Menu

{Livro} Soldier - Sam Angus

05 agosto 2015


 subtítulo: Leal até o fim | Autor: Sam Angus | Ano: 2015 | Páginas: 256 | Editora: Novo Conceito

Vocês já devem ter notado que eu tenho uma quedinha por cachorro né? Porém o que eu não contei a vocês é que eu fico alucinada quando vejo um livro que tem o cachorro como protagonista (menos aqueles em que o cão fala ou tem super poderes, por que ai já é forçar minha imaginação). Mas qualquer outro tipo de livro com eles já puxa meu coração. Então quando eu vi na página de vantagens da NC sobre o lançamentos de Soldier e li a sinopse que falava sobre a vida de um menino e seu cãozinho muito especial, corri e solicitei para analise.


Em Soldier, somos apresentado a uma família que esta lutando duramente para se manter de pé enquanto a guerra mundial deixa seu rastro de destruição por onde passa. E vemos toda essa destruição através da visão de Stanley Ryder, um jovem de quatorze anos tentando superar a falta de seu irmão e melhor amigo Tom, depois que ele foi recrutado pelo exercito e sua convivência com um pai tem que chafurdando cada dia mais na tristeza e no mau humor.

E o por desta situação é que Stanley coloca na cabeça que tem que ir encontrar seu irmão Tom, principalmente depois que seu pai ameaça matar todos os cachorrinhos que sua cadela premiada teve pois são mestiços e de acordo com ele, na sua casa nunca terá animal mestiço, só puro sangue. Mesmo ouvindo todas as ameaça de seu pai, Stanley continua cuidando do filhotinhos e se apega por um especificamente, ao qual ele da o nome de Soldier.  Um dia quando Stanley acorda e vê que Soldier sumiu ele acha que seu pai cumpriu a promessa de matar os filhotes e em um acesso de raiva e tristeza junta algumas das suas coisas e vai embora da fazenda se alistando ao exercito para assim ter a oportunidade de encontrar Tom.


Eu não estava preparada para o quanto esse livro mexeu comigo, terminei a histria em prantos, alguns momentos por tristeza mesmo ao imaginar um cãozinho passando por toda a devastação da guerra e outra pela capacidade dele de ser um herói nos momentos mais difíceis, também tiveram vários outros motivos que ajudaram a me emocionar durante toda a história, como a forma fria que o pai deles o tratava, o amor e cuidado dele pelo bichinho e a saudade pelo seu irmão fizeram com que esse livro se tornasse muito marcante para mim.

Porém também houveram outros aspectos que fizeram com que a leitura se tornasse algo incrível, o fato dos personagem não serem reais, mas suas histórias serem baseadas em histórias reais, e que tudo isso ainda é contado através da visão de um menino de 14 anos, que ainda esta descobrindo a vida e tem várias atitudes impensadas, impulsionadas pelo calor do momento. A autora conseguiu criar um enredo onde a primeira guerra mundial era o ponto principal sem transformar a leitura em algo maçante e didático, os sentimentos passados através das páginas, tanto os de sofrimento quanto os de alegria serviram para dar mais impacto a história e transformaram o final de Soldier em algo emocionante.

Soldier é uma leitura emocionante do inicio ao fim e que leva o leitor a uma reflexão profunda sobre a  importância dos animais em uma situação de guerra, principalmente os cachorros que fazem mais que somente rastrear e muitas das vezes se tornam a única esperança de um batalhão inteiro já que eles são sua única fonte de comunicação com o apoio de outro batalhão, tem também a forma como eles se tornam companheiros de seus donos e não pensam duas vezes em se colocar em perigo para salvar a vida deles ou cumprir suas ordem.



Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos!♡! 


comentário(s) pelo facebook:

20 comentários:

  1. parece ser bem emocionante o livro, por ter grande interesse por temas assim, eu ja sabia que cães eram mensageiros em campos de batalhas na segunda guerra. gostei bastante da resenha e me interessei em ler.

    ResponderExcluir
  2. Lê!
    Gosto dos livros ambientados na guerra e ainda mais com animais.
    Li Soldier e fiquei encantada com a história de amizade e solidariedade.
    Feliz dia dos pais!
    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
    (Lilian Tonet)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  3. Ao ficar sabendo do lançamento de "Soldier", me dividir em animação e medo. Eu gostei mtoooo do que li na sinopse, mas só de ter cachorro envolvido eu já fico com pé atrás, pq eu chorooooo demais! Igual vc descreveu, o livro mexe com a gente, nossa!
    Eu nao sabia que usaram cães na guerra e gostei do livro tocar no assunto, que nos livros da escolas eles foram ignorados, ne?! Afff...
    Ainda em duvida se leio ou nao, apesar da sua resenha falar bem, mas como eu disse, meu ponto fraco são os animais!

    ResponderExcluir
  4. Eu evito ao máximo ler livro com animais, fico muito triste quando ocorrem algo com eles.
    Quando fiquei sabendo desse livro, que contava a historia de um animal e sobre a guerra não me animei.
    Ja imaginei mil coisas tristes.
    Entendo o ponto de vista que o livro quer passar mas acho que essa não é uma leitura pra mim.

    ResponderExcluir
  5. Gostei de sua resenha, eu ainda não tinha lido nenhuma sobre esse livro.
    Eu achei a premissa interessante mas por enquanto não pretendo ler. Eu não gosto de ler livros de guerra em que tem animais e crianças é uma leitura meio triste.

    ResponderExcluir
  6. Oiii
    Eu ainda não conhecia esse livro,mas quando li a resenha fiquei doida para ler ele,só não gosto de livos muito tristes porque choro litros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Apesar do livro parecer interessante, não curto muito essa temática, então é uma dica que vou deixar passar.
    Ainda assim, adorei sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Cachorro é sem sombra de dúvidas tudo de bom! Devido a minha sensibilidade sempre evito ler esse tipo de obra. Mas gostei da forma como fez os apontamentos e conduziu a resenha.
    Parabéns pela coragem ao ler! kkkkkk...

    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Assim como você também tenho paixão por cães e todo livro que tenha um na história me interessa.
    Quis ler Soldier desde que soube do lançamento.
    Acredito que é uma história que vai mexer muito comigo.
    Adorei sua resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Gosto de livros que falam da Guerra, mas não tornando ela o ponto principal, e esta história me parece perfeita. Acho que nunca li algum livro que tivesse um cachorro como personagem principal (ta, quase). Mas fiquei bastante curiosa.

    Abraço
    http://tamiresaldrighi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Le, tudo bem?
    Antes de tudo que lindo seu layout, mulher. E as fotos tiradas são lindas. Eu gosto de livros com animais, mas fiquei com receio de ler esse e chorar, parece ser meio dramático e triste. Por isso não solicitei, sabia que eu poderia chorar muito muito. Mas realmente, em uma guerra um animal pode fazer toda a diferença. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu gostei de sua resenha.
    Achei a capa bem fofa, o cachorro é lindo.
    Eu ainda não sei se dou uma oportunidade a essa leitura. Não gosto de ler livros de guerra, são muitos triste para mim e ainda mais com animais.
    Mas gostei de suas resenhas e das fotos que tirou do livro.

    ResponderExcluir
  13. Olaaa
    Adorei a resenha e o enredo, ja ouvi falar bastante do livro e tenho curiosidade pela mensagem que ele passa haha e adoro animais, ótima dica e resenha.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  14. Eu sou mais uma do time que não curte mt historia com animais que envolvem algo triste. As vezes nos apegamos mt e parece que fico com mais pena dos animais do que dos proprios personagens humanos. Mas creio que é uma boa pedida pra quem gosta do genero ^^

    ResponderExcluir
  15. Olá... tudo bem??
    Gostei muito de sua resenha e a maneira como o livro mexeu com você e seus sentimentos... é muito bom quando conseguimos nos conectar dessa forma com uma leitura, parabéns... eu particularmente não curto muito leituras dessa temáticas ainda mais envolvendo bichinhos... essa leitura não é pra mim. Xero!!!

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Esse foi um livro que me arrependi de não ter solicitado para a editora. Ele parece ser extremamente triste, mas também parece inspirador. Gosto de livros com animais e que se passam em períodos de guerra. A obra une as duas coisas e espero ler um dia.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Nada melhor que um drama envolvendo cães pra fazer a gente morrer de tanto chorar, não? kkkkk
    Eu também adoro cachorros, e esse livro parece ser muito emocionante. Eu gosto de livros que retratem as guerras sem mostrar diretamente as atrocidades dos campos de batalhas, então acho que ia curtir esse.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adorei a sua resenha.
    Amo cachorros, e livros com animais sempre me fazem chorar. Eu não sei se leria esse livro no momento, mas quem sabe futuramente.
    Achei a capa muito linda.

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?

    Mesmo achando que o livro tem uma história interessante eu não gosto muito de ler livros sobre animais, geralmente são tão tristes.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu tambem amo cachorros, tenho tres, queria ter mais mas meu pai não deixa. Eu adoro livros com cachorros e desde que eu vi esse lançamento eu o coloquei na minha lista achei a história bem interessante e acho que irei gostar, a capa tambem é linda

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta