Menu

{ #RESENHA } ATÔMICA: A CIDADE MAIS FRIA A GRAPHIC NOVEL QUE INSPIROU O FILME

26 setembro 2017

 Autores: Antony Johnston e Sam Hart | Tradutor: Érico Assis  | Editora: DarkSide®  | Edição: 1a |  Especificações: 176 páginas, capa dura | Dimensões:  16 x 23 cm | Adicione ao Skoob 

A história de "ATÔMICA: A CIDADE MAIS FRIA" se passa próximo a queda do muro de Berlim, no cenário em que a Guerra Fria estava num ponto decisivo: ou acabava ou definitivamente se tornava a Terceira Guerra Mundial. Uma agente secreta do governo britânico é mandada para investigar a morte de um outro agente e o suposto sumiço de uma lista com nome de todos os agentes secretos ativos em Berlim, em uma cidade onde ela nunca havia ido e  em um cenário da qual ela nunca participou, onde amigos e inimigos são quase impossíveis de se distinguir.




As duas Berlim, tanto ocidental quanto a oriental, estavam em ponto de ebulição clamando pela liberdade, criando cada uma sua própria maneira, uma contra-cultura dos valores impostos pelos governos vigentes. Ruas cheias de protestos, onde qualquer um pode ser um espião duplo ou até mesmo triplo e informações valem mais do que a própria vida dos envolvidos. Inglês, russos, alemães, franceses e americanos, todos em busca da tal lista, em um jogo de gato e rato em que não há heróis e nem vilões. Berlim se mostra um cenário perfeito para um jogo de intrigas e espionagens.


"ATÔMICA: A CIDADE MAIS FRIA" tem um clima de espionagem bem anos 70 que dita o tom da trama, onde ninguém é o que parece ser e todos tem um segundo interesse. A agente do MI6 tem que tomar sua próprias decisões e seguir seus instintos para sobreviver nesse cenário.


Salta aos olhos a arte em preto e branco que dá o tom certo a Berlim, uma cidade fria e sem detalhes, onde só a ausência do certo ou errado é notada.  Bem escrita, com ritmo lento (mas perfeito para a trama que esta sendo contada) e desenhada em preto e branco, ela reforça o clima noir. A arte simples, porém marcante, do ilustrador Sam Hart, é perfeita para história pois complementa e não ofusca o argumento do escritor. A grande sacada do ilustrador é o fato de não ter detalhes que tirem sua atenção da trama principal, como por exemplo o fato da grande parte dos coadjuvantes da obra não ter o rosto desenhado. Por outro lado, o ilustrador representa bem a aparência frágil da espiã "Lorraine Broughton" que tem como características a inteligência, sagacidade e ser de poucas palavras, o que mostra que ela tem o perfil exato para a missão


Como um leitor experiente e acostumado com a trama de super-heróis, em maioria norte-americanos, senti falta de ação nessa história. Mas acredito que a DarksideBooks acertou em trazer este novo estilo literário para os quadrinhos nacionais. Com arte e argumentos bem diferentes do usual, a graphic novel em capa dura e do tamanho de um livro facilita a leitura. Por ser um estilo diferente, que não estou acostumado, demorei algumas páginas para entrar no clima da história, mas, após esse começo, absorver os fatos foi natural.



Essa resenha foi feita por Hugo Pimenta, meu irmão, colecionador de quadrinhos a 30 anos. 

comentário(s) pelo facebook:

20 comentários:

  1. Oi Hugo.
    Adorei sua resenha, não me julgue, mas eu não leio Graphic Novel nem nada do gênero, não foi por falta de tentativa, é que eu realmente não curtir.
    Enfim, é uma pena que sentiu falta da acão, mas infelizmente acontece, achei interessante a ideia dela ter a mesma proporção que um livro normal, isso como você falou deve facilitar muito a leitura.
    Eu não sei bem o que é espionagem dos anos 70, mas eu curto investigação, por isso essa foi uma das partes da resenha que mais me chamou a atenção, enfim, gostei mas não sei se leria.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Olá, além do magnífico padrão DarkSide presente na obra, a GN chama atenção por ser mais séria e sombria que os quadrinhos usuais, conferindo à história um clima paralelo ao período da Guerra Fria. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Quadrinhos + Noir + Guerra Fria + Agentes Secretos = maravilha demais
    Eu confesso que adoro esse tipo de comic e essa parece ser perfeita, sem ação, mas toda cabeça, bem escrita, bem desenhada e com uma personagem feminina como protagonista. Adorei, quero um pra mim. Atômica parece ser incrível u.u

    ResponderExcluir
  4. Hugo!
    Tive oportunidade de acompanhar o final da Guerra Fria e a derrubada do muro de Berlim e ver que o filme remete a essa época e traz um enredo de ação e espionagem fabulosos, me deixou com a maior vontade de ler, principalmente por ser uma Grafic Novel que fica melhor o entendimento.
    Quero muito poder assistir o filme porque dizem que está de arrasar.
    Desejo uma semana maravilhoso!!
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Hugo!
    Nunca li nenhuma graphic novel, e confesso que apesar de ter amado essa edição da DarksideBooks - com capa dura e ilustrações em preto e branco - prefiro conhecer a história da Lorraine Broughton através do filme Atômica ao invés de ler a história em quadrinho...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu não sou acostumada a ler Graphic Novels, nas verdade devo ter lido duas, no máximo, mas essa me chamou atenção porque eu gostei muito da filme Atômica. A edição da Darkside está incrível, como sempre, mas ainda fico com pé atrás por não gostar tanto desse formato. Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante o período da história e a coisa de missão e tal acaba me chamando atenção. Parece o tipo de trama que prende a gente, da uma curiosidade boa pra ver como tudo vai se desenrolar. Legal também que até a arte ali no livro contribui com o clima da história. Parece dar uma ideia boa daquele tempo, do clima que a trama quer passar mesmo. Isso acaba dando um tom mais verdadeiro pra história, sei lá. Me parece fácil de se jogar nesse mundo. Não leio muita coisa do tipo mas ele chamou atenção. E dessa editora a gente sabe que o capricho da gosto de ver, então só ajuda.

    ResponderExcluir
  8. Ah, que legal, é como se fosse uma história em quadrinhos.
    Vi a adaptação e a personagem é ótima, ação do começo ao fim, um filme bem movimentado, mas vc sentiu falta de ação.
    Gosto muito desse capricho que a DarkSide tem com suas obras.

    ResponderExcluir
  9. A Darkside não reconhece limites de beleza em suas edições ne?!
    Esteticamente falando: lindo!
    Acho que finalmente vou me render aos HQ, graças a essa editora. Esse é o segundo que despertou meu interesse.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Infelizmente ainda não li nenhuma graphic novel, mas confesso que amei essa edição da Darkside o que me despertou interesse em ler esse livro e assistir o filme que ainda não vi por falta de tempo. Já vou adicionar ele na minha lista de desejados rsrs obrigado pela resenha =)

    ResponderExcluir
  11. Olá Leh! Esse livro é perfeito! Capa lindíssima, ilustrações bem feitas, tudo no padrão Darkside que a gente ama. A trama também é incrível pois aborda fatos históricos, o que eu adoro. Ainda não vi o filme mas o livro será um complemento ótimo. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Adoro história de espionagem, mas não tenha nenhuma experiência com grafic novels, então se em algum momento quiser me aventurar em algo do gênero acho que Atômica será a leitura ideal. Quando a mulher é bem representada em uma história, sendo uma personagem forte e de coragem, já chama minha atenção. Lorraine será posta a prova com uma missão difícil, onde seu instinto será sua maior arma. O trabalho gráfico da grafic novel é simples, mas acho que casou bem a proposta da trama, principalmente por ser em preto e branco. A Darkside, mais uma vez, está de parabéns pelo belo trabalho na edição deste exemplar.

    ResponderExcluir
  13. Não assisti ao filme, mas queria muito!
    Adoro filmes de ação e ainda é do Muro de Berlin! Adoro muito história!
    Porém esse livro parece meio parado! Mas mesmo assim quero ler.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  14. Eu estou com bastante vontade de ver ao filme! Confesso que tenho mais vontade de ver o filme do que ler o livro, não sou muito fã de quadrinhos. Mas o livro também parece ser ótimo, e essa edição está muito linda! Acho que vou ler esse livro também =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  15. Olha o Hugo aê gente! Colecionador de respeito, se sumir algumas HQ's da coleção ele já terá alguém pra acusar, hehe Darkside como sempre dando show! Capa, ilustração, detalhes, tudo no padrão que a gente já conhece e ama. A trama aborda fatos interessantíssimos (Matéria favorita da minha pessoa, História <3) e que bom o acerto mesmo sentindo falta da ação e sim o acerto "cabeça". Enfim, ótima resenha! Parabéns Hugo!!

    ResponderExcluir
  16. Fiquei bem curiosa pra ler, adoro esse clima de espionagem e e esse mistério em volta dos personagens sem sabermos em quem se pode confiar, atiça a curiosidade, parece uma verdadeira busca pelo poder, pena que teve pouca ação é um dos quesitos que gosto bastante ainda mais em uma trama assim.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Hugo!!
    Muito legal a sua resenha com relação a essa Grafic Novel!! A edição está arrasadora, a editora Darkside está investindo pesado nessa nova área e vem trazendo lançamentos incríveis!!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  18. Olá! Tudo bem?
    Primeiro devo dizer que a Darkside arrasou na edição do livro. Está maravilhosa!
    Não sou de ler muita GN, mas acho que leria este. Gostei muito das ilustrações e da premissa. Ainda não vi o filme, mas acho que vou esse fim de semana.
    Gostei bastante de sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Olá! Confesso que não curto HQs não. Acho uma leitura super válida e tal, mas o estilo não consegue me prender na história. Achei o plot interessante, mas eu preferiria que fosse um livro em prosa, rs. Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oi! Vamos por partes: que trabalho lindo de apresentação desta obra, que legal da editora trazer mais este formato de literatura e que bom conhecer o trabalho que inspirou o filme.

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta