Menu

{ #RESENHA } A GRANDE ILUSÃO - HARLAN COBEN

31 julho 2017

Autor: Harlan Coben | Ano: 2017 | Páginas: 304 | Editora: Arqueiro | Gênero: Crime, Ficção, Suspense, Mistério | Adicionar ao Skoob

Quando peguei em minhas mãos outro livro do autor Harlan Coben, eu que já havia lido Detalhe Final, meio que tive certeza que iria gostar da leitura. E realmente gostei! Se você gosta de suspense, com aquele ar de perseguição policial, guarde esse nome, pois é uma super dica! E se você já ouviu falar ou já leu algo dele certamente estará concordando comigo, porque de verdade, ele é bom!

Na trama encontramos Maya, uma ex-militar que atuou como capitã do Exercito Americano, mas que após ter vivido um conflito no trabalho passou a dar aulas de aviação. Logo no começo da história descobrimos que ela teve o marido executado a queima-roupa em uma provável tentativa de assalto. Acompanhamos os sentimentos dela durante o enterro e sua relação com Lily, a filhinha de dois anos, agora órfã de pai.

É justamente por se preocupar com Lily, que Elieen, amiga de Maya, a presenteia com um porta retratos digital equipado com uma câmera escondida. A intenção é que Maya tenha meios de verificar o comportamento da babá, garantindo que a filha estivesse sendo bem cuidada. O presente que deveria trazer tranquilidade a Maya acabou tendo um efeito completamente contrário. O mundo da personagem vira de ponta cabeça quando ao checar as gravações ela reconhece nas imagens Joe, seu marido morto.

Da pra imaginar o susto desta mulher? Acho que eu não saberia como agir no lugar dela. Mas Maya é forte, decidida e mais que depressa parte pra ação. Tudo o que eu contei até agora é apenas o começo, pois os acontecimentos vão bem além... A partir daí a personagem vai fazer o possível e o impossível para ir atrás da verdade e descobrir o que realmente aconteceu. Mistério e adrenalina preenchem as páginas e eu me mantive presa à leitura.


... Ela ainda precisaria levar sua investigação até o fim.
“A verdade liberta” era o que dizia a sabedoria popular. Se não libertava, Pelo menos contribuía para um mínimo de justiça no mundo... Pag. 269

Maya é uma figura muito interessante. Gostei de ver sua postura durona um pouco suavizada nos momentos em que ela se derretia pela filha ou tentava proteger os sobrinhos como uma mãe. Também me chamou atenção o fato dela ser uma veterana de guerra, ter lembrança e traumas dessa fase que parece ter sido bem difícil. Sabemos que ela passou por algo no passado e que essa situação ainda a assombra, fazendo com que tenha recordações ruins.

Achei a escrita envolvente, o texto fácil e cheio de revelações que nos são entregues aos poucos, despertando nosso interesse e nos prendendo até o fim. Gostei da capa. Passa bem a ideia de uma mulher aflita, sem saber em quem confiar. Nas páginas não há muito enfeite, nenhum tipo de floreio, mas a letra tem um tamanho bom e as páginas amarelas tornam a leitura agradável. Li bem rápido!


É fantástica a maneira como o autor vai inserindo na trama novos personagens, novos fatos, novas revelações... Coisas aparentemente desconectadas, mas que no fim casam perfeitamente. Vamos lendo como quem recebe peças de um quebra-cabeça. A curiosidade aumenta a cada capítulo e pequenas surpresas vão abrindo caminho para a grande revelação final.

E que final... Harlan Coben sendo Harlan Coben, pois não foi à toa que o cara ganhou o título de “O Mestre das Reviravoltas”. Lá no finalzinho a trama dá aquela mudada e surpreende. Não sei como será para os outros leitores, mas eu sinceramente não esperava o que aconteceu. Isso é muito legal, faz com que a experiência seja ainda mais gostosa. Não é meu gênero favorito, mas me agrada bastante sempre que resolvo variar um pouco em minhas leituras. Recomendo! Beijo da Nat.

comentário(s) pelo facebook:

19 comentários:

  1. Ah, estava ansiosa para ver uma resenha desde livro, me chamou atenção quando vi que seria um dos lançamentos e não podia ser melhor. A trama é envolvente, te prende, gosto desse jeito e já fiquei sabendo de uma adaptação cinematográfica com a Julia Roberts, terei que ler antes desse filme sair... curiosa para saber o final e ver o motivo do autor ter o titulo de Mestre das Reviravoltas. Adorei as fotos mas, essas páginas queimadas, que dó que dó, haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,
      Que bom que gostou, fico feliz!
      Não sofra pelas páginas queimadas rsrs
      Beijo

      Excluir
  2. Nathalia!
    O Harlan Coben tem esse poder na escrita que nos envolve e nunca entrega nada de mão beijada, sempre temos reviravoltas inacreditáveis.
    Confesso que também não baberia como agir se me deparasse com uma situação que Maya encontrou ao ver as fitas, bom que ela foi atrás de respostas e ainda teve de superar seus traumas da guerra.
    Deve ser um livro mais que eletrizante e sua resnha foi muito bem feita.
    Desejo uma ótima semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy,
      A escrita dele é mesmo excelente!
      E que bom que a resenha agradou, obrigada!
      Beijo

      Excluir
  3. Este e um dos poucos livros deste autor que me despertou interesse, porque me pareceu ter uma trama muito bem construída, envolvente, surpreendente e cheio de revira voltas. Imagino a cena a mulher encontra o marido morto, por um aparelho que iria lhe ajudar a cuidar do filho, e ainda me pareceu bem forte, pois ela quer a todo custo desvendar este mistério. Já estou ansiosa para conhecer este final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana
      Espero que a história lhe agrade
      Boa leitura!
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Nathalia!
    Sua resenha ficou ótima, gostei mto.
    Eu não tinha lido resenhas desse livro, achei bom o enredo, eu lamento ainda não ter lido nenhum livro do autor, quem sabe em breve consiga ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      É muito bom saber que você gostou
      da resenha. Obrigada pelo retorno!
      Tomara que você tenha oportunidade de
      apreciar uma obra do autor! Beijos

      Excluir
  5. Nos últimos eventos só vi o povo babando por esse homem e quando as meninas disseram sobre ele com o apoio da editora no último clube meus deuses eu dei um mini surto. O enredo parece mais do que surpreendente. Eu imagino que talvez Maya tenha TEPT (Transtorno de Estres Prós-Traumático) mediante seu tempo de combate. Mas ver que ela mesmo sendo um soldado, continua mãe, mulher, sensível, amorosa e desejosa de afeto é incrível. Gostei da sua resenha e dá vontade mil de ler já que o gênero mistério policial + romance é um dos meus preferidos u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara,
      Que bom que gostou da resenha!
      No seu caso que gosta do estilo
      O autor é uma boa aposta!
      Espero que agrade! Beijos.

      Excluir
  6. Oi Nathalia,
    Não dúvidas da qualidade do trabalho de Harlan Coben, pois sempre vejo comentário positivos sobre eles, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum. Um suspense já chama minha atenção, mas quando ele vem com a proposta de um possível caso sobrenatural (isso é minha imaginação falando), fico ainda mais curiosa para ler. Vou dizer que de cara gostei da protagonista, pois ver uma personagem feminina militar não é muito comum nos livros. Vou começar a fazer uma lista de livros do autor que quero ler e, com certeza, A Grande Ilusão estará entre eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gislaine,
      A protagonista é mesmo muito interessante!
      Tomara que você leia e goste da trama.
      Beijos

      Excluir
  7. Li um livro do autor e adorei, esse clima de mistério é tudo de bom, fiquei muito curiosa em saber o que aconteceu como marido da personagem, a trama parece ser envolvente daquelas que só conseguimos parar quando termina para saber o culpado ainda bem que o autor gosta de surpreender pois adoro isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria
      O livro realmente me envolveu!
      Eu também gosto bastante das surpresas
      do autor e espero que você também goste! Beijos

      Excluir
  8. Ainda não li nada do autor e nem conhecia o livro, mas parece ser realmente muito bom, se eu visse meu marido que até então estava morto, rondando pela minha casa, certeza que teria um infarto e minha filha ficaria órfã de mãe, não de pai, mas fiquei super curiosa para saber como é o fim do livro e conferir todas essas reviravoltas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Kkkkk realmente seria um susto digno de um piripaque!
    Experimente ler algo do autor, provavelmente irá gostar. Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Esse é um dos meus gêneros favoritos! Sou fã da escrita de Harlan Coben e amo colecionar seus livros. Ganhei esse livro em um sorteio, porém ainda não fiz a leitura. Gosto muito de enredos com investigação, mistérios e um final surpreendente. E os enredos dos livros desse escritor, são assim! Adoro!
    Resenha perfeita! Ótima indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Nat, tudo bem?
    Estou curiosa por este livro desde que li a premissa dele a um tempo atrás. Nunca li nada do Harlan, e sei que estou perdendo muitas histórias boas, por isso vou tentar dar um jeito nisso imediatamente. Fiquei bem intrigada pelo mistério e super feliz porque foi uma leitura positiva e surpreendente para você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Nathalia!
    É impossível ler algum livro do Harlan e não gostar. Adoro as tramas criadas por ele e suas reviravoltas. É o tipo de leitura que nos prende e surpreende. A Maya parece ser uma personagem forte e corajosa. Fiquei muito curiosa pra saber o que aconteceu com o tal "marido" rsrs. Mais um pra lista com certeza.
    Beijo!

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta