Menu

A MENINA QUE NÃO SABIA LER - JOHN HARDING

16 maio 2016

 A menina que não sabia ler / John Harding / ano 2010 / Paginas 282 / Editora Leya

Você já começou a ler um livro tendo certa impressão e viu tudo o que pensava mudar completamente ao longo da história? Foi exatamente o que aconteceu comigo quando li A menina que não sabia ler. Eu achei a capa tão meiguinha e esperava uma mensagem   romântica sobre a importância de ler, mas estava completamente enganada (fui “trollada” pela capa). O livro do autor John Harding conta uma estranha história vivida pelos irmãos Florence e Giles. Eles ficaram órfãos e foram morar na mansão do tio, um tio que não aparece e deixa os sobrinhos aos cuidados dos empregados. Esse tio dá ordens para que Florence não aprenda a ler, mas ela se encanta pela enorme biblioteca da mansão e a proibição parece servir de motivação, porque ela se esforça e com auxílio de cartilhas aprende a ler por conta própria. Giles é mandado para um internato e o livro segue nos contando como Florence visita sempre a biblioteca às escondidas, lê secretamente e se preocupa com o irmão que está longe. Ela também recebe visitas indesejadas de um vizinho asmático, o que eu achei que viraria um romance, mas...



Preciso dizer que até esse ponto da história eu estava achando o livro chato, pois além de não ser o que eu esperava a leitura não me prendia. Mas não é que quando eu menos esperava começou a ficar interessante! O irmão de Florence é trazido de volta do internato, por não se adaptar, e uma preceptora (espécie de professora/babá) é contratada para cuidar de sua educação. Essa preceptora morre e pouco tempo depois chega à mansão uma substituta. Baseada em deduções hora pertinentes hora improváveis Florence passa a acreditar que a nova precptora tem planos para sequestrar Giles e defender o irmão passa a ser seu maior objetivo.  A menina usa toda sua inteligência e sua mente fértil para armar um plano contra a mulher. É Florence quem narra a História, portanto temos apenas o ponto de vista dela, e os acontecimentos foram escritos de tal forma que fiquei confusa, não sabia até que ponto as suspeitas da protagonista eram reais ou fantasiosas. Estou acostumada a me apaixonar por personagens, mas com Florence essa paixão não aconteceu. Achei a protagonista muito madura para uma menina de apenas 12 anos e confesso que para mim foi impossível gostar dessa criança com traços de frieza e insanidade. Sinistro!

A história se passa no ano de 1891, não estudei a fundo as características da época, mas penso que isso justifica alguns costumes antiquados, como por exemplo, só o menino ir ao internato(escola) .Particularmente, não considero a leitura prazerosa ou leve, ao contrário, me causou inquietação e ansiedade. Lendo, por diversas vezes senti aquela agonia típica do suspense. Além disso, houve momentos em que senti necessidade de reler alguns trechos antes de prosseguir. Mas Florence já havia me dado uma advertência a esse respeito:



“É uma história curiosa a que tenho de contar, uma história de difícil absorção e entendimento, por isso é uma sorte que eu tenha as palavras para cumprir a tarefa.”
Pag. 13

Quanto ao final, me pareceu que o autor quis fazer com que cada leitor tirasse suas próprias conclusões. É um livro bem diferente de tudo o que eu já li, não consigo dizer se gostei ou não, só sei que ele me intrigou. Se você já leu ou vier a ler me conte o que achou! Beijos.


Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡! 

comentário(s) pelo facebook:

34 comentários:


  1. Quando vi esse livro pela primeira vez me interessei por ele, mas ainda não li e não parece ser lá essas coisas eu esperava mais. Não gosto de finais que não são bem explicados, embora tem o segundo volume esse livro quem sabe o final seja melhor. Mas fiquei intrigada com o suposto sequestro do irmã dela se for de verdade, o que será que ele tem algo de importante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      O irmão é importante para a preceptora, mas o motivo não é explicito, aparece, mas não com todas as letras, bom , pelo menos foi o que eu concluí...
      Andei dando uma olhadinha no segundo, ainda não li, mas parece que nele a história toma outro rumo... Mas só mesmo lendo para ter certeza. ainda tenho esperanças de que o segundo livro retome e complete o primeiro! Um abraço!

      Excluir
  2. Nath, eu tenho uma enorme vontade de ler A Menina que não sabia ler, e sua resenha me despertou a minha curiosidade. Deu para perceber que é uma história que ou você ama ou odeia. A sua é uma das poucas resenhas que elogiam o final, pois a maioria reclama muito de finais não conclusivos. Quero muito ler e tirar as minhas próprias conclusões.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leonora,
      Se realmente vier a ler me conta.
      Vou gostar de saber quais foram suas conclusões!
      Beijos.

      Excluir
  3. Não é a primeira vez que ouço falar sobre o livro 'A menina que não sabia ler', mas essa é a primeira resenha que leio. Confesso que fiquei bem instigada, pois livros que tem como personagens crianças órfãs sempre me deixam com um pé atrás. Mas de qualquer maneira, parece ser um livro bem interessante e digno de entrar para minha lista de leituras ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle,
      Que bom contribuir para sua lista,
      se chegar a ler me conta o que achou!
      Beijo.

      Excluir
  4. Olá...
    Confesso que não imaginava que a trama desse livro seria essa... Gostei da resenha e quero ler esse livro em breve... Gosto de livros que nos intrigam e nos fazem tirar nossas próprias conclusões.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane,
      Eu também não imaginava... Foi uma surpresa!
      Espero que goste da leitura.
      Beijos.

      Excluir
  5. Oii!
    Eu tô namorando esse livro já faz um tempinho, não consegui ler ainda, infelizmente!
    Mas tenho acompanhado resenhas dle e tá mto bacana!
    Agor to mais que convencida que não vou em arrepender de ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Tomara que goste!
      E depois me diga o que achou!
      Beijos!

      Excluir
  6. Eu havia lido o primeiro e tive os mesmos sentimentos que você kk e o final me desapontou muito,pois ficou faltando muita coisa que achei que era importante explicar,por exemplo,se tudo que Florence viveu foi real ou se foi tudo imaginação.Então eu li o segundo livro e me confundi ainda mais kk.Pois é algo totalmente diferente do primeiro,acho que o autor quis deixar por conta dos leitores refletirem e deduzirem o que realmente aconteceu.É um livro totalmente diferente de tudo que eu tinha lido,eu gostei mas acho que poderia ter sido melhor se o autor acrescentasse as partes que eu achava que seria importante para a compreensão dos leitores.Bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Também foi uma experiência diferente pra mim.
      Agora um amigo meu está lendo o segundo e me contando...
      Parece realmente outra história!
      O jeito é deduzir mesmo! Beijos.

      Excluir
  7. Oi Nathalia!
    Sempre tive vontade de ler esse livro e achei a capa tão meiga que assim como você, pensei se tratar de um romance leve, tipo água com açúcar... Mas vejo que me enganei redondamente.
    Certamente se trata de uma leitura mais densa, intricada e um tanto complexa, já que teve que voltar em algumas partes da leitura pra ter um discernimento melhor.
    O único livro que tive que fazer isso foi com A Menina submersa e quando terminei tbm não soube dizer se gostei ou não, rsrs. Mas como sou persistente, darei uma chance a esse quando tiver uma oportunidade.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Vania... Não se engane com a capa!
      Andei dando uma olhada e vi que a versão original
      tem uma capa bem mais misteriosa!
      Que bom que você é persistente... Eu também sou! Beijo.

      Excluir
  8. Eu sou bem curiosa pra ler esse livro, a capa e o título são bem intrigantes.
    Pelo que você escreveu na resenha, o livro parece ser bom, mas bem confuso!
    Talvez eu leia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... A meu ver um pouco confuso sim Thuanne.
      Certas coisas ficam implícitas e isso me fez
      ter dúvidas e incertezas! Mas vale a leitura. Beijo.

      Excluir
  9. OIII
    ja faz um tempo que eu li ele e minha opinião sobre ele ainda e confusa,mas meu Deus que final foi aquele??
    Eu sei que tem o 2,mas ainda quero saber se vai ser com a mesma personagem do 1.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie...
      Um amigo está lendo e me contando...
      É sim... Florence, a própria! rsrsrs
      Mas a história parece ser diferente!

      Excluir
  10. Oi Nathalia!
    Já tinha visto o livro por ai, tbm achei a capa e a contra capa muito meigas. Confesso que não tinha muita vontade de ler o livro, mais achei interessante a história, porem concordo no que diz respeito a ser difícil se identificar ou gostar de uma menina de 12 anos com esse traços de personalidade. E tbm pelo fato da leitura não ser tão prazerosa ou leve, não lereia realmente o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivian,
      É verdade, ainda não encontrei ninguém que tenha achado
      fácil ou bem explicado... Mesmo assim foi bom ler...
      Parece que o livro incomoda muita gente,
      mas só mesmo lendo e sendo incomodado pra entender de fato!
      Talvez seja válido ler caso suja pra você a oportunidade! Beijo.

      Excluir
  11. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um drama, parece ser bem emocionante e essa resenha me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Milena,
      Que bom que a resenha despertou ainda mais seu interesse!
      O livro começa meio chato, mas não desista...
      A parte emocionante virá! Beijo.

      Excluir
  12. Olá. Até o momento não estava nem um pouco interessada nesse livro, mas sua resenha me despertou curiosidade. Talvez venha a ler, mas no momento não vou adicionar a minha lista de desejados. Mas valeu a dica. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, tudo bem?
      Feliz por ter gostado da dica.
      Mesmo que não leia o legal é que agora
      você conhece um pouco mais a história!
      Abraços.

      Excluir
  13. Oi Nathalia.
    Eu ainda não li o livro então não tenho uma opinião formada, mas pelo que foi comentado na resenha me pareceu ser extremamente entediante, uma coisa que eu não gosto é quando os autores deixam o final para nossa própria imaginação, da uma sensação de que está faltando algo e isso não me agrada.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Marlene... O começo eu achei mesmo entediante,
      mas depois até que melhorou! Não morri de amores pelo livro,
      mas foi bom ter lido, foi uma experiência diferente!
      Ótimo fim de tarde pra você :)

      Excluir
  14. Já faz um tempo que li esse livro. E confesso que não gostei muito dele não. Também fiquei meio confusa com a história, e não consegui gostar da Florence em nenhum momento. E também não gostei do final. Eu peguei o livro pra ler, achando que era bem leve, e não foi nada do que eu esperava... =/

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  15. Bem assim né Pamela... nada do que parece rsrs
    Bom saber que essa de ter uma impressão errada
    não aconteceu só comigo! Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Achei bem louco e meio confuso esses acontecimentos que você contou. Eu já tinha outras resenhas negativas do livro, sobre se perder no meio da história e tal.
    Eu também fui trollada pela capa kkkk pensei que era algo mais romântico.
    Acho que não lerei, por enquanto não tenho vontade.
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,

      Essa capa realmente... rsrs
      Você já viu a capa original?
      Beijo.

      Excluir
  17. Não li este livro, mas já li muitos comentários negativos sobre ele. Realmente com este título e capa dá para esperar um história fofa, diferente do que realmente é. Fiquei bem intrigada por haver momentos em que você não sabe mais o que é "real" e o que é fantasiado pela protagonista. Gostei muito da sua resenha, espero um dia poder ler este livro e tirar minhas conclusões.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayla,
      Também já li coisas negativas sobre ele
      mas particularmente não me arrependi de ler, foi diferente
      e acho que vale mesmo experimentar! Beijo.

      Excluir
  18. Nossa sinceramente, como você não esperava muita coisa do livro... Mas que final foi aquele?? O autor realmente teve o dom de mexer com nossas cabeças... Gosto muito desse livro e tenho ele em casa. Se recomendo? Claro que sim, uma leitura meio monótona de inicio, mas se você tem gosto pela leitura, vai se surpreender com tantos devaneios...

    ResponderExcluir
  19. Nossa sinceramente, como você não esperava muita coisa do livro... Mas que final foi aquele?? O autor realmente teve o dom de mexer com nossas cabeças... Gosto muito desse livro e tenho ele em casa. Se recomendo? Claro que sim, uma leitura meio monótona de inicio, mas se você tem gosto pela leitura, vai se surpreender com tantos devaneios...

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta