Menu

{ #RESENHA } THE HEART OF BETRAYAL - (CRÔNICAS DE AMOR E ÓDIO #2) - MARY E. PEARSON

04 janeiro 2017

THE HEART OF BETRAYAL -  MARY E. PEARSON

The Heart of Betrayal |Crônicas de Amor e Ódio # 2 | Mary E. Pearson | Ano: 2016 | Páginas: 402 | Editora: DarkSide Books | Gênero: Jovem adulto, Fantasia,  Romance | Adicione ao Skoob

Atenção: essa resenha pode (e vai) conter spoilers leves (ou não) do primeiro livro

O segundo livro da série As crônicas de amor e ódio (primeiro aqui) começa com a chegada de Lia, acompanhada de KadenRafe e toda a caravana em Venda. Ela se surpreende com as grandes muralhas e com os rostos curiosos que a admiravam, e com o quanto eles pareciam… normais. Chegando ao Sanctum – que é onde os mais importantes líderes de Venda se reúnem – Lia descobre que o reino de Venda é grande, e dividido em partes menores comandadas por governadores. Além disso, ela se surpreende com o Komizar, que parece bem mais jovem que realmente é. E mesmo assim, assustador. Quando Lia reencontra Rafe, ele está ferido. Ele tem um plano para salvá-la, mas mentiu para ela a respeito de quem era. Rafe manteve sua mentira para o komizar, que não suporta os “porcos de Dalbreck”. Lia no entanto não consegue saber se deve confiar no seu plano e perdoá-lo pela mentira.

“Mas o fato é que eu vim por você, Lia, não importando quem você seja, e não me importo com os erros que você tenha cometido ou que eu tenha cometido. Eu cometeria todos, cada um deles de novo, se esse fosse o único jeito de ficar com você.”

Darksid books editora

Num ato de generosidade do KomizarLia tem a oportunidade de ir até o comércio de Venda comprar algo para se vestir, e lá encontra mais do que os bárbaros que ela esperava. Encontra famílias trabalhando para sobreviver, crianças e mulheres, o que faz com que ela desenvolva alguma afeição pelo povo Vendano. Ela descobre também alguns atos de bondade do Komizar que a surpreendem, mas seria essa bondade genuína? Além de bem recebida por muitos, Lia é alvo do afeto e da lealdade de Kaden. Mas ele é um Rathan, que significa “Nunca falhar”, ou seja, sua lealdade era primariamente a Venda, e ao Komizar. Ele não era um qualquer, era O Assassino. Mas Lia também não era quem costumava ser. Não era mais uma princesinha da corte.

“A expressão dela estava sinistra. Sem sentimentos. Não estava com a menor pressa de responder, porém, quando o fez, seu tom não continha qualquer emoção.
‘Ele deu risada na noite em que me contou que havia matado Greta. Ele regozijou-se com a morte dela. Disse que foi fácil. Que a morte dela não lhe custara nada. Agora custará. Todos os dias em que eu respirar, farei com que custe alguma coisa. Toda vez que eu vir aquele mesmo largo e presunçoso sorriso no rosto dele, farei com que pague por isso.’
(…)
‘Então, a resposta à sua pergunta, Kaden, é não. Não é o suficiente. Nunca será o suficiente.’”

Dica de leitura para as ferias

Lia, no entanto descobre que Venda – quem deu o nome ao reino – não era quem ela pensava ser. Durante a sua viagem pelo Cam Lateaux, ela aprende bastante do idioma vedano, e traduzindo os livros que contém a Canção de Venda, Lia descobre que o que os textos sagrados Morrgiheses que ela lia desde criança estavam errados. Errados a respeito do surgimento do seu mundo. Errados a respeito de quem foi Morringhan e quem foi Venda. O dom está cada vez mais presente e Lia sente que algo está se agigantando, prestes a acontecer. Mas leva um longo tempo para que  ela descubra o que é.


Nesse segundo livro, Mary E. Pearson nos leva mais intensamente ao mundo de Lia. O livro não é só um romance, nem só uma distopia. Tem um quê de místico que é muito, muito fascinante. Esse misticismo não é tão visto no primeiro livro, e nesse segundo – que eu AMEI – podemos conferir o surgimento dos reinos. Nesse livro todos aqueles trechos que me pareceram um pouco soltos no primeiro, se encaixam e fazem a história adquirir mais profundidade, ainda mais quando entendemos que o papel dela é muito maior do que qualquer Primeira filha que já existiu. E acho que uma das coisas que eu mais gosto é que, isso vai fazendo sentido aos poucos, como se um quebra-cabeças estivesse se montando bem na nossa frente. Conforme faz sentido para Lia, faz sentido pro leitor, e isso faz com que a gente se sinta mais próxima da obra a cada palavra.

“A esperança é um peixe deslizante… Impossível prendê-la por muito tempo. 
(…)
Então você tem que segurá-la com mais força.”


Não vou mentir, levei uns bons dias para ler esse livro. Diferente dos quais eu estou acostumada a gostar, esse livro tem uma história densa. Não deve ser ‘devorado’, mas lido com calma para que os inúmeros detalhes sejam absorvidos. Perdi a conta de quantas vezes meu coração acelerou com as atitudes de Lia, ou se partiu com Kaden Rafe, mas devo dizer que é daqueles livros que nos deixa fissurado. E me prendeu completamente. Mal posso esperar pela continuação!

“Vale a pena ter sonhos que não sejam grandiosos?”

E vocês? Leram? O que acharam?

comentário(s) pelo facebook:

26 comentários:

  1. Boa noite! Eu não gosto muito de livros assim , prefiro histórias que são mais fáceis de ler, sem muitos detalhes sobre tudo , mas pra quem gosta de livros extensos , é uma boa recomendação, valeu, bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é realmente extens, mas a história é tão boa que te prende!

      Excluir
  2. Lo!
    Acho bem complicada a dinâmica dos povos e a interação entre eles, entretanto, como amo distopia e sabendo que nesse segundo volume ainda foi inserido um pouco de misticismo, fiquei bem interessada em ler.
    E gosto da forma como resenha, porque tudo fica bem explicado.
    “Qualquer situação na qual você se encontre é um reflexo exterior do seu estado interior de existência.” (El Morya)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rudy! Esse livro foi bem difícil de resenhar porque se explicar demais as coisas você entende muito a história e ele perde a graça haha

      Excluir
  3. Bem, como não conhecia os livros, tive que buscar a resenha do primeiro livro. As capas são um espetáculo à parte, não há como negar. Mas me confundi um pouco, com tantos nomes e reinos.
    Mas o que gostei foi o crescimento da personagem, que parece nítido demais em toda a trama.
    E essa junção de misticismo,romances, costumes..são pontos fortes também!!!
    Se tiver oportunidade, lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo você tem um pouco de dificuldade mesmo! Mas junto com o primeiro livro, vem um mapa, então dá pra visualizar melhor e a partir dai entender a logística do negócio!

      Excluir
  4. Já tinha vista a resenha do primeiro aqui no blog mas, como não me recordo ao certo e também não procurei para reler antes de encarar esta resenha, fiquei perdida, kk Mesmo assim, a história ainda me chama atenção, esse misticismo e surgimento dos reinos já me deixam curiosa, gosto quando encontro isto nos livros. E o fato do segundo livro ter completado o primeiro e ter sido mais profundo é um alivio. Não é nada agradável quando a continuação continua sem resposta para indagações do primeiro. Boa resenha!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Acho q a sua é a primeira resenha q vejo classificando esse livro como denso e isso só fez aumentar minha vontade de ler. Adoro, mesmo, livros assim. Ainda não tivve a oportunidade de ler nenhum deles, mas espero ter em breve!

    bjs!

    Miga, só um Ps. No titulo da postagem diz q é o livro 1!

    Lá... E de volta outra vez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo aviso, vou corrigir!
      Pois é, eu não gostava muito de livros assim. Mas o que me fez ler essa história é que apesar de denso, ele te prende em cada palavra, a história é muito boa!

      Excluir
  6. Apesar de o primeiro livro não ter me chamado muito a atenção estou com ele para ler, portanto optei por não ler essa resenha já que ela contém spoilers. Espero que não fique brava :/

    Amei as fotos! A iluminação é tudo, né?

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico brava não!
      As fotos foram obra da Leh maravilhosa haha

      Excluir
  7. Tô louca pra ler esse livro! Além de ter uma história envolvente, a edição é maravilhosa. Darkside arrasa como sempre 💜

    ResponderExcluir
  8. Só pelos trechos eu perdi a respiração!Ai!!!! Fiquei doida para ler... me deu até arrepios.��������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me diga! Amo esses trechos, e olha que foi difícil selecionar só eles, marquei o livro todo!

      Excluir
  9. eu estou desesperada para ler essa série!
    e depois dessa resenha então
    quer dizer que o segundo livro ainda é melhor do que o primeiro que ótimo!!
    e essas edições da darkside? são lindas né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As edições são perfeitas! Eu gostei muito mais do segundo e mal posso esperar pelo terceiro!

      Excluir
  10. Quando li The Kiss off deception fiquei apaixonada !!! Ainda n tenho essa continuação 😥😥... Qro tanto ... Preciso saber tudo q acontece com a Lia ! C disse a n devorou o livro , mas o primeiro eu devorei kkkkk .. N conseguia parar de ler , mas sempre tinha a voltar qndo sacava um detalhe ou outro . Amei a forma como foi barrado esse livro . Espetacular ! Bjokasssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada irmã! Eu tbm tive que voltar um bocado nesse!

      Excluir
  11. Apaixonada por essa série de livros, também sinto que a leitura deve ser bem lida pois o conteúdo é denso e surpreendente. Não tem como não gostar. Parabéns pela resenha. Acho que quem não leu ainda vai ficar curioso para ler.

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Nicole! Realmente, se for lido muito rápido a gente acaba perdendo um detalhe ou outro

    ResponderExcluir
  13. Lô, tive um bocado de receio de ler a sua resenha por conter spoilers leves ou não como voce bem disse, e fiquei alguns minutos processando essas informações, e olha só, nem me assustei nem fiquei chateada, ainda não li nenhum, tenho os dois, mas não gosto de ler sem ter os três em mãos, então estou aguardando mais um pouco. Adorei a resenha viu?

    ResponderExcluir
  14. Essas histórias com quê de misticismo estão vindo com tudo. Essa série está sendo muito bem falada. Eu adoro quando o segundo livro de uma série acaba se tornando melhor que o primeiro, sem deixar ganchos soltos. Estou querendo muito começar essa série!

    ResponderExcluir
  15. Fico muita animada quando vejo resenha desse livro, porque desde o lançamento ele vem ganhando proporções incríveis no mundo literário. Acho que não até agora 1 resenha sequer que falasse que não gostou do livro. Toda essa história mística e poder conhecer toda a formação do reinos me deixam curiosas para ler.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Os livros DarkSide, sempre maravilhosos.
    Eu só tenho o primeiro, mas ainda não comecei a ler. Mas estou com uma ótima expectativa!
    Sua resenha está perfeita, muito bem escrita! E as fotos, ficaram bonitas.
    Mais curiosa e motivada, fiquei.
    Obrigada, Beijos.

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta