Menu

{ #RESENHA } SUZY E AS ÁGUAS VIVAS - ALI BENJAMIN

14 fevereiro 2017

Título: Suzy e as águas vivas | Ali Benjamin | Ano: 2016 | Páginas: 223 | Editora: Verus | Gênero: Romance | Adicione ao Skoob

“Mas a gente nem sempre percebe a diferença entre um novo começo e um fim do tipo para sempre. Agora era tarde demais para consertar qualquer coisa.”

Esse livro começou como um trabalho não-científico de pesquisa. Dele nasceu a história de Suzy. O livro é dividido em sete partes, como um relatório, dividido em objetivo, hipótese, referencial, tudo como um trabalho. Quero dizer que não concordo com a classificação como romance (romântico), eu definiria mais como drama. Até porque, se me pedissem para definir esse livro com uma palavra, eu definiria como triste.





Suzy acaba de perder a melhor amiga. Ou ex-melhor amiga. Frannie morreu afogada há três dias e só agora ela soube. A mãe dela diz que simplesmente aconteceu, mas, essas coisas não acontecem assim. As pessoas morrem velhas, não com doze anos. Partindo dessa ideia e vivendo o luto, Suzy tem uma suspeita: a morte de sua amiga foi causada por uma água viva. Uma irukandji, quase invisível, que tem uma picada mortal. Porque, afinal, uma exímia nadadora não se afogaria, nem mesmo no mar de Maryland. Certo?

Durante o livro, Suzy se enche de conhecimento sobre as águas-vivas, buscando especialistas, enquanto decide ter uma conduta de não-falar. Nesse momento ela consegue ouvir melhor o mundo, e fica presa nos seus pensamentos. Somos levados também a alguns flashbacks da amizade de Suzy e Frannie, desde o começo até a mudança no Ensino Fundamental II que desencadeou o final. Além dos flashbacks, acompanhamos as aulas de Suzy e seu relacionamento familiar que está totalmente distante do que já foi um dia. Depois que Frannie se afogou no mar, Suzy segue o mesmo caminho, indo direção a um mar de solidão.

“ - Suzy, o fundamental II é uma droga. Você sabe disso, não é?
Olhei para o chão.
- Não, sério, Suzy. Quando eu estava no sétimo ano, tudo o que eu queria era sair fora dali. E eu nem tinha perdido minha melhor am… - ele parou e sacudiu a cabeça. - Só quero dizer que não vai ser sempre assim.
Como eu não respondi, ele acrescentou:
- Eu prometo, Suzy.”

SUZY E AS ÁGUAS VIVAS - ALI BENJAMIN - RESENHA

Sei que cada um tem uma maneira de viver o luto. E, como o próprio livro diz, não há uma maneira certa ou errada de fazer isso. Entretanto, ver a pequena Zu (redução de Suzy) se definhando no sofrimento de ter pedido alguém que foi sua amiga, mas que já nem era mais, é muito doloroso. Juro, passei o livro todo querendo dar um abraço nela para que servisse de consolo. O mais triste de tudo é que Zu se culpa pela maneira como se despediu da amiga. Esse livro não mostra só como temos que caminhar após uma perda, mas também como é inútil nos culparmos. Essencialmente, esse livro é sobre luto e perdão.

  “É interessante como não palavras podem ser melhores do que palavras. O silêncio pode dizer mais que o barulho, da mesma maneira que a ausência de uma pessoa pode ocupar ainda mais espaço do que a sua presença ocupava."



Quanto à história, senti falta de um pouco mais dos personagens secundários, mas acho que o livro cumpre bem o papel que ele vem para cumprir e essa falta que senti não onera de nenhuma forma a obra como um todo. A organização do livro como um relatório tem a cara da Zu, e a capa é tão linda, tão linda, que lembra literalmente um mar com águas vivas fluorescentes. A diagramação interior combina perfeitamente com a história, desde as fontes usadas até as frases da própria professora da Zu. É uma história bela e comovente, vale muito a pena ler!

comentário(s) pelo facebook:

38 comentários:

  1. Nossa! Adorei a história e a resenha.
    Eu nunca ia imaginar que este livro falava sobre luto. E olha que já vi ele várias vezes nas livrarias. Adorei a forma de divisão como um trabalho.
    Vou adicionar ao Skoob mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ka! Adicione mesmo, e quando ler me conta o que achou!

      Excluir
  2. O título e a capa já haviam chamado minha atenção mas é a primeira resenha que leio dele e gostei muito, acho que combina comigo. Acho que tem bastante sentido essa falta de personagens secundários, já que o luto é uma coisa que se vivencia completamente só, é um livro que fala mais sobre o que acontece dentro de nós...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Acho que se os outros personagens tivessem sido mais explorados, teria perdido o foco, que é o momento que a Suzy está passando

      Excluir
  3. A capa é linda demais e já fez com que meu interesse pelo livro aumentasse rs.
    A história parece ser bem interessante também.
    Pelo que já pude ver a autora consegue prender o leitor com a história e gosto bastante disso.
    Gosto de me surpreender e acho que esse livro irá fazer isso.
    Espero conhecer a obra em breve.
    Sua opinião me deixou ainda mais interessada <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu também amei essa capa Caroline! Realmente, eu li o livro praticamente em um dia!
      Espero que goste da história, um beijo!

      Excluir
  4. A capa de Suzy e as águas vivas é mesmo muito linda, mas confesso que a trama não me interessou, sem falar que você o definiu como sendo um drama e eu não curto drama, então, dificilmente eu leria Suzy e as águas vivas.
    Abraços, amei as fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Any! A Leh está me ajudando com as fotos!
      Realmente é um drama e ás vezes a gente não está no clima, mas quem sabe num outro momento mais oportuno você se interesse por esse gênero não é verdade?
      Um beijo!

      Excluir
  5. Tenho mania de jugar o livro pela capa. E meio que ja amei a capa mas a história em si parece ser bem interessante. Ja entrou pra lsita dos desejados de 2017.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho essa mania Loh! Eu só sei escolher livros pela capa! Fico feliz que você tenha gostado do que mostrei da história!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Já vi muitos comentários positivos sobre esse livro e portanto está na minha lista.
    Adorei a resenha, me deixou com mais vontade de lê-lo ainda. Fico feliz em saber que a história é tão linda quanto a a capa.
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Este livro está na minha lista de desejados desde que li a primeira resenha dele.
    Acho que tem tudo que uma boa história precisa: amizade, amor, drama, família, questionamentos.
    Gosto muito de histórias assim, que pegam a gente meio que pela realidade. Lidar com a perda é algo pessoal, cada um age de uma maneira diferente.
    A capa é um espetáculo à parte e assim que for possível, quero muito ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é lindissima! Espero que goste da história!

      Excluir
  8. Gostei da forma da divisão e da resenha. Não conhecia o livro e mesmo o gênero não sendo o "correto", parece ser uma boa leitura. A parte de não ter explorado personagens secundários é entendível, cada um passa pelo luto da sua forma, é tudo no interior dentro de nós. É um assunto que te envolve e a personagem principal me cativou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Carol! Espero que leia e me conte o que achou!

      Excluir
  9. Lô, o que me encantou nesse livro logo de cara foi a capa, ela é linda, não tem como colocar defeito. Em se tratar da história, eu também não falaria que esse é um livro de romance mas sim de drama.
    Fiquei me perguntando como se descobre que sua amiga morreu só após três dias? E como a Frannie é uma ótima nadadora não ten lógica ela morrer afogada. Mas tornar toda essa busca pela verdadeira resposta seu objetivo de vida também está errado.
    Entretanto, me encantei com a história, com certeza irei ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzy é tão nova, o modo como ela insiste nessa busca me assusta e me encanta ao mesmo tempo, dá pra entender!
      E não tem como negar que a capa é linda, espero que goste da história!

      Excluir
  10. Li esse livro em janeiro e foi a minha melhor leitura que tive há tempos, mexeu comigo de uma forma intensa que chorei muito. Pois ele retrata exatamente como as amizades acabam sem muito motivo, como somos imaturos e deixamos passar oportunidades de resolver as coisas, e mais: o luto, o primeiro grande luto que nos vemos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu passei o livro com os olhos cheios d'água também!

      Excluir
  11. Lo!
    Acho esse livro um enredo tão puro, tão carregado do sentimentos de amizade e do desprendimento infantil em não perceber os perigos que podem rodear as crianças.
    Deve ser uma leitura fabulosa e cheia de boas intenções.
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, estou passada com o tema desse livro. Quando eu te vi com ele na mão apostaria em uma amizade fofinha q envolveria águas-vivas. Ressaca literária bate forte em temas assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, eu não esperava um drama tão profundo!

      Excluir
  13. Nossa, estou passada com o tema desse livro. Quando eu te vi com ele na mão apostaria em uma amizade fofinha q envolveria águas-vivas. Ressaca literária bate forte em temas assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, eu não esperava um drama tão profundo!

      Excluir
  14. Oi, Lo!!
    Quando vi a capa pela primeira vez desse livro pensei que poderia falar de qualquer assunto menos sobre esse!! Fiquei bem interessada em ler esse história que tem amizades, amor, dramas e perdas!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei que fosse algo bem leve também, Marta!
      Um beijo!

      Excluir
  15. Oiee!
    Zu parece ser uma graça, enfrentar tantos conflitos para alguém tão nova não deve ser fácil, ainda bem que ela é determinada, não se deixa levar pelo que acham dela.
    Fiquei aqui me perguntando o que aconteceu entre ela é a ex amiga.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa resposta você só vai descobrir lendo, haha

      Excluir
  16. Esse livro parece ser bem interessante, uma criança tão nova e com inteligência admirável. Tem que ser muito corajoso para pesquisar a causa da morte da própria amiga, e é isso que ela faz, talvez a investigação a dê mais forças para superar o ocorrido, e pesar de ser um livro triste quero viver mais essa aventura literária.

    ResponderExcluir
  17. Na resenha é dito que Frannie morreu aos 12 anos, então deduzo que Suzy tenha a mesma idade da amiga, ex-amiga. Fatalidades acontecem e achei bem precoce ela achar que não foi acidente e sim uma morte causada por uma água viva.
    Realmente, a história não tem cara de romance, é drama. Que classificação mais errada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, por volta de 12 anos. É um lindo drama.

      Excluir
  18. Olá...
    Que resenha incrível!!! E a capa do livro é impecável... Não sabia que o livro trazia algo tão pesado como a morte de uma criança de 12 anos e a melhor amiga indo em busca das verdadeiras causas do fato... Nem de perto eu classificaria como romance, mas fiquei bastante curiosa para ler e descobrir se Zu consegue descobrir o verdadeiro mistério em relação à morte de sua amiga...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  19. Ola,
    Gostei muito da resenha, já vi algumas resenhas positivas sobre o livro, e estou muito curiosa para ler, realmente deve ser uma historia muito triste, irei me preparar para isso antes de iniciar a leitura, e é fato que todos temos um modo diferente de lhe dar com o luto.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Camila! Espero que goste do livro :)

      Excluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta