Destaques

novidades por e-mail

17 maio 2019

{ #RESENHA } CHRONOS: LIMITES DO TEMPO - RYSA WALKER ( CHRONOS #02 )

{ #RESENHA } CHRONOS: LIMITES DO TEMPO (#2 CHRONOS) - RYSA WALKER

“Eu já vi você apaixonada por mim antes, e ainda vejo um pouco disso nos seus olhos. Eu tentei me convencer de que é só uma ilusão, mas não é."

No primeiro volume de “Chronos” conhecemos Kate Keller, uma adolescente que descobre que sua avó é uma viajante do tempo que veio do futuro e ficou presa no passado. Entramos em um mundo de ficção científica com viagens no tempo, onde Kate tem a missão de impedir que seu avô, mude o presente que ela conhece e o futuro que pode ter. Na continuação, Kate ainda está tentando deter seu avô, sua tia Prudence e todos os ciristas que encontra pela frente.

16 maio 2019

CRÍTICA DO FILME | A SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA


Adaptações literárias nas telas dos cinemas estão a cada dia mais frequentes, o que acaba atraindo ainda mais pessoas às salas de cinema. E é sobre uma dessas adaptações que irei falar hoje.
O sol também é uma estrela ( The sun is also a star) é baseado no livro homônimo escrito por Nicola Yoon e chega nos cinemas brasileiros no dia 16 de maio.

No filme temos a história de dois adolescentes filhos de imigrantes que vivem nos Estados Unidos, Natasha Kingston (Yara Shahid) filha de jamaicanos e Daniel Bae ( Charles Melton) filho de coreanos, cada um com sua própria história que por um acaso do destino se conhecem e se apaixonam...

15 maio 2019

CRÍTICA DO FILME | JOHN WICK 3: PARABELLUM

“Ninguém consegue ser um dos assassinos mais perigosos do mundo sem esforço” 

Este foi um dos filmes mais difíceis de assistir, não que ele seja ruim ou algo do tipo, mas porque eu nunca tinha visto as outras sequencias. Ao contrario dos  outros fãs que estavam na cabine de impressa, eu não vibrava e me empolgava com o rios de  sangue que jorrava na tela, com cada golpe chocante que massacrava os personagens ou até com cada ‘mafioso’ que John encontrava pelo caminho.

Sim, esta é uma sinopse que vai mostrar as diversas referencias que o filme traz, mas mostrar o quanto ele tá sensacional que até eu que não acompanhei, fiquei de boca aberta com a beleza das cenas e o jogo de imagens e desfechos que o filme passa o tempo todo.

13 maio 2019

{ #RESENHA } A METADE SOMBRIA - STEPHEN KING

“A ideia de usar um pseudônimo tinha uma atração curiosa. Parecia uma espécie de liberdade – uma espécie de rota de fuga secreta, se é que você me entende.”

Você sabia que Stephen King escreveu alguns livros sob um pseudônimo? Pois é! Chegou uma época da vida de King onde ele gostaria de publicar mais de uma obra no ano, mas seus editores acreditavam que isso saturaria a marga “King”, e o aconselharam a deixar essa ideia de lado. Assim nasceu Richard Bachman. Sob a alcunha de Bachman King poderia soltar mais histórias suas no mercado, sem ser reconhecido. King também aproveitou para saber se seu reconhecimento junto ao grande público era realmente pelo que escrevia, ou se seu nome por si só já vendia os livros. Ele tinha talento? Ou ele tinha sorte? Mas, essa história fica para um outro post. 

Hoje quero falar de A Metade Sombria. Após um período bastante “doido” na vida de King – drogas, bebidas e até xarope para tosse – Tabitha (sempre sua esposa salvando o dia! hahaha) promoveu uma Intervenção em favor de seu marido. Ela o pressionou e exigiu que ele largasse os vícios, cuidasse da família e retornasse ao hábito da escrita. Esse livro aparentemente foi gerado através dos próprios demônios internos que habitam no nosso mestre do horror. Porque temos justamente um autor que já foi publicado por seu próprio nome antes, ousando publicar alguns livros através de um pseudônimo. O problema é que aqui em A Metade Sombria o escritor será assombrado de formas terríveis e inimagináveis.

09 maio 2019

{ #RESENHA } TUDO QUE VOCÊ QUISER QUE EU SEJA - MINDY MEJIA

"Sou boa em ser o que as pessoas querem que eu seja. Fique olhando e você verá."

Sabe aquelas surpresas boas que animam a sua semana? A minha dessa vez é o lançamento da editora Rocco, o suspense "Tudo Que Você Quiser Que Eu Seja", que eu não conhecia até chegar às minhas mãos. Com uma capa pouco reveladora e um nome mais sugestivo a romance, o livro traz uma instigante história de manipulação, assassinato, traição e culpa.

Hattie Hoffman não se sente parte da cidadezinha em que vive. Aos 17 anos e no último ano do ensino médio, sonha com o dia em que vai ficar livre de tudo isso e se mudar para Nova York, onde pretende ser uma atriz da Broadway de sucesso. Enquanto seu sonho não se concretiza, ela usa seu talento de atuação para ser exatamente aquilo que cada um deseja dela, quer seja uma filha amorosa, uma aluna dedicada, uma amiga fiel. Mas sua farsa está com os dias contados, pois algo vai dar errado. Hattie é encontrada morta, com o rosto desfigurado, em um celeiro abandonado da cidade.

08 maio 2019

CRÍTICA DO FILME | A MENINA E O LEÃO

CRÍTICA DO FILME | A MENINA E O LEÃO

“A amizade mais selvagem de todas as aventuras.”

Um filme para toda família que conta uma  história de amizade entre humanos e animais, várias questões familiares  e a a importância da preservação dos bichos selvagens na África do Sul.

O enredo mostra Mia uma menina que se muda  junto com seus pais para um santuário de animais aos dez anos e desenvolve uma ligação próxima com Charlie, um lindo leão branco recém-nascido no natal. No decorrer da história porém vemos que   a menina  descobre que as coisas do local não eram bem como ela pensava. Assim destroçada pela ideia do que poderiam  fazer mal a Charlie,  a adolescente decide fugir com o leão e parte para uma aventura épica, através da savana africana, à procura de um local onde Charlie possa viver livre em segurança.

Instagram

© Coisas de Mineira - 💜 🐶 📖 🍀 💜 – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in