Menu

{ #RESENHA } A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH

26 julho 2017

 A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH
Subtitulo: A Fúria e a Aurora # 1  | Autora: Renée Ahdieh  | Ano: 2016  | Páginas: 336  | Editora: Globo Alt | Gênero:Ficção, Romance  | Adicione a sua lista do Skoob

"Uma centena de vidas por aquela que você tirou. Uma vida a cada aurora. Se você falhar uma única vez, eu lhe arrancarei seus sonhos. Vou tirar sua cidade de você.
E lhe subtrairei essas vidas, milhares de vezes."

Se você me acompanha nas redes sociais do blog, sabe que eu tenho uma quedinha por releitura de clássicos e que esse tipo de livro chama bastante minha atenção, sendo raros os que eu não goste. Então quando eu vi que a Globo Alt tinha publicado um livro nesse estilo, e que era sobre uma das histórias árabes mais fascinantes para o mundo inteiro, eu fiquei bastante curiosa em saber como a autora RENÉE AHDIEH tinha reescrito a história das As Mil e Uma Noites.

Em "A FÚRIA E A AURORA" conhecemos Sherazade, uma jovem de 16 anos que acabou de se candidatar ao casamento com o Rei Khalid de 18 anos, um menino cruel, frio e assassino, que todo o povo teme, e suas esposas são assinada a cada novo amanhecer.  Entretanto, diferente de qualquer outra menina que se casou com o Califa,  Sherazade tem um único objetivo em mente: se vingar, matando este monstro que cruelmente assassinou sua melhor amiga Shiva.

A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH

Para isso ela não medirá esforços, buscará sobreviver a uma nova aurora e assim encontrar a oportunidade para colocar seu plano em ação, amenizando o sofrimento de todas aquelas famílias que perderam suas filhas queridas.  Entretanto, o que Sherazade não imagina, é que por trás daquele mostrou cruel há um menino ferido que aos poucos vai conquistando seu coração. Sua determinação fica então abalada, pois há muito mais naquelas paredes de pedra do que ela poderia imaginar.

No início achei que Khalid era uma criança cruel, de cabeça vazia, que não se importava com ninguém, até que as páginas foram passando e eu fui descobrindo que disso tudo ele não tinha nada. Era um menino inteligente e estrategista, que não teve escolha em permitir a morte de suas esposas, e que fará de tudo para salvar a menina com ódio nos olhos que conta a ele uma nova história a cada noite. Sherazade é uma das personagens mais corajosas e determinadas que eu já li, sendo seu amor e fidelidade por aqueles que ama incríveis, ela fará de tudo para protegê-los. Mas isso não a torna uma personagem cega em suas crenças, pelo contrário, ela é calculista e observadora, muito diferente de seu marido que tem uma personalidade encantadora.

RESENHA DE LIVRO A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH

Quando li a sinopse de "A FÚRIA E A AURORA", na hora tomei medo e receio do Rei Khalid, pois ele mesmo sendo jovem já era um homem cruel e assassino que não se importava com ninguém. Até que li o prólogo e os capítulos iniciais, e a partir daí fui notando que havia muito mais nesse livro do que uma heroína tentando se vingar em nome de sua melhor amiga. E também que a crueldade do "monstro" estava enraizada em cresças e deveres que há muito o acorrentavam, e ele sequer tinha forças para sair disso. Este é um livro extremamente descritivo onde cada detalhe faz diferença na trama e onde seus personagens não são exatamente o que se vê à primeira vista, há mais em cada um que só ao longos dos capítulos você vai descobrindo.

No início achei a leitura um pouco cansativa pelo fato de ser muito descritiva, mas com o passar das páginas fui acostumando com a narrativa da autora e isso foi me conquistando, pois notei que precisava ser dessa maneira para que a história fosse bem contada. Há muitas palavras estranhas no enredo, para quem não está acostumado com o dialeto árabe (que foi o meu caso), então tive que voltar algumas vezes ao glossário para conseguir descobrir o que algumas palavras significavam, e outras só pelo contexto dava para entender.

RESENHA DE LIVRO A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH

O que mais amei nessa história foi o fato de que nada é o que parece e que, ao primeiro olhar, imagens tão sólidas na verdade são meras ilusões. A  trama central e o romance, juntamente com a intriga, a guerra, crenças e promessas de vingança são também o combustível que torna esse livro tão interessante e maravilhoso. Sua descrição rica em detalhes, como o cenário do deserto onde a história se passa, as características físicas dos personagens e do palácio, me deram a oportunidade de conhecer mais sobre uma cultura tão distante e diferente do que vivemos.

comentário(s) pelo facebook:

6 comentários:

  1. Sempre fico com receio de ler versões novas de clássicos, por vezes acabam "estragando" a beleza das histórias originais. Pela resenha, esse não parece ser o caso. Fiquei muito curiosa para ler!

    ResponderExcluir
  2. Sempre fico com receio de ler versões novas de clássicos, por vezes acabam "estragando" a beleza das histórias originais. Pela resenha, esse não parece ser o caso. Fiquei muito curiosa para ler!

    ResponderExcluir
  3. Sou o contrário, fico com o pé atrás com releituras mas, sobre o livro resenhado em questão, gostei. O famoso, não julgue alguém sem antes conhecer a sua história. Mesmo demorando para engatar na leitura, os personagens deixam suas marcas e a trama fica mais interessante quando próxima do fim, o desfecho me deixa curiosa. Gostei da indicação.

    ResponderExcluir
  4. Puxa, este lance de releitura de grandes clássicos, sempre deixa a gente meio apreensivo. Muitos autores e autoras conseguem bagunçar tudo, mas pelo que li acima, não foi o caso desta história.
    Como sou uma fã incondicional de romances, já fiquei meio que suspirando no começo. A briga interna, se vingar ou se permitir amar alguém tão denso e complexo?
    Quero muito poder conferir a história e saber o final, é claro.rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Gosto de releituras e quero ler essa, pois é bem elogiada, fiquei muito curiosa para saber o que acontece com essas esposas, gostei da personagem pois é destemida e determinada a descobrir o que acontece. Também gosto de saber mais sobre outras culturas.

    ResponderExcluir
  6. Releitura de clássicos é algo tão comum e mainstream nesse nosso mundo que quando leio já fico até temerosa de ser uma furada. Mas esse título tem me surpreendido porque uma pá de blogs tem vindo a falar dele e saber que tu o leu me deixa muito feliz e com anseio de o fazer. Ahh que sinopse massa, que enredo show, que desenvolvimento (conforme tu relata) que nos prende. Adorei a arte da capa e tudo mais u.u

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta