Menu

{LIVRO} SALVE- ME - RACHEL GIBSON

28 março 2016


  Série: Lovett, Texas # 3 - | Ano: 2016 | Páginas: 272 | Editora: Jardim dos Livros | Romance

Há um tempo que eu estava passando por uma ressaca literária que não me largava e todos os livros que comecei, não cheguei nem na metade, os temas eram muito pesados e eu não estava numa fase muito boa para esse tipo de leitura, então me dei uma semana de folga e tentei novamente, desta vez com uma temática mais leve, de uma série que gosto muito, por ser despretensiosa, Lovett da autora Rachel Gibson.



Em Salve-me, terceiro livro da série, somos apresentados a Sadie Hollowell uma mulher de trinta e três anos que depois do colegial foi embora da sua cidadezinha natal Lovett no Texas e anos depois retorna para visitar o pai e ser dama de honra do casamento da prima mais nova a pedido da tia que apesar de não ver há anos, não tem coragem de dizer não. Também conhecemos Vince Haven um ex-militar da marinha americana traumatizado por sua última missão durante a guerra no Afeganistão, que é convidado pela a tia a visitá-la para fechar uma proposta de negócio com ela. No decorrer da narrativa, em terceira pessoa, vemos alguns dos motivos pelos quais Sadie foi embora quando se formou no colegial e sua relação tensa com o pai e a tristeza que ela sente pela falta da mãe. Os problemas de Vince e os traumas que ele agora enfrenta depois da sua última missão no exército e seu orgulho por ter feito parte deles também aparecem na narrativa.


Que história gostosa gente, sério, o livro é leve, divertido com personagens que se encaixam bem de um jeito fluido sem parecer que estão sendo forçados a ficarem juntos pela autora. O relacionamento de Vince e Sadie começa como uma amizade que aos poucos vai evoluindo para algo mais, onde ambos lidam com os problemas juntos, mas o mais legal dos livros da Rachel é que eles são leves mesmo com problemas cotidianos e alguns temas mais sérios, além da cultura da cidade que por sinal é bem preconceituosa em relação a muitas coisas, principalmente ao fato de uma mulher passar dos trinta sem ainda ter se casado.


Outro fato que fez essa narrativa tão legal pra mim é que a Sadie é muito engraçada com seus devaneios que fazem todo o sentido pro enredo e o quanto ela se importa com o pai, mesmo que ele seja um homem difícil, pois ela sempre quis ser a menininha dele, mas por ser muito destrambelhada e não ser o estereótipo que se espera de uma mulher do Texas e o pai sempre muito fechado com seus sentimentos para mostrar seu amor por ela. Entretanto eu acabei sentindo da autora aprofundar um pouco mais nos problemas de Vince e seus traumas causados pela guerra. No momento em que ela dá um pouco mais de atenção a ele e mostra suas facetas que no decorrer do livro o leitor não repara, eu acabei me apaixonando ainda mais por Vince.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡! 

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários:

  1. Ótimo conhecer um romance que não seja nada forçado, um romance leve com humor. Uma pena Sadie ser julgada por algo tão banal, por não ser casada. Espero que Vince e Sadie vivam o romance. Amei a resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mayla besteira essa deles de julgar as pessoas por algo tão bobo, o romance dele é muito lindinho.

      Excluir
  2. Oi, Le!
    Até hoje só li um livro da Rachel Gibson que foi Sem clima para o amor, e confesso que não achei lá essas coisas, talvez por causa das minhas expectativas estarem muito altas, não sei, mas achei um livro do tipo esquecível... Mesmo assim, quando vi o lançamento de Salve-me fiquei interessada pela história, e depois de ler sua resenha quero esse livro pra antes de ontem!!
    Amo livros leves e divertidos, que mesmo com temas sérios não perdem essas duas características tão fundamentais para mim. Salve-me com certeza tá na minha lista de desejados.
    Amei as fotos, ficaram muito lindas, Le!
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Any sua linda como vai?

      Eu não curti muito sem clima para amar, achei cansativo o enredo, então quando eu fui para Salve-me eu não estava com tantas expectativas, mas o livro me surpreendeu de uma jeito bem positivo.

      Excluir
  3. Adoro Rachel Gibson, mas muito me entristece o descaso da editora quanto a revisão. São histórias ótimas, mas o erros são tantos e ainda tem aquelas dezenas de notas de rodapé desnecessárias. Esse ainda não li, mas ela consegue transformar um tema sério numa história legal, sensível e cheia de humor. O livro que mais gosto é Sempre Ao Seu Lado ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jois a revisão não me incomodou durante a leitura, não tinha nenhum erro que gritou e chamou minha atenção.

      Excluir
  4. Oi Leh!
    Já li Simplesmente Irresistível e Loucamente Sua dessa autora, e amei cada um.
    Pretendo ler essa série tbm e já adicionei aos meus desejados.
    Uma das coisas que mais gosto dessa autora, é a escrita que é leve e flui bastante. A trama é bem gostosa de ler, você torce o tempo todo pelos personagens e ainda por cima tem um pouco de humor.
    Estou louca pra conhecer o Vince e a Sadie, e saber um pouco mais sobre esse casal.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Vania, eu também adoro o fato dos livros da Rachel ser leve e trama gostosa de ler.

      Excluir
  5. Olá Leh!! Então,essa sua reclamação sobre a falta de profundidade nos traumas do mocinho é justificável,pois todos os chick-lits que li atÉ hoje têm algumas características pré-definidas: mocinha bem humorada,e enredo leve,nÃo importa o tema a ser tratado...por isso mesmo é difícil eu decidir ler algum livro desse gênero,pois prefiro romances mais intensos...então tenho que estar na vibe de livros mais leves e calmos para pegar um para ler.

    Eu gosto bastante dessa autora,então com certeza esse livro vai para a minha lista !!

    E nossa,realmente nÃo É muito comum vermos em romances mocinhas que "jÁ passaram da idade de casar" rs Mas isso sempre rende uma boa trama!!

    Bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro livros com mais profundidade também, mas de vez em quando gosto de livros leves que eu não preciso ficar tão intensa na leitura.

      Excluir
  6. Oi Leh, eu não conhecia essa autora, a capa do livro é linda, fiquei curiosa em relação a historia do livro e eu amo livros de romance, com certeza vou le-lo, obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  7. Eu não conheço a escrita da autora, nem lo nenhum livro seu, mas já tinha lido algumas resenha, a respeito do seu livro, esse livro tem algo que eu particularmente amo, que é um soldado traumatizado, não que eu goste de vê-Los sofrer, mas é que são tão fofos, menos com seus problemas, que tem alguns que dá vontade de pegar no colo e nunca mais deixa ir, kkkkk.
    Gostei que comentou sobre a relação da personagem com o pai, me identifiquei bastante com esse trecho, vou com certeza procurar os livros anteriores para ler, espero não me decepcionar.
    Boa tarde.

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito de um livro que li dela e não parei mais. As tramas são sempre leves e gostosas, divertidas e meio clichê, mas aquele clichê gostoso de ler. Essa é outra trama assim e que estou ansiosa pra ler. Mesmo que seja bobinho, daqueles livros que você manja tudo e sabe o que esperar, é legal exatamente por isso. Livros despretensiosos e bons para passar o tempo, divertidos.... Mas que ainda tem uma mensagem legal por trás, coisas do dia a dia pra se identificar e romance fofo de ler. Quero muito conferir *-*

    ResponderExcluir
  9. Eu estou lendo justamente esse livro agora hahaha. Também comecei ele porque estava com uma ressaca e não conseguia ler quase nada, então comecei ele porque amo os livros da Rachel Gibson, e eles são todos bem divertidos. Ainda estou na metade, mas estou amando o livro. Estou gostando bastante da Sadie e do Vince, e também gostei que apareceu alguns personagens dos livros anteriores. Mesmo sem ter terminado o livro ainda, já sei que também vou amar ele hahaha

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Mana, que bom que gostei do livro, mas eu tenho que te dizer que eu já tentei ler livros dessa mulher e eu não consegui me envolver com nenhum deles. Não sei se foi eu que não tava numa fase muito boa e a leitura na hora não era pra min, resumindo não deu certo comigo mas que bom que você curtiu a leitura.

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada da Rachel Gibson acredita??
    Mas acho suas capas lindas e as resenhas são sempre muito positivas!
    Esse livro parece ser reflexivo e engraçado. Com uma personagem que tem seus medos e sofrimentos, mas também é divertida e cresce ao decorrer da trama.
    Pensei que era mais voltado pro romântico, me enganei, é de um conteúdo mais sério do jeito que eu gosto, vou querer ler sem falta!
    bjos

    ResponderExcluir
  12. é triste quando bate essa ressaca literária, eu já passei por isso, na verdade eu estou no meio de uma agora.mas, vamos deixar isso de lado.
    eu nunca li nada da Gibson e não sei... a sensação q eu tenho é que já li isso antes, sabe homem traumatizado, mulher com problema de relacionamentos
    o único ponto que realmente me atraiu é os devaneios da sadie que deve tornar o livro uma comédia romântica, pensando aqui se eu fou uma chance

    ResponderExcluir
  13. Conheço os 4 livros da autora lançados aqui no Brasil, gostei da resenha mas no momento não tenho interesse em ler nenhum dos seus livros embora pareçam bem interessantes.

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta