Menu

{Livros} O Homem perfeito - Vanessa Bosso

28 julho 2015


Autora: Vanessa Bosso | Ano: 2014 | Páginas: 224 Editora: Novas Páginas

Um dos motivos de gosto tanto de Chick-Lit é que sempre me lembra comedias românticas, cheia de momentos hilários e torcida para que no final os protagonistas fiquem juntos e tudo dê certo. Em "O homem perfeito", foi exatamente isso que me aconteceu do inicio ao fim. Publicado pela editora Novo Conceito através do seu selo Novas paginas, direcionado somente para autores Nacionais. Foi o primeiro livro da autora Vanessa Bossa.


Melissa é uma jovem de quase trinta anos que mudou a dez anos de Paraty sua cidade natal, para São Paulo na busca que esquecer o passado e tentar criar uma nova vida. Porem, o que ela não imagina era que por causa da sua personalidade impulsiva e sua mania de escolher relacionamentos ruins, ela se veria desempregada, sem relacionamento estável  tendo que voltar a sua cidade natal para tentar um novo começo, longe de todo o caos que ela criou em São Paulo.

O que Melissa também não previa era que essa viagem de volta para casa com o rabinho entre as pernas e seus mais de 250 pares de sapatos seria mais que um momento para chorar as perdas e tentar começar de novo. Sua paixão de dez anos através (que ela fez o favor de estragar qualquer chance com ele) também estava de volta a  cidade mais bonito e charmoso que nunca e... noivo.  Mas como a situação dela já não estava ruim, Melissa descobre que nunca realmente esqueceu Bernado e que ele estava noivo de ninguém menos do que sua arqui inimiga da adolescência.


Como eu disse no inicio, eu gosto muito desse tema. Não só por ele me lembrar as comedidas românticas, mas por mostra personagens impulsivas e meio loucas capazes de tirar muitas risadas e ao mesmo tempo abordar temas complicados com o relacionamentos ruins e escolhas que ajudam a pesar no seu futuro. Como um livro de estreia Vanessa conseguiu criar algo bem escrito, dando a impressão que já vinha trabalhando na historia a bastante tempo.

Melissa não foi uma personagem que eu me identifiquei ou gostei logo de cara, pelo contraio ela me irritou varias vezes. Porem, o jeito maluco e a capacidade de criar confusões nos momentos mais impróprios e loucos foram ganhando meu apreço e simpatia pela personagem que adora seu jipe vermelho e seus mais de 250 sapados (morri de inveja dela nesse momento). Entretanto as confusões que ela armou não condizem com que se espera de uma mulher de 30 anos, nem com a maturidade que se esperar de uma. Isso fez com que eu algumas vezes me perguntasse se a história não estava ficando muito forçada e lembrando que cada pessoa é de um jeito independente da idade. Agora um personagem que eu amei do momento que apareceu na trama até o final do livro foi o Bernado com sua paciência unica e seu jeito de bom moço, ele contrabalanceou a personalidade explosiva da mocinha e deu liga ao enredo.


"O Homem perfeito" tem  cara de romance de sessão da tarde, bem gostoso e relaxante que promete uma boa leitura sem muito pensamento profundo ou sofrimento demasiado, bem o ponto que o estilo dita, e isso realmente foi o ponto mais alto do livro ao meu ver. Eu queria algo relaxante e consegui uma historia bonita e bem contada, com personagem carismáticos e cheios de defeitos capaz de fazer as pessoas se identificarem. Vanessa Bosso conseguiu criar no enredo que tinha muito pra ficar parecido com tantos outros de uma forma simples, leve e única.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos!♡! 

comentário(s) pelo facebook:

12 comentários:

  1. Oba resenha fresquinha!!!!!
    Como de praxe, essa resenha me despertou interesse pelo livro. Creio eu que nunca li um chick lit, mas morro de vontade.
    Essa questao de personagens para mim, sempre é um ponto forte, pois se eu me identifico com a personagem a leitura flui super rapida. Ultimamente venho tendo problemas com protagonistas femininas, elas vem me dando nos nervos, amo aquelas que sao fortes, nao ligam para opiniao dos outros, sabem pensar por si mesmas. Aposto que terei problemas com a Melissa, mas nada que eu nao possa tolerar ( pior que a Luce de Fallen nao há!). Enfim, otima resenha, deu uma vontade de quero ler kkkkk. Um dia voce vai me falir, porque sempre gosto de suas resenhas kkkkkk, e elas sempre me fazem querer ler o livro kkkkk.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. O título do livro parece um tanto clichê, mas através da sua resenha me parece que Vanessa conseguiu criar uma história realmente envolvente, ainda mais sendo sua primeira.
    Não sei se gostaria tanto de ler, pois já estou um pouco cansada de romances e clichês, talvez daqui um tempo eu me canse das minhas atuais leituras e volte para eles e, quem sabe ainda, "O homem perfeito" não esteja entre os escolhidos?
    Recém conheci o seu blog mas já gostei bastante. Acho que vou acabar dando uma boa olhada por aqui. (Sinta-se a vontade para conhecer o meu também)

    Abraço,
    http://tamiresaldrighi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. gostei de conhecer o livro, adoro ler chick lit que é um dos meus generos favoritos, adorei a resenha e quero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
  4. Opa, jipe vermelho <3
    Lê, lembrei na hora dos filmes de romance que via com minhas amigas quando era adolescente (olha a nostalgia!)
    Vou te dizer que a principio não curti muito a Melissa não e nem achei que a história fosse ser interessante, MAS surgiram uns extras que eu não tava esperando, tirando o peso clichê da história.
    Acho legal a iniciativa da Novo Conceito com esse selo, a editora é uma das minhas favoritas!
    Continua mandando mais resenhas Lê, adoro ler suas opiniões!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee, então no inicio eu também não curti a personagem por causas das biras delas, mas depois o livro foi ficando bem legal. Eu também adoro a iniciativa da editora com esse selo.

      Excluir
  5. Oi, Leticia!
    Não conhecia esse livro e nem a autora, mas é um dos meu gêneros favoritos. Contudo, não sei se gostaria da Melissa, não curto personagens que se comportam completamente diferente da forma que se espera para sua idade... Mas fiquei curiosa em relação a Bernardo, creio que gostaria mais dele também.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Nunca ouvi falar desse livro, nem da autora, e nunca li um livro de Chick-Lit, mas estou muito curiosa pra ler algo desse tema desde as ultimas semanas.
    Vou adicioná-lo a minha lista (enoooorme) de livros pra comprar kkk :)
    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  7. Oi Lê!
    Não costumo ler chich-lits, como você mesma falou esse tipo de livro é meio sessão da tarde, aquele romance leve com pitadas de humor, bem o tipo de livro que não me prende. O fato dele não ter algo mais profundo acaba me cansando, e eu demoro horrores para terminar a leitura, por isso também que raramente os leio.
    Esse parece ser legal, pra que gosta.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Qdo era mais nova eu só lia Chick-lit e nem sabia que se chamava assim, hehe.
    Achei o titulo engraçadinho, O homem perfeito, será q existe mesmo? Bom saber que o livro é bom de se ler e ainda engraçado, adoroooo chik-lit por isso! Como vc disse é aquela leitura gostosa, que a gente nem ver que está lendo e esse eu gostei demais pelo que li na resenha.
    Quero conhecer a Melissa e apesar dela ter te irritado, hehe.
    Adorei a dica!!!!

    ResponderExcluir
  9. Lê!
    Li esse livro, acho que no ano passado e me acabei de rir.
    A Vanessa escreve de uma forma que nos envolvemos em toda a aventura e acabamos até gostando das atrapalhadas de Melissa e com todos seus pares de sapato e seu amigo gay, adorei!
    Feliz dia dos pais!
    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
    (Lilian Tonet)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir

 
© 2015 - Todos os direitos reservados 🐶 🐶 🐶 - Layout por Leh Pimenta