Existem séries que te atingem em cheio! Com certeza “A Maldição do Tigre” está nessa minha lista. Sendo sincera, eu iniciei a leitura do primeiro livro exclusivamente por causa da capa lindíssima, pois a sinopse não me despertou tanta curiosidade, até que ME APAIXONEI COMPLETAMENTE. A história é muito interessante, envolve elementos de outra cultura, te deixa apreensivo, emocionado… É um misto perfeito de romance e aventura.

SINOPSE: Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor? Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem. A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. 
 
Mas como estou aqui para compartilhar experiências com vocês, hoje eu vou listar (dentre milhares) os 05 PRINCIPAIS MOTIVOS PARA LER “A MALDIÇÃO DO TIGRE:

1 – CONHECER UMA NOVA CULTURA

 

Resultado de imagem para iNDIA.GIF



Com certeza o primeiro e principal diferencial da história é sua ambientação na Índia. Mas não é simplesmente citar algumas cidades ou pontos turísticos, o livro se utiliza de trajes típicos, celebrações, lendas, religião, idioma. Tudo muito bem trabalhado e feito de uma forma tão natural que não se admire se ao final da leitura fizer referências à deuses e costumes da região.

2 – SEQUÊNCIA INTERMINÁVEL DE AVENTURAS

Apesar de ter como peça central um romance místico e encantador, não se engane. O livro é repleto de situações de desafio, aventuras e batalhas. Se por um lado a jovem protagonista Kelsey não tem a menor idéia de onde está se metendo, ela demonstra também uma extrema coragem e disposição para seguir seu caminho e quebrar a maldição do seu amado tigre.

3 – UM MOCINHO PERFEITO E ROMÂNTICO PARA CHAMAR DE CRUSH


Imagem relacionada

Se existe um mocinho mais apaixonante que o Ren Rajaram, eu desconheço! E olha que isso está vindo de uma apaixonada pelo Sr. Darcy, de Orgulho e Preconceito. Ren é uma mistura de coisas boas, ele é romântico, atencioso, engraçado, teimoso, respeitador, escreve poemas e, claro, é lindo! Além de ser um príncipe indiano sob uma maldição que o mantém uma parte do dia na forma de um enorme tigre branco, dando um ar mágico à sua existência. Eu duvido que ao final da leitura você não queira encontrar alguém para chamá-la de Iadala ou Pryia também (eu nunca esqueci!).

4 – UM TRIÂNGULO AMOROSO PROS FÃS NÃO COLOCAREM DEFEITO

Resultado de imagem para triangulo amoroso.gif

Este livro promove o Maior Triângulo Amoroso de todos os tempos, então se você gosta, esteja preparado. Eu já deixei bem claro que o Ren é a coisa mais linda do mundo, né?! Porém agora esteja ciente de que ele tem um irmão chamado Kishan que é sua versão maravilhosa meio “bad boy”. Como ambos estão sob a maldição que os mantém como tigres, Kelsey acaba tendo que ajudar os dois rapazes e isso cria a maior disputa amorosa literária que eu já vi. E é exatamente aqui que os fãs da saga se dividem! Ambos personagens são tão apaixonantes que não será surpresa se você ficar com raiva da mocinha, que não consegue se decidir e assim “maltrata seus amores.


5 – UMA AUTORA COM ESCRITA FÁCIL, CLARA E EXTREMAMENTE INTERESSANTE


Imagem relacionada

Pra finalizar, é necessário apontar que o motivo do grande sucesso da história está no talento da autora Colleen Houck. Sua escrita envolvente prende o leitor bem no começo da história e é impossível não sentir vontade de aprofundar seus conhecimentos sobre os costumes tratados, assim como maratonar desesperadamente os 4 livros (+ um extra). E realmente é mérito dela! Após o lançamento do último volume da saga, “O Destino do Tigre”, a autora lançou uma nova história, dessa vez baseada na cultura egípcia, e a qualidade do texto continua presente. Adicione na sua lista de leituras também, pois vale muito a pena: O Despertar do Príncipe (já está finalizada). Deixo também registrado que as edições e capas maravilhosas dos livros  das duas séries dão um charme a mais na leitura!

BÔNUS: Agora prepare-se, se você ainda não está convencido de que deve iniciar esta leitura, vou te mostrar o porquê a hora é agora. Após anos da conclusão da saga, os leitores sempre pediram mais, uma continuação do bombástico último livro e uma ampliação do seu final, e Colleen sempre prometeu que o faria. Chega agora em agosto nas livrarias o super aguardado “O Sonho do Tigre” e meu coração de fã está descompassado. Não vejo a hora de retornar à Índia com esses maravilhosos tigres e, se você for esperto, correrá pra lá também!