Menu

ATÔMICA 2017 | CRÍTICA

08 setembro 2017

Distribuidora: Universal Pictures | Estreia: 31/08/2017 | Gênero: Ação, Espionagem | Duração: 1h55 | Orçamento: $30 milhões

Semana passada teve estréia no cinema para os amantes do filme de ação. “Atômica”, estrelado por Charlize Theron (que tem no currículo produções como "Mad Max: Estrada da Fúria", "O Caçador e a Rainha do Gelo" e "Prometheus"), se passa na Berlim de 1989, ano em que o mundo ainda enfrentava a Guerra Fria e em que um muro dividia a cidade alemã em oriental e ocidental.

Charlize interpreta Lorraine Broughton, uma agente do MI6 que recebe a missão de investigar o assassinato de um colega na cidade. Seu contato em Berlim é David Percival (James MacAvoy), chefe de localidade que está infiltrado há algum tempo. Além das investigação, Lorraine também tem que recuperar uma lista de agentes duplos que o governo britânico deseja. 

O longa é baseado na graphic novel, escrita por Antony Johnston e ilustrada por Sam Hart, "Atômica: a cidade mais fria" lançado no Brasil em setembro pela editora Dark Side Books.



"Atômica" já começa nos apresentando a agente em uma banheira com o corpo cheio de hematomas. Logo, descobrimos que a história irá se passar por meio de flashback, enquanto a agente conta em depoimento o que aconteceu em Berlim. 

O longa possui cenas de ação bem elaboradas e não deixa nada a desejar para o trailer, entregando tudo o que ele promete e até um pouco mais. Lorraine é aquela agente durona que em cima do salto acaba com várias pessoas ao mesmo tempo. Uma coisa boa para a representatividade feminina, como mulher forte, guerreira e inteligente.

O estilo da personagem me lembrou muito a outra mulher forte das telonas: Beatrix Kiddo, conhecida como "A Noiva", interpretada por Uma Thurman no clássico Kill Bill de Tarantino. Assim como Lorraine, Beatrix acabava com várias pessoas ao mesmo tempo com cenas impressionantes de ação.

Outro aspecto semelhante a este filme, foi o detalhe do sangue, que não chegou a jorrar como no clássico mas foi bem expressivo. Um detalhe bom de "Atômica", foi o respiro para o espectador entre as cenas de ação e a sala de interrogatório tranquila, onde a cena volta para o presente quando Lorraine está contando a história. 

O contexto histórico, com a montagem da fotografia, figurino, maquiagem (o realismo dos hematomas foi incrível) e até mesmo trilha sonora (que teve clássicos do anos 80 como "Sweet Dreams" da dupla britânica Eurythmics e "Under Pressure" da banda Queen feat David Bowie), conseguiu familiarizar o espectador no que aquelas pessoas viveram naquela época, dias antes do muro de Berlim cair. 

Com um final excelente e cheio de reviravoltas, o longa certamente é uma ótima opção para ver nas telonas. Uma curiosidade do filme é que Charlize, quase não usou dublê e encarou treinos pesados para viver a personagem. James McAvoy, tem em seu currículo personagens como Charles Xavier, nos filmes X-Men: Primeira Classe, Apocalipse e Dias de um Futuro Esquecido. 

O diretor David Leitch também trabalhou a frente de grandes produções como “De Volta ao Jogo”, e “Atômica” deixa uma boa sensação para os seus próximos trabalho, como o segundo filme de Deadpool.


O blog Coisas de Mineira levou sete de seus leitores para a pré-estreia do filme dia 29, terça-feira, na sala do Shopping Boulevard, e vou deixar aqui abaixo a opinião de alguns deles para tornar a crítica ainda mais real:

"Atômica é um filme de ação, com uma dose de humor impossível de não gostar. Uma fotografia maravilhosa e uma trilha sonora recheada apenas por sucessos dos anos 80 que, particularmente amei! Charlize Theron maravilhosa, da um baile de atuação juntamente com James McAvoy. Adorei o filme do começo ao fim. Espero que tenha um retorno às  telonas. " 
Carol Campos

"O filme tem o tipo de história que te faz questionar quem é o vilão é quem é o mocinho. Pois nem sempre as coisas são como aparentam. Algumas cenas do filme me lembraram Kill Bill e Os Oito Odiados do Tarantino. Gostei muito, pois sou fã de filmes de ação e curti muito a história do filme."

Raquel Carvalho 

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. ♪♫ Sweet dreams are made of this… Who am I to disagree? ♫♪ Ain meus deuses só de saber que tem essa baladinha da minha vida no filme, a Charlize, o James e essa pegada super foda eu já tô louca pra ver o filme – lê-se esperar a TV Aberta liberar. Essa resenha crítica me deixou alucinada. E a comparação com Kill Bill também. Meus deuses meninas assim vocês me matam viu u.u atômica chegou pra explodir a porr@ toda e não duvido que esteja maravilhoso como vocês disseram ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá, como gosto de filmes que se passam em um dado período histórico já fiquei com vontade de ver, sem contar que a atuação de Charlize Theron não decepciona, ela realmente se entrega ao personagem. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sou fã de filmes de ação, apesar de fazer um tempão que asssisti algo do gênero, mas vou anotar essa dica e remediar isso com Atômica, amo o clássico Kill Bill de Tarantino com Uma Thurman e se Lorraine te lembrou Beatrix Kiddo esse filme deve ser muito bom mesmo!
    Valeu pela dica.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Como uma boa cinéfila, eu já assisti ao filme e concordo que ele é muito bom. As cenas de ação são de tirar o folego. A Charlize Theron é, para mim, a atriz mais Bad ass de Hollywood, adoro os filmes dela e esse não foi diferente. Recomento a todos que gostam de um bom filme de ação. Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Já fiquei muito curiosa em relação ao filme e já vou tentar assistir amanhã que é domingo! Assim aproveito e vejo logo It tbm!
    Adorei saber do contexto dele e que tem uma protagonista feminina bem forte atuando no meio dessa trama. Eu adoro a atriz.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana.
    Eu ainda não tinha ouvido falar do filme, porém achei bem interessante.
    O fato de que ele é baseado em uma graphic novel é ainda mais intrigante a maquiagem realmente parece real, imagino como não deve ter sido esse treinos hem, para não precisar de dublê, enfim gostei e acho que vou assistir.
    bjs.

    ResponderExcluir
  7. Eu quero assistir adoro ação e esse parece que esta no capricho nesse quesito e em outros também inclusive na personagem adorei ela por ser forte e destemida, parece ter muita adrenalina que coragem quase não ter cenas com dublê.

    ResponderExcluir
  8. Elisa!
    Não tive oportunidade de ler a Grafic Novel, mas sei que quero assistir o filme.
    Não apenas pela Charize de quem sou fã de carteirinha, mas também pela trilha musical dos anos 80, todas as bandas que amo e regaram minha adolescência...
    Deve ser um tremendo filme de ação e gosto de filmes nesse estilo.
    Achei bacana o blog levar 7 leitoras para assistir, parabéns!
    Desejo um ótimo final de semana!!
    “A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma.” (Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  9. Esse filme primeiramente me chamou atenção pela atriz. Gosto dos filmes que vi com ela e sempre me dá aquela vontade de ver mais alguma produção com a Charlize. McAvoy foi outro que achei interessante e contribuiu com aquela vontade de assistir. A trama com um contexto histórico também me chama atenção porque adoro ver umas coisas assim, algo que brinque com tempos de Guerra ou fale de alguma coisa que aconteceu e etc. Dá aquela pontinha de curiosidade pra ver que história inventaram encima disso. Gostei que a trilha sonora dele tenha esses clássicos também.
    O graphic novel tem me chamado atenção, mesmo que não leia muita coisa no estilo, mas com tudo que estão falando dá vontade de saber mais. Parece uma boa história. Se vai dar pra ler ou ver tão cedo não sei, mas me deixou com vontade de conferir.
    E que sorte dos leitores que puderam conferir na pré-estreia heim!

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana,
    Por ser um filme estrelado por Charlize Theron, já quero assistir, pois gosto muito de suas atuações, mas, também, porque a proposta do filme me parece ser bem atrativa. Adoro histórias que envolvam espionagem, agentes infiltrados e muita ação e, neste ponto, Atômica parece ser o filme ideal que reúne todos esses elementos e uma grande produção. A história ser contada em flashbacks achei uma ótima escolha, pois faz com que o filme tenha um bom equilíbrio entre as cenas cenas. É um longa que pretendo assistir, com certeza, e espero que seja logo.

    ResponderExcluir
  11. Realmente não gosto de HQ , e apesar de amar a DarkSide não sei se vou comprar, mas estou louca para ver o filme.
    Também não sou fã de filmes de ação, mas é Charlize Theron (maravilhosa), então necessito assistir.

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    É um filme que me chamou muita atenção ainda mais que adoro filme de ação e a Charlize Theron está no filme me despertou ainda mais a vontade de ir ver, não sou muito fã de filmes que se passa em flashbacks mas espero gostar desse.

    ResponderExcluir
  13. Olá Ana Elisa! Gosto muito de filmes de ação e achei essa uma boa dica. Com todo esse cenário histórico, girl power e essa atriz diva a trama fica irresistível. A atriz realmente quis viver toda a experiência do filme dispensando dublês em algumas cenas. Adorei a iniciativa do blog de presentear os leitores com os ingressos. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu conheci esse filme a pouco tempo, e fiquei sabendo que tinha os quadrinhos também. Já fiquei bem interessada nele. Achei essa história muito boa! E eu gosto bastante da Charlize Theron, e pelo jeito ela fez um trabalho incrível nesse filme. Já quero muito assistir ele e quero ler os quadrinhos também =D
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Vi o trailer o filme e gostei muito. Gosto de filme que contem muita ação e ainda sobre espionagem. Ainda não li a HQ e pra falar a verdade não me interessei muito. Mas gostaria de ver o filme.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Trailer parece ser muito bom, ainda não li a HQ, que pelo que eu vi a edição esta maravilhoso.

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta