Menu

{Livro} Willow - Julia Hoban

26 outubro 2015


Julia Hoban | Ano: 2014 | Páginas: 352 | Editora: LeYa


"Willow vê-la antes que qualquer um dos outros. Um esqueleto ambulante, a vítima de alguma doença debilitante terrível, como algo saído dos livros de história, um sobrevivente do campo de morte. É preciso Willow um momento para perceber que a menina não é nenhuma dessas coisas. Ela é só uma menina, uma menina como Willow, que escolheu para infligir dor terrível em si mesma. Apenas arma desta menina não é uma navalha, é fome. "


Drama é um dos gêneros literários mais marcante para mim, principalmente quando ele aborda problemas complicados na adolescência, e o autor tem a sensibilidade de mostrar o quanto uma doença pode ser devastadora, e que precisamos ter forças para enfrentá-la da melhor maneira possível.

Willon é um livro cheio de dor e culpa, é um texto forte abordando o drama de uma jovem que há sete meses perdeu os pais em um acidente de carro e não consegue se perdoar, pois ela era a motorista que perdeu o controle do carro. Mesmo não tendo culpa sua vida passou de feliz na casa de seus pais, e com vários amigos, para um dia de cada vez, regado a muita tristeza e solidão na casa de seu irmão mais velho, que mal conversa com ela, perdida na dor e no mundo sombrio que ela criou em sua própria cabeça .


Para ajudar com as despesas Willow começa a trabalhar na biblioteca e lá ela conhece Guy um menino de dezesseis anos, brilhante, que vê nela um possível algo mais e o que ela tão fortemente esta tentando esconder e através desse segredo que Guy usa para se aproximar de Willow que tem pavor de fazer novos amigos e tirar ela dessa solidão é luta constante contra um problema que tem toda a possibilidade de mata-la.

Como eu disse no início da resenha, Drama é um gênero muito marcante, principalmente quando é bem abordado e desenvolvido, em Willow aconteceu exatamente isso, a autora tinha uma boa ideia nas mãos e bons personagens com que trabalhar, tudo se encaixava.


Então eu não sei por que eu terminei o livro achando que faltava algo, para que a história fosse mais realista e tivesse mais emoção.

Fiquei quase três dias analisando o que faltou e até não quis ler mais nada, para não atrapalhar na minha resenha sobre o livro, e consegui(acho) ser o mais fiel possível aos sentimentos que tive no decorrer da leitura, e foram muitos, da piedade ao carinho, e a aceitação de que cada pessoa lida com sua dor da maneira que pode. Ah raiva da personagem por não ser mais forte, não procurar ajuda, e por ultimo aceitação de novo que nem todo mundo consegui ter voz para pedi socorro e que nem sempre conseguimos ver o desespero e dor de um parente querido, mesmo vivendo tão perto dele.

Porem achei que a ideia da autora em colocar uma pessoa tão jovem como o salvador de outro alguém, acabou fazendo com que esse personagem ficasse forçado e até um pouco chato no decorrer da leitura, principalmente porque a autora mostrou sua imaturidade por conta da tenra idade em diversas cenas, porém isso não tirou o encanto, nem fez com que o livro se tornasse uma leitura sofrida ou chata, só tirou um pouco do brilho que ele teria caso o personagem acima citado fosse tivesse um pouco mais de maturidade.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar!♡!

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Hello!
    Willow realmente deve sofrer mto com essa lembrança que ela estava dirigindo e que matou seus pais, imagino o peso disso.
    Nao conhecia o livro e a primeira vez que vejo uma resenha dele, fiquei interessada, ainda mais que adorei a capa e sou dessas que compra pela capa, hehe.
    Entendo qdo fala q esperava alguem com mais maturidade para dar essa ajuda a protagonista para sair desse sofrimento, acho q sentiria falta tb.
    No geral gostei do livro e quero ler sim.
    Beijos

    https://fuxixiu.wordpress.com/
    https://meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Fico imagino como não deve ser duro você sentir-se culpada pela morte de pessoas, é algo que carrega para vida toda.
    Lembro quando a editora lançou esse livro. Gosto de dramas, Willow é um bem forte

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Eu curto sick-lits, e quando ouvi sobre Willow até me interessei, mas li várias resenhas que, como a sua, falaram que faltou algo. Algumas abordaram o fato de a personagem só se machucar e não verem prosseguimento no enredo, nem amadurecimento por parte da personagem, o que chegou a tornar a leitura por vezes massante. Então, dificilmente lerei Willow.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  4. Nossa esse livro é muito bonito #QueroPraOntem e sua resenha só me deu vontade de ler ainda mais, se bem me lembro! Nunca li um livro nesse gênero "drama", acho que seria uma ótima leitura. :)

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que livro lindo!!!
    Me parece que seria uma ótima leitura, esse gênero drama, não costumo ler muito..
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    A capa desse livro está maravilhosa!
    Eu adoro drama, então fiquei interessada na história confesso!
    Uma pena que algumas coisinhas tenham meio que deixado a desejar...

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. O livro me chamou atenção, o premissa me agrada. Mesmo com esses pontos negativos que vc levantou eu, vou tentar ler e ver o que acho
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. eu não sou muito fã de dramas ainda mais quando envolve romance mas esse tem um enredo diferente que me deixa curiosa.

    ResponderExcluir
  9. Olaa. Nao sou muito chegada a livros com drama, mas gostei da premissa desse mas não sei se leria ele. Não costumo pegar livros de um genero literário que não tenho costume de ler. Acho que os únicos livros de drama que li e gostei foi do Nicholas Sparks que nem sei se é de drama mesmo hehe.

    Beijão da Lari
    brilliantdiamond-bg.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta