Menu

{Livro} Jardim de Inverno - Kristin Hannah

13 julho 2016

 Kristin Hannah / Ano: 2013 / Paginas 415/ Editora Novo Conceito

Ao terminar de ler o livro Jardim de Inverno da autora Kristin Hannah, eu parei, respirei fundo, e fiquei tentando compreender como uma história pode ser tão linda e ao mesmo tempo tão dolorosa. No livro Meredith e Nina são irmãs, e desde a infância sofrem com a falta de proximidade por parte da mãe Anya, uma mulher estranhamente fria e indecifrável, que parecia não amar as filhas. Já Evan, era um pai amoroso, muito carinhoso e que fazia o possível para manter a família unida.


O tempo passa, as irmãs crescem e levam vidas bem diferentes, mas para mim fica claro que o relacionamento ruim com a mãe, fez delas mulheres emocionalmente incompletas. Meredith é casada, tem duas filhas que estudam fora, mora com o marido e evita seus problemas mantendo-se sempre ocupada. Nina leva uma vida cheia de aventura e adrenalina, viajando como fotógrafa, mas não leva a sério seu namoro, usa seu trabalho como fuga e com frequência esconde seus sentimentos.


Toda uma vida de desapontamentos com a mãe começa a mudar com a morte de Evan. Quando as filhas eram pequenas, Anya contava a elas parte de um conto de fadas. Antes de morrer Evan faz Nina prometer que fará a mãe lhe contar a história completa. Somente ao final do livro, após passarem por muitas dificuldades é que Nina consegue fazer a mãe concluir o conto e juntas as irmãs descobrem que a história era real e se passou durante a Segunda Guerra.  Por traz do conto está um passado secreto que nos ajuda a compreender os comportamentos reprováveis de Anya.


A magia do primeiro amor e a grandeza do amor maternal foram temas lindamente abordados na história. Achei incrível como o livro causou uma reviravolta em meus sentimentos. Passei algumas páginas detestando as atitudes de Anya e por fim, me vi tomada por uma enorme compaixão. O final é lindo, mas parte dele eu já esperava devido a um detalhe que só os leitores mais atentos irão perceber. Achei a leitura agradável e fácil, a história é grande, por muitas vezes transita entre passado e futuro, mas para mim o enredo foi bem construído.  Gostei muito de ver fatos ocorridos no passado explicando perfeitamente atitudes que a princípio eu havia achado sem nexo. A capa é linda e apropriada para a história, fiquei apaixonada e não mudaria nada na obra. Não sei se o livro irá tocar outros leitores tanto quanto me tocou, mas eu super indico, está entre os meus preferidos! Beijos.

comentário(s) pelo facebook:

26 comentários:

  1. Não tinha ouvido falar do livro ainda, mas o enredo me interessou bastante! Gosto dessas tramas que te fazem odiar um personagem no primeiro momento e depois te fazem repensar suas opiniões...
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gislaine
      Como pode notar na resenha, eu amei o livro!
      Mas as coisas que ouvi falar sobre o ele antes de lê-lo
      não foram muito animadoras. Soube de muita gente que não gostou
      muito... mas gostar ou não de uma obra é tão relativo...
      tão pessoal... Se te interessou então experimente.
      Espero que goste! Beijo :)

      Excluir
  2. Olá tudo bem?
    Eu estava passando por alguns blogs para sair um pouco da mesmice e acabei caindo aqui no seu rs
    Eu adorei o seu cantinho e também vi algumas algumas postagens muito bem feitas e gostaria de dar os parabéns para vocês pelo trabalho, porque não é fácil né? rs

    Enfim, estava lendo a sua resenha sobre o livro e tenho que confessar que ainda não li nada da autora. Tenho muita curiosidade sabe? Sei que ela tem vários titulos, mas não sei por qual começar a ler. Tenho Jardim de Inverno e acho que provavelmente irei começar por ele por conta de tudo que tu falou do livro. Gosto de livros que nos passam mensagens e ao mesmo tempo lições de vida. Me parece ser uma história muito emocionante que provavelmente irei gostar bastante. Enfim...

    Outra coisa que não posso deixar de falar é que gostei da maneira como abordou sua resenha. Falou da história e focou bem na sua opinião sabe? Eu gosto disso em um resenhista. Parabéns. Se você tivesse tempo te chamaria até pra resenhar no meu blog também rs

    Prometo que passarei mais vezes pra visitar vocês aqui =]

    https://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana, tudo bem... e melhor agora lendo seu comentário...
      O Blog Coisas de Mineira é da lindona da Letícia Pimenta e eu
      tive a honra e o privilégio de ser convidada por ela para ser
      colunista. A Leh é mesmo fera, prepara tudo com muito capricho
      e eu busco contribuir dando o meu melhor. Fico super ultra mega
      feliz quando tenho um feedback positivo sobre minhas resenhas...
      Ler é pra mim um grande prazer, resenhar e interagir com outros
      leitores elevam esse prazer a um outro nível (tenho curtido bastante)
      Fiquei mega lisonjeada lendo que me chamaria pra resenhar no seu
      blog também, vontade não me falta, mas como você previu me falta
      tempo.Torço para que goste do livro. Sua visita foi uma delícia,
      só posso agradecer suas palavras... de coração :) :) :) beijos!

      Excluir
  3. Oi Nathalia, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha, mas esse foi um dos livros que eu abandonei a leitura. Quando comecei a ler eu percebi qual seria o rumo da história e quão marcadas ficaram Nina e Meredith pela "ausência" do amor da mãe, mas não sentia que a história se desenvolvia, ela não engrenou pra mim e acabei deixando o livro de lado. Talvez eu devesse insistir um pouco mais na leitura, mas naquele momento não consegui prosseguir. Quem sabe no futuro eu não encerre a leitura.
    Beijos
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna... tudo bem, e vc?
      Já soube de outras pessoas que assim como você
      não gostaram e abandonaram. De verdade não tive esse
      problema... gostei e a obra me manteve interessada até o fim.
      É... talvez tenha haver com o momento. Então te desejo
      mais sorte caso venha a dar uma nova chance a leitura! Beijo.

      Excluir
  4. Nathalia, eu tentei, mas tentei mesmo ler esse livro, porém não consegui. Ele me deixou enfadada.
    Lendo a sua resenha parece que estávamos lendo livros totalmente diferentes.
    Se eu tivesse essa visão que você teve teria curtido.
    Talvez mais pra frente eu dê outra chance.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah...
      Se serve de consolo, você não é a única que não gostou.
      Sei de outras pessoas que desistiram dele
      Fico até me perguntando se não estou me deixando
      seduzir muito facilmente pelos livros :)

      Eu gostei, e desejo que ele te agrade mais da
      próxima vez... é tão bom quando gostamos do livro!

      Beijos.

      Excluir
  5. Nossa descreveu muito bem, já estou indo comprar.. ops agora não da estou trabalhando.. Mas pode ter certeza que vou procurar por este livro.. Amo ler.. e essas foto?? gente vou levar todos os meus livros (que não são muitos), para vocês fotografarem... Amo esse cenário que fazem, o livro muitas das vezes por si só já nos prende, ai vem essa foto e eu fico apaixonado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Xael,
      Nossa que bom que
      Gostou da resenha e
      das fotos. Faço tudo
      com o maior carinho
      justamente para que
      vocês gostem e ter
      um retorno positivo
      assim é um presente
      é também um estímulo!

      Obrigada!

      Espero que goste
      do livro. Beijo.

      Excluir
  6. Oi Nathalia!
    Estou com esse livro na estante faz um bom tempo e, mesmo com críticas positivas, ainda não deu aquela vontade louca de ler. Gosto dos livros da Kristin, da escrita dela e de como nos deixa envolvidos na história. Mas sabe quando a história parece estar esperando o momento exato de fazer: Ei, me leia!? Acho que é o que está acontecendo comigo e com O Jardim de Inverno. rs
    Fico feliz que tenha gostado da história e que ela tenha mexido tanto com suas emoções. Livro bom é assim mesmo! ;) Por tudo que li, acho que ele também vai mexer bastante comigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla,

      Concordo muito com você.
      Ler o livro certo, no
      momento certo é perfeito!

      Espero que o livro lhe
      agrade. Beijos

      Excluir
  7. OI!!

    Nathália, o livro parece realmente muito meigo que permite uma leitura positiva. A narrativa e o segredo interligado ao conto dá uma perspectiva mais fluída para se apropriar da estória. Parece que a autora conseguiu abordar um tema forte e unir tal narrativa de forma fácil. Obrigada pela dica. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      Há quem faça críticas negativas
      a obra, mas particularmente sou
      só elogios a aposta da autora.A
      meu ver a inserção do conto foi
      uma excelente sacada e serviu
      para conectar passado e presente
      e de certa forma suavizou a temática
      Um tanto triste.

      Espero que goste! Beijo

      Excluir
  8. Olá!
    Eu só conhecia o livro por alto e essa é a primeira resenha que leio dele.
    Confesso que achei a premissa bem mais ou menos, mas sua resenha me deixou curiosa em relação a obra. Gostei de saber que você passou algumas páginas detestando as atitudes de Anya e depois sentiu uma grande compaixão pela personagem. Fiquei com vontade de conhecer mais a fundo a história dela.
    Adorei sua resenha e vou dar uma chance ao livro quando puder.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jess,

      Que ótimo saber que minha
      resenha a agradou. Tomara
      que o livro também agrade.
      A personagem de uma mãe que
      é indiferente as filhas me
      desapontou muito, mas foi
      reconfortante saber que havia
      um motivo para tudo aquilo. Não
      que justifique, mas explica e acho
      que eu morreria se a história não
      me trouxesse ao menos essa explicação


      Beijo

      Excluir
  9. Oie, eu nunca tinha ouvido falar desse livro e achei sua premissa interessantíssima dessas que nos emocionam em cada oagina e nos desperta diversas emoções. Sua resenha transpareceu de forma clara como gostou do livro e estou doida oara poder ler. Coloquei ba minha lista de desejados com urgência. Rsrs.
    Bk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila

      Olha eu sou do tipo sensível
      que se emociona facilmente. Se
      você também for assim certamente
      irá se emocionar. Tem quem diga que
      o livro é chato, mas pra mim ele é
      Excelente! Espero que goste. Beijo.

      Excluir
  10. Oi Nathalia, tudo jóia? Nossa, as fotos do blog melhoraram muito!
    Li dessa autora Amigas para sempre e Por toda eternidade q é uma continuação do primeiro q citei. Gostei muito, chorei horrores. Depois vi sua resenha e me interessei por Jardim de Inverno, terminei ontem. E, ainda estou meia q paralisada com tudo. Muito triste a história da Anya, de cortar o coração. Mas, sendo mãe, não conseguiria tratar minhas filhas com tanta frieza mesmo tão machucada, traumatizada, sofrida por dentro… Para cada um o livro revela uma coisa, certo? Como bem citou. Mas, a impressão q ficou pra mim foi q ela estava em outro plano com essa nova família e amava muito mais a outra q perdeu...
    Enfim, é triste mas ao mesmo tempo maravilhoso!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, que bom que gostou das fotos.

      E esse livro... O que é esse livro?
      Como ele consegue ser tão triste e
      ao mesmo tempo maravilhoso?
      Tive uma bela ressaca literária
      com ele... ainda sinto uma vontade
      de chorar quando lembro.
      Não sou mãe, mas acho que não agiria
      como ela. Porém penso que ela estava
      doente, deprimida se culpando e
      sofrendo tanto que nem era capaz de
      enxergar a nova família que construiu.

      Ah...eu amei a história!

      Beijos

      Excluir
  11. Oi xará!
    Já vi alguns livros dessa autora e sempre tive curiosidade de ler mas não tive a oportunidade ainda. Esse particularmente, é um que eu tenho bastante curiosidade.
    Gostei muito da sua resenha e pude entender melhor do que se trata o enredo, e já estou muito curiosa com o conto que a mãe delas contava, que creio ser a história dela mesma ou de alguem proximo, que a deixou tão fria com as filhas né?
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá xará (eita nome bonito)

      Bom eu amei o livro,ele nos
      apresenta passado e presente
      ligados por um conto... É
      triste e linda!
      Espero que goste.

      Beijo

      Excluir
  12. Oi Nathalia, sua linda, tudo bem?
    Confesso que não sabia, pelos comentários, parece que muita gente não conseguiu se envolver com a leitura. Conheço esse livro faz algum tempo e lembro que as resenhas na época que o conheci eram positivas. Tem um detalhe que chamou minha atenção na sua resenha: você mudou de ideia sobre a mãe delas a ponto de sentir compaixão por ela, mesmo sendo imperdoável a forma como ela tratava as filhas. Então me perguntei: o que aconteceu durante a guerra com ela? Parece ser bem interessante, eu ainda quero ler, tomara que eu consiga me envolver. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila,

      Obrigada pelos elogios amore!
      Olha se o livro não te prender
      no princípio persista e vá até
      o fim porque vale a pena viu.

      Um beijo

      Excluir
  13. Olá!
    Apesar de ter lido apenas um livro dessa autora, eu adoro a escrita dela e como ela retrata bem temas cotidianos. Sua resenha ficou super sensível e suas fotos lindas, parabéns!
    Assim que eu tiver oportunidade vou adquirir esse livro, pois é quase certeza que eu vá amar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nati

      Tomara que você ame mesmo!
      Que bom que gostou da resenha

      Beijo

      Excluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta