Menu

{ #RESENHA } NÃO É SÓ UMA HISTÓRIA DE AMOR - MARIANA SAMPAIO

15 março 2017

Resenha Blog Coisas de Mineira
Título: Não é só uma história de amor | Mariana Sampaio | Ano: 2016 | Páginas: 208 | Editora: Outro Planeta | Gênero: Romance | Adicione ao Skoob

Nesse livro, a autora e também youtuber Mariana Sampaio traz a história de duas garotas: uma se passa no passado e outra no presente. Na verdade, Cláudia é mãe de Laura, e a história do passado que é contada nos faz entender a reviravolta que ocorre logo no começo da história.

 “ – Poxa! Eu queria ter um terço do seu alto astral .
– Você tem. Taí dentro de você. A gente tem de tudo um pouco. Alegria, tristeza, esperança, medo, rancor, generosidade. Às vezes, é mais fácil cultivar nosso lado negativo. Mas eu insisto na alegria porque sou teimosa. A alegria é transgressora.”



Laura é uma garota que cresceu tendo o que queria. Mesmo morando em Santa Rita, uma cidade que ela classifica como “cafundós do Judas”, viveu cercada de muito amor e cuidado, até se mudar para São Paulo para cursar Comunicação Social. Ainda na faculdade, conheceu seu melhor amigo, Beto, e desde então se tornaram inseparáveis. Beto teve que dar duro para chegar à cidade grande, e essas diferenças que eles têm servem para manter a amizade ainda mais forte. Eles trabalham juntos numa emissora de TV, e, logo no começo do livro, estão em êxtase devido a promoção de Beto à “moço do tempo”. Entretanto, as coisas não saem exatamente como esperavam e no meio do caminho entre a casa e o estúdio, Laura conversava no celular com a mãe que diz ter uma algo importante para contar. Distraída, ela atravessa o sinal vermelho e um carro bate na sua lateral. Beto tem que ir, e a deixa conversando com o tal de Júnior, que é um ignorante sem precedentes. Mas não é que ele é bonitinho? E essa não será a última vez que eles vão se encontrar.

Enquanto isso, Cláudia está super interessada pelo garoto recém chegado de Londres na pacata Santa Rita. Ele tem aquele ar blasé que está tão na moda, soprando a fumaça do seu cigarro de lado, com o cabelo caído no olho. Ela faz de tudo para se mostrar parte do mundo dele, mas depois acaba descobrindo que ele não está interessado nela. Por causa dessa decepção, outro garoto consegue atrair a atenção dela. Mas enquanto ela não consegue parar de pensar no rebelde RenatoPedro está caidinho por ela. Por causa do humor do destino, os três acabam se tornando super amigos. Mas a vida dos dois traz certos planos que não se aplicam à Cláudia. O que acontecerá aos melhores amigos depois de idas e vindas?

Skoob

Não é só uma história de amor mostra como duas pessoas podem ser intimamente parecidas, mesmo vivendo em tempos diferentes. O que eu noto nesse livro é que ambas têm aquele espírito livre, sabe? São daquele tipo de pessoa que não consegue se contentar com pouco, nem ficar satisfeita a fazer parte de algo pequeno. A questão é que isso, isoladamente, é um aspecto muito interessante. Porém, no livro, Laura acaba se mostrando meio mimada, e quando ela toma uma decisão radical, tudo acontece muito bruscamente. Tudo começa a se encaixar e as coisas dão super certo, o que deixa o livro com um teor meio “sonhador demais”, quando era para ser um romance completamente crível.

Outra coisa que me incomoda no livro é a escrita. Os capítulos são intercalados entre o presente e o passado, e os capítulos que se passam no passado são os meus favoritos. Eles têm uma suavidade na escrita que não é vista nos capítulos passados no presente. Nestes a autora fez uso de uma linguagem bastante casual com gírias e expressões frequentes, com o objetivo de deixar tudo mais atual e mais próximo do real, eu imagino. Acredito que seja uma coisa muito particular minha, mas foi algo que me deixou totalmente decepcionada porque embora a história tenha um bom potencial, a linguagem “atual demais” pareceu forçada e não funcionou (bem, pelo menos não comigo).

NÃO É SÓ UMA HISTÓRIA DE AMOR - MARIANA SAMPAIO

“ – Taí uma frase que eu nunca tinha ouvido: ‘a alegria é transgressora’. Mas não é fácil ser transgressor no mundo que a gente vive.”

A edição é muito, muito bonita. A capa contém vários elementos que conversam perfeitamente com os fatos descritos no livro e o título em alto-relevo azul se destacou bastante no rosa, dando um ar bastante atual para o livro. As divisões entre passado e futuro ficaram lindas e a letra tem um ótimo tamanho, além das páginas serem amareladas, o que facilita bastante a leitura.

E vocês, ficaram interessadas para saber a história de Laura? 

comentário(s) pelo facebook:

20 comentários:

  1. A resenha está boa mas, o livro não me interessou. A história contada não me atraiu e esse fato de ficar uma hora passado outra hora presente é bem chatinho, linguagem atual demais também é um "Sabe a barra? Então, não força". Infelizmente, para esse livro eu diria: "Hoje não Faro", haha

    ResponderExcluir
  2. Lo!
    fiquei sim interessada, porque mostra o quanto a genética e forte e mãe e filha tem 'espíritos' parecidos.
    Quanto a questão da linguagem, acredito que a autora quis mostrar essa diferença do passado, para a linguagem atual, mais dinâmica e cheia de gírias.
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ela pegou um pouco pesado, mas isso também tem a ver com o jeito ocm que eu me comunico, que não parece em nada com a personagem. Deve ser por isso meu estranhamento!

      Excluir
  3. Sinceramente, a resenha não me prendeu não. Já sou meio pé atrás com livros de Youtubers. Sim, sou bem pé atrás com esses novos autores. E no mais, o livro só parece ter a capa bonitinha. Acho que o poder de intercalar passado e presente, é algo complicado e só Lucinda pode fazer isso, sem deixar ninguém confuso..rs
    Não digo que não lerei, mas agora? Não!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, amei a referência, e você está certa, nem todos sabem intercalar presente e passado com propriedade.

      Excluir
  4. Oi Lô,
    Eu já tinha lido resenhas deste livro e em nenhum momento me interessei por ele. Até acho legal essa ideia de contar a história de mãe e filha, conhecer suas vidas, seus amores e suas escolhas. Dá para ver que Cláudia precisou tomar uma grande decisão no passado, eu diria até que ela precisou fazer um escolha, algo que deu rumo e a direcionou para a vida que tem hoje. E acho que essa escolha tem a ver com o que ela precisa falar para Laura e este é o único ponto que me chamou atenção na trama. A edição está um amor, mas não pretendo realizar esta leitura.

    ResponderExcluir
  5. OI.
    Eu adorei essa premissa.
    Mas confesso que mesmo me concentrando em cada personagem que descreveu ainda estou confusa.
    Eu também não gosto quando os autores tentam por a linguagem atual demais e sai muito forçado, estou louca pra saber o que as indas e vindas trará para esses jovens.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um pouco confuso mesmo, Marlene. Como a história se passa no passado e presente, fica um pouco complicado assimilar

      Excluir
  6. Confesso que esse livro não me chamou muita atenção. Mas achei interessante esse negócio da escrita dele. Meio diferente. O tom do passado e do presente...Pode ser que a escrita toda atual me deixasse desconfortável também, tem umas coisas que podem soar forçadas mesmo, dependendo de como fazem, mas gostei dessa ideia de dar uma diferença para cada forma de contar as coisas.
    Mesmo que o livro não me chame muita atenção ainda é uma dica interessante pra se ter em conta.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lô!!
    Adorei a resenha mais o livro não chamou em nada minha atenção, talvez a capa que é bonitinha!! Mas só!! Então vou ficar só admirando a capa pois o conteúdo do livro quero passar longe!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, infelizmente tem livro que a gente gosta só da capa Marta!

      Excluir
  8. Oi Lô! Confesso que a história da parte da Laura me deixou meio receosa, mas sou uma louca do tipo que me interesso por ler qualquer livro para ver a experiência que ele vai gerar. Além disso, fico muito curiosa quando leio suas resenhas além de querer conhecer o que os autores brasileiros estão mandando com seus livros. Quando eu ler, espero tirar boas experiências das leituras. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lô!
    Não fiquei interessada para conhecer a história da Laura e nem a história da mãe dela, a Cláudia, a trama não despertou o meu interesse, sem falar nessa linguagem “atual demais" que a autora usou, se eu fosse ler Não é só uma história de amor, algo que não pretendo, não tenho dúvidas de que isso me incomodará também... Mas concordo com você, a edição Não é só uma história de amor é muito bonita.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem coisas que incomodam muito a gente, acabam atrapalhando a leitura!

      Excluir
  10. Oi Lo!
    Confesso que tenho um pouco de preconceito com livros de youtubers kkkkk mas gostei muito da sua resenha, e quem sabe não é a oportunidade exata de ler o livro e deixar esse preconceito de lado né?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe né Mi? Afinal, se a editora aposta neles, deve ter um porque!

      Excluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta