história se passa em Paris, nos primeiros momentos na parte rica da cidade e depois na periferia. O diretor soube retratar bem como são as salas de aula, com todos os tipos de alunos. Contou também a dificuldade dos professores na questão do ensino, que não deve ser nada fácil. Acho válida a experiência de assistir a esse filme, pois além da história com uma mensagem bonita, nunca é demais variar o nosso repertório cinematográfico.

comentário(s) pelo facebook:

33 comentários:

  1. Olá! Eu sou apaixonada por filmes franceses, apesar de não ter assistido muitos. Concordo com você no fato de que eles são bem deferentes do que esperamos, pois estamos acostumados com o modo americano de fazer cinema. É ótimo assistir algo diferente, tenho certeza que é um filme muito inspirador, quero muito assistir. Bjos!

    Twitter: https://twitter.com/Jeje__Borges/status/915940572812201984

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jessica!
      Eu gosto de filmes de outras nacionalidades, mas muitas vezes eles não chegam até nós com tanta facilidade quanto os americanos..
      Nunca é demais variar, esse filme é muito bonito.
      Se tiver oportunidade assista!
      beijo

      Excluir
  2. Gosto da diferença em filmes franceses e esse chamou atenção pela premissa do ensino, do professor dedicado e de como ele realmente quer mudar a vida desses alunos. É bonito. E ver que utilizou uma obra como Os miseráveis pra influencia-los só me chamou foi mais atenção. Sou doida pra ler esse livro. Achei legal a referência.
    Pode ser um filme bem interessante pra se ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane!
      Sim, ele gosta e sente prazer em ensinar. O jeito que ele usou Os Miseráveis para influenciar os alunos foi muito interessante, conseguiu despertar neles a vontade de ler o livro, porque nenhum deles queria ler.
      Também tenho vontade de ler esse livro, mas não sei se iria conseguir, acho que no fundo sou meio preguiçosa como os alunos dele hahaha
      beijo

      Excluir
  3. Oi Raquel,
    Só vi um filme francês ate hoje, mas sua resenha sobre esse filme me deixou curiosa e fiquei interessada em assistir, em breve pretendo ir assistir obrigada pela dica =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Stephanny!
      Qual filme você assistiu?
      Se assistir esse me diz o que achou, ficou feliz que a resenha tenha te deixado curiosa..
      beijo

      Excluir
  4. Já vi essa premissa em outro filme que me fugiu a memória agora, hehe Não sabia da sua estreia, como disse, a divulgação é bem pouca portanto, não sei se irei assistir mas, já anotei a indicação. Com certeza, uma boa lição será apresentada.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/916005544678146048

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Acho que sei a qual filme você se refere, seria "Ao mestre com carinho"? eu não assisti esse filme, mas minha mãe sim e pelo que ela me contou a história tem algumas semelhanças.
      Não fazem muita divulgação de filmes franceses, o que acho uma pena...
      beijo

      Excluir
  5. Oi Raquel,
    Eu gosto de filmes franceses, não assisto a muitos, mas quando vejo uma boa recomendação sobre algum anoto para assistir em algum momento. O melhor professor da minha vida me lembrou alguns outros filmes com a mesma temática e eu adoro acompanhar este tipo de história. Eu sempre digo que ser professor requer muito amor e dedicação, pois muitos professores precisam conseguir passar para os alunos a vontade de aprender e de querer ser alguém na vida, incentivo que a maioria (principalmente na periferia) não recebe em casa. É uma trama muito interessante e vou querer assistir, com certeza.

    Twitter: https://twitter.com/GisahSLopes/status/916019230289661952

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gislaine!
      Olha você relatou o que muitos amigos professores já me disseram várias vezes...
      Os alunos hoje em dia, principalmente, não tem vontade de aprender, não querem ser alguém na vida. Infelizmente essa é uma grande verdade...
      Você chegou assistir? Caso tenha me diga o que achou.
      beijo

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi.
    Que preguiça mais interessante eu estava pensando agora e realmente concordo com você os filmes americanos fazem maior sucesso do que os fraces, porque eu particularmente não me lembro de ter aassistido filme francês.
    Eu adoro o que ele traz uma mensagem de que não devemos ficar estagnado na vida e isso foi o que mais me chamou atenção, espero gostar pois pretendo assistir.
    Bjs.

    Divulgação: https://plus.google.com/+marlenecanceiçao/posts/6HBAM2nn4um

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marlene!
      A premissa do filme é bem interessante. Talvez você já tenha assistido "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", gosto bastante desse filme.
      Não ficar estagnado na vida é uma coisa que as pessoas deviam por em prática, penso que estamos muito acomodados...
      Tomara que você assista e goste!
      beijo

      Excluir
  8. Oii Raquel ;)
    Adorei o trailer do filme, fiquei com muita vontade de ver! Estudei francês por um tempo e sei que é uma língua difícil de entender, mas adoro ver filmes estrangeiros, então amei sua indicação. as vezes ficamos tão focados em ver os "clássicos" filmes americanos, que perdemos oportunidades ótimas de conhecer outra cultura.
    Acho que o professor François Foucault vai aprender muito trabalhando nessa outra escola, assim como os alunos irão aprender com ele. E que legal que ele os incentiva a ler *-*
    Enfim, acho que vou adorar a mensagem que o livro passa... quero ver o filme em breve!
    Bjos

    Divulgação: https://www.facebook.com/isabelacarvalho.isabela/posts/1521116864636293

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela!
      Que legal você ter estudado francês! Acho muito bonita a pronúncia deles e deve ser bem difícil mesmo rs
      Somos bombardeados pelos "clássicos" americanos, por isso não damos muita oportunidade para as outros idiomas e temos tantas culturas interessantes espalhadas pelo mundo...
      Espero que assista e que goste do filme!
      beijo

      Excluir
  9. Achei interessante o filme ainda mais por retratar a escola pública e seus alunos, ver as diferenças entre as duas escolas é uma comparação com a vida real. Gosto quando os filmes passam mensagens nos deixam refletindo sobre elas, deve ser um grande incentivo para não desistirmos das dificuldades encontradas pelo caminho.

    https://twitter.com/maria64896321/status/916041523740991488

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria!
      Dá para ver nitidamente essa diferença entre a escola pública e a particular, principalmente na questão da infra-estrutura e na maneira como o ensino é conduzindo nas duas escolas.
      E sim não devemos desistir apesar de todas as dificuldades que encontramos.
      beijo

      Excluir
  10. Eu também não conhecia nenhum dos atores do filme. Confesso que histórias assim não costumam me interessar muito, mas eu gostei do trailer, achei legal a mensagem que o filme passa. Mas esse filme não lançou aqui nos cinemas da minha cidade, e acho que nem vai lançar. Então só devo assistir quando sair em dvd =/
    Bjss ^^

    Divulgação: https://www.facebook.com/pamela.mendes.39395/posts/863190557191641?pnref=story

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela!
      De qual cidade você é?
      Também não conhecia nenhum dos atores...
      Quando assistir me diz se gostou!
      beijo

      Excluir
  11. Vi uma lera falando sobre esse filme ontem no Instagram.
    Muito bom saber do que se trata.
    Adoro filmes que abordam o sistema educacional de diferentes formas.
    Já quero assistir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilhado no Twitter: https://twitter.com/SamyACS/status/916475016740589568

      Excluir
    2. Oi Samanta!
      Esse filme é uma boa forma de retratar o ensino nas escolas públicas, acho que você vai gostar!
      beijo

      Excluir
  12. Oi, Raquel!!
    Só pelo trailer do filme dar para notar que esse filme é bem interessante e ao mesmo tempo bem realista!! Adoro filmes que conta a realidade do que esses guerreiros chamados professores enfrentam!! Amei a indicação desse filme maravilhoso!!
    https://twitter.com/Martaizabeln/status/916130441823969282

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta!
      Eu achei bem realista e sim os professores são guerreiros, pois nos dias de hoje enfrentam cada coisa...
      Se assistir me conta como foi.
      beijo

      Excluir
  13. Não tenho costume a assistir filmes franceses, e não conheço nenhum dos atores também haha
    Parece ser um filme bem interessante, porém não é um gênero que eu consiga parar pra assistir pois gosto de um bom suspense.
    Ótima crítica.

    beijos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicole!
      O filme é bem interessante, também não conhecia nenhum dos atores. Confesso que não é meu gênero de filme, porém as vezes gosto de variar um pouco. Se puder dê uma chance aos outros gêneros, você pode gostar de algum outro também!
      beijo

      Excluir
  14. Raquel!
    Achei a premissa do livro um tanto similiar ao filme Ao mestre, com carinho, onde ele se utilizava de alguns artifícios para fazer com que os alunos se interessassem pelas aulas e por estudar.
    Os filmes franceses costumam ter uma dinâmica diferente e por vezes podemos estranhar, mas é bom variar e conhecer algio novo.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    https://plus.google.com/111194092799975896009/posts/ZTr4Wt6ibob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudynalva!
      Quando assisti também me recordei deste filme, nunca assisti, mas minha mãe me contou sobre ele.
      Concordo sobre a dinâmica ser diferente, é algo com o qual não estamos acostumados, mas vale a pena sempre dar chance a algo novo, né?
      beijo

      Excluir
  15. Nunca vi nenhum filme francês e confesso que não sei se quero ver.
    A língua é bem difícil mesmo.
    A história até que é legal e chama um pouco de atenção, porém ultimamente estou vendo pouco filmes então dou preferências para aqueles que estou desesperadamente doida para ver.

    https://twitter.com/Of_Watson/status/916802722413924352

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Herica!
      Se tiver oportunidade, assista para poder fazer comparação aos americanos e também para variar um pouco.
      Te entendo sobre dar preferência aos que realmente queremos assistir rs
      beijo

      Excluir
  16. A história é encantadora, mas o fato de ser francês desanima um pouco justamente por estar acostumada com os americanos mesmo. Adorei a forma como escreveu, vou tentar assistir ao filme e volto aqui pra dizer se surpreendeu ou não

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana!
      Entendo o desânimo, estamos muito enraizados no inglês, então qualquer outro idioma nos causa desânimo, acontece comigo as vezes. Caso tenha assistido, me fala o que achou.
      beijo

      Excluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta